Travel Safe

Conselhos para viajar com segurança Últimas notícias
“Tapas”

Foodies, esta dica vai conquistar vocês: 12 das melhores áreas para comer tapas na Espanha.

none

Você já sabe o que são as tapas, mas você sabe aonde ir para saborear as mais populares? Aqui vai uma lista com algumas das áreas mais reconhecidas em importantes destinos turísticos. Normalmente as tapas são servidas de forma gratuita junto com a bebida, embora nem sempre seja assim. Às vezes é cobrado um pequeno suplemento e, em certas ocasiões, as mais elaboradas fazem parte do cardápio.

O bairro de La Latina em Madri

Se você quer conhecer um dos bairros mais castiços da cidade, este é um bom lugar. Suas ruas como Cava Baja, Cava Alta e Humilladeros são o endereço de algumas das tabernas mais históricas, e especialmente nos fins de semana são um verdadeiro agito, repletas de gente saboreando tapas. As mais típicas em Madri são as batatas bravas, a omelete de batatas, os croquetes, as azeitonas, os queijos curados e os miúdos. Estas é habitual que sejam servidas como acompanhante gratuito da bebida. Uma curiosidade: quando você passear por este bairro, estará andando no primeiro recinto urbano de Madri na Idade Média.Mais informações em Turismo de Madri

Sanduíche de lula e tapa de azeitonas. Mercado de La Cebada, no Bairro de La Latina.

O Passeig de Sant Joan, em Barcelona

Esta rua é uma tendência na cidade. Embora a oferta gastronômica de tapas em Barcelona sempre tenha sido mais habitual no Poble Sec e, mais recentemente, em Sant Antoni, agora é no Passeig de Sant Joan onde aparecem as novidades para saborear pequenas porções de comida. Você conhece as tapas mais populares? Desde as mais tradicionais (muitas vezes transformadas em modernas criações) como a ensaladilla, as bombas (batatas empanadas e recheadas de carne) ou os pequenos sanduíches, até alta cozinha em forma de tapa e herança do reconhecimento ao trabalho do cozinheiro Ferran Adrià na cidade.Mais informações em Turismo de Barcelona

Arco do Triunfo no Passeig Sant Joan, Barcelona

A parte antiga de Donostia – San Sebastián

Lição 1 para degustar tapas em San Sebastián: aqui elas são chamadas de “pintxos”.Lição 2: visitar a parte antiga da cidade e percorrer ruas como Pescadería, 31 de agosto ou Fermín Calbeltón.Lição 3: aproveite para provar o máximo possível, desde a clássica gilda (azeitona, pimenta malagueta e anchova) até as propostas mais criativas.Nesta zona você certamente vai acertar com qualquer roteiro de pintxos.Mais informações em Turismo de Donostia-San Sebastián

Centro Antigo de Donostia - San Sebastián e pintxos

O Centro Antigo de Bilbau

Continuamos no País Basco, a terra do pintxo. Embora você possa saboreá-las em toda Bilbau, a tradição é ir ao Centro Antigo e fazer roteiros por ruas como Somerda, Del Perro ou a Plaza Nueva para degustar os pintxos de rabas, mexilhões, champignon, bacalhau ou omelete, por exemplo. Em qualquer caso, aqui as opções são praticamente infinitas. Mais informações em Turismo do País Basco

Ria de Bilbau e tapas de mexilhões e de champignon

Granada, uma cidade de “tapeo”

A cidade da Alhambra é, para muita gente, uma das melhores para comer tapas, e é muito comum que estas sejam servidas gratuitamente com a bebida. São típicos o “pescaíto” (peixinho) frito, os “pinchos morunos” (espetinhos mouros), os “montaditos” de embutidos e as batatas bravas ao alioli. Você pode degustá-las em praticamente toda Granada, mas devido ao seu interesse turístico, pode ir aos arredores da catedral, em ruas como Navas, San Mateo ou Elvira, e nas praças Nueva e Campillo.Mais informações em Turismo de Granada

Alhambra de Granada. Tapas de gazpacho e batatas bravas

O centro histórico de Sevilha

A tapa é um dos símbolos de identidade da capital da Andaluzia, e você pode comprovar isso fazendo pequenas pausas no roteiro por seus principais monumentos. Você quer saber o que pedir? Em Turismo de Sevilha você vai achar um guia completo de locais para cada uma das tapas mais populares. Entre as imprescindíveis: o gazpacho e as “papas aliñás” (as duas são especialmente recomendáveis no verão), os ovos “a la flamenca” (chamados assim por seu colorido e por ser uma tapa muito típica de Sevilha), o rabo de touro (um picadinho que é uma especialidade andaluza), a “carrillada” (à base de porco ibérico), a “pringá” (se você quer comê-la como manda o costume, use pão e esqueça os talheres) e o o “pescado en adobo” (peixe em marinada).Mais informações em Turismo de Sevilha

