Travel Safe

Conselhos para viajar com segurança Últimas notícias
Moça passeando por vinhedos em Tenerife

Os vinhos de Tenerife

Tenerife

O sabor que conquistou William Shakespeare


Terra vulcânica, clima atlântico e um método de cultivo esmerado. Esta é a fórmula responsável pelo aroma e sabor tão especiais dos vinhos de Tenerife. Já no século XVI, estes vinhos conquistavam escritores, personalidades e reis de toda a Europa. 

Com cinco zonas vitivinícolas diferentes e um ambiente privilegiado, Tenerife pode se gabar da qualidade e variedade de seus vinhos. Sabores afrutados e intensos que são a companhia ideal da gastronomia de Tenerife; perfeitos para acompanhar, por exemplo, uma tábua de queijos ou a sobremesa. Menção especial merecem os vinhos de malvasia, cuja fama se estendeu por toda a Europa a partir do século XVI. Escritores como William Shakespeare, Lord Byron e Walter Scott falavam deles em suas obras; e nas principais cortes e casas reais do continente, eram bebidos com frequência.Na ilha há uma centena de vinícolas que oferecem a oportunidade de descobrir os matizes e sabores únicos dos vinhos de Tenerife. Através de visitas guiadas, degustações comentadas ou passeando pelos vinhedos, é possível conhecer as características e singularidades das cinco regiões vinícolas de Tenerife: Tacoronte-Acentejo, Ycoden-Daute-Isora, Valle de la Orotava, Valle de Güímar e Abona.

Vinhedos em Realejo, Tenerife
Vinícolas em Tenerife

Cinco denominações de origem

Ao norte de Tenerife fica a região de Taroconte-Acentejo, com a bela paisagem de suas videiras cultivadas nas ladeiras das montanhas, em terraços que chegam até mil metros de altitude. Também no norte estão localizadas as vinhas com as quais são produzidos os vinhos do Valle de la Orotava. Situadas entre 400 e 800 metros de altitude, compõem uma linda vista junto às bananeiras das zonas costeiras e com a silhueta do Teide ao fundo.Na parte mais noroeste da ilha estão os vinhedos onde é elaborada a denominação de origem de Ycoden-Daute-Isora. Seus vinhos são os herdeiros daqueles “canary wines” que foram tão apreciados séculos atrás. As outras duas regiões vinícolas ficam no sul de Tenerife. Aqueles que preferem os vinhos brancos vão se alegrar ao saber que 80% da produção do Valle de Güímar é deste tipo. Entretanto, na zona de Abona podem ser vistas as videiras cultivadas a maior altitude de toda a Espanha: estão no município de Vilaflor, a 1.700 metros sobre o nível do mar.

Casal passeando por vinhedos em Tenerife