Travel Safe

Conselhos para viajar com segurança Últimas notícias
Turista na Catedral de León

Uma semana em Castilla y León

Castela e Leão

Castilla y León é a comunidade autônoma mais extensa do país, perfeita se você gosta de fazer rotas de carro pela Espanha. Nela você encontrará cidades de grande beleza e cheias de história e monumentos inesquecíveis como o Aqueduto de Segóvia ou a Catedral de Burgos. Esta seleção de lugares será a inspiração que você procura para passar uma semana e desfrutar desta parte da geografia espanhola. 

  • Vista das muralhas medievais de Ávila

    Dia 1: província de Ávila - De Arenas de San Pedro a Ávila

    O início da rota está localizado no sul da província de Ávila, em Arenas de San Pedro. Neste povoado você encontrará a Cueva del Águila. Está em perfeito estado de conservação e em seu percurso por volta de um quilômetro chega até os 50 metros de profundidade. Você poderá maravilhar-se com uma paisagem kárstico de estalactites e estalagmites com grande variedade de cores e tamanhos. Posteriormente, você pode ir até a cidade de Ávila em um trajeto de 90 minutos de carro. Lá você verá sua completa e monumental muralha medieval, com 2.516 metros de diâmetro. Em seu interior, a cidade velha de Ávila declarada Patrimônio Mundial. Mergulhe entre suas ruas e volte no tempo. 

  • Aqueduto de Segóvia

    Dia 2: província de Segóvia – De Segóvia a Pedraza passando por La Granja de San Ildefonso

    O segundo dia da rota tem seu início na Cidade do Patrimônio Mundial da Segovia. Nela destaca-se o Aqueduto, uma obra de engenharia romana construída para transportar água ao longo de mais de 16 quilômetros. Você também poderá visitar seu alcázar e sua catedral, para nomear só algum dos imprescindíveis.  A Granja de San Ildefonso encontra-se a só 10 quilômetros da cidade. Trata-se de um município monumental de grande beleza e nele poderá desfrutar de seu palácio real e seus espetaculares jardins versalheses De volta à rota, você chegará a Pedraza, uma aldeia medieval declarada conjunto monumental. Você pode entrar através de sua muralha antiga e vai se surpreender ao ver o quão bem ele está preservado. Uma antiga prisão, mansões, palácios ou a Plaza Mayor serão impressos em sua retina durante sua visita. Por alguma coisa esta aldeia está incluída na associação de Los Pueblos más bonitos de España.

  • Vista de Burgos e sua catedral

    Dia 3: província de Burgos – De Burgos à serra de Atapuerca

    O ponto de partida do terceiro dia desta rota em automóvel será a cidade de Burgos. Passeie por suas ruas e encontre tudo o que lhe oferecem: igrejas cheias de arte, palácios, etc. Sua catedral gótica é a única da Espanha declarada por si mesma Patrimônio Mundial pela UNESCO.  Para acabar o dia rodeado de história, dirija-se às jazidas da serra de Atapuerca, também Patrimônio Mundial. Ali foram encontrados, em 1992, os restos da Sima de los Huesos (preneandertais e descendentes do europeu mais antigo encontrado até agora), e restos humanos de mais de 900.000 anos de antiguidade que definiram uma nova espécie: o Homo antecessor. Também foram encontrados restos de outras espécies de hominídeos, como o Homo sapiens No Museu da Evolução Humana, situado na cidade de Burgos, você encontrará mais de 200 originais achados na serra de Atapuerca.

  • Palácio Episcopal