Tapa acompanhada de vinho branco em Sevilha

O bairro de Ruzafa, em Valência

É uma das zonas mais trendy da cidade e uma das mais frequentadas para degustar tapas nas mesas ao ar livre. Há muitos locais entre as ruas Burriana, Ciscar e Cádiz. Em Valência são típicas as tapas marítimas, como a sépia na chapa, as anchovas em vinagre, os croquetes de bacalhau, moluscos como as “tellinas” e as “clochinas”, ou peixes conservados em sal. Como não podia deixar de ser, são populares as pequenas porções de pratos de arroz, como a famosa paella. Na região você também vai encontrar vários restaurantes de cozinha de autor.Mais informações em Turismo da Comunidade Valenciana

Mercado de Ruzafa, em Valência. Tapa de paella

O Barrio Húmedo de León

Você sabia que León é a cidade da Espanha com mais bares por habitante? Provavelmente isso se deve à fama de suas tapas, e o Barrio Húmedo é a principal zona para saboreá-las. Além disso, em muitos lugares elas são servidas grátis junto com a bebida. Fica muito perto de visitas imprescindíveis como a Catedral de León e a Casa Botines (projetada por Gaudí). Então, a melhor proposta é fazer pequenas paradas entre as visitas turísticas para degustar as tapas mais clássicas.Mais informações em Turismo de León 

Barrio Húmedo de León e tapas de morcilha e chouriço

Valladolid, um roteiro de tapas pelo centro

O centro histórico da cidade é um roteiro fácil de fazer a pé para saborear as deliciosas tapas de Valladolid. A maioria dos restaurantes fica nos arredores da Catedral, entre as praças de Portugalete, Universidad, San Martín e Martí y Monsó. A importância das tapas nesta cidade é tanta que no mês de novembro ocorre o Concurso Nacional de Tapas, no qual diversos cozinheiros com Estrela Michelin elegem a melhor tapa da Espanha. Aqui você pode provar algumas que já foram reconhecidas com este prêmio, como o “Lechazo Taj Mahal” (no rest. Don Bacalao, praça de Las Brigidas), o “Bocata de calamares envuelto en obulato” (sanduíche de lulas envolvido em oblaat) e o “Tigretostón” (rest. Los Zagales, rua Pasión).Mais informações em Turismo de Valladolid

Tapa Mar e Montanha do Mediterrâneo, participante do Concurso Nacional de Tapas de Valladolid

A Plaza Mayor de Salamanca e seus arredores

Uma cidade monumental e universitária... É quase impossível que sair para comer tapas não seja uma tradição. Há muitos locais onde a tapa acompanha gratuitamente a bebida ou tem um preço conjunto. Para comprovar isso vá às tabernas da Plaza Mayor e seus arredores, em ruas como Prior, Consuelo, Concejo ou na praça do Peso. Você pode saborear diversos tipos de tapas, mas entre as mais características estão o hornazo (um pão doce recheado habitualmente de presunto cru, chouriço e lombo de porco), as morcilhas e chouriços, os pinchos morunos, as “cazuelitas de callos” (dobradinha), o “morro de cerdo rebozado” (focinho de porco empanado), a chanfaina (guisado de carne e miúdos de cordeiro), as palomas (em salada sobre uma base crocante de trigo)…Mais informações em Turismo de  Salamanca

Montados de jamón (presunto cru)

A rua Laurel de Logroño

Uma rua e mais de 60 bares ou restaurantes para saborear as delícias gastronômicas de La Rioja. É a rua Laurel, onde você vai encontrar um bar a cada dois metros para degustar produtos típicos como aspargos, borragem ou pimentões e deliciosas elaborações como as batatas à moda riojana ou as chuletas de cordeiro ao sarmento. E com certeza você sempre poderá acompanhar sua tapa com o famoso vinho de La Rioja. Além desta rua, em Logroño existem bares com tapas nas ruas Albornoz, San Agustín e Travesía de Laurel.Mais informações em Turismo de La Rioja

Logroño.

O bairro do Tubo de Zaragoza

São pequenas ruas estreitas repletas de bares conhecidos por servir deliciosas tapas de croquetes, anchovas, migas, champignons, empanadas... Uma simples olhada na barra de cada bar vai ajudar você a decidir o que pedir. Esta zona das ruas Estébanes e Libertad e seus arredores é muito frequentada durante o horário do almoço, mas principalmente à noite. Além disso, como o costume é fazer um roteiro por vários locais para degustar uma variada seleção de tapas, sempre tem algum agito neste bairro. Em Zaragoza existe outra área muito popular para comer tapas: La Magdalena (arredores da rua Estudios), onde nas quintas-feiras os bares fazem promoções para degustá-las.Mais informações em Turismo de Zaragoza

Bairro do Tubo de Zaragoza e tapas de migas e de croquetes
Descubra mais sobre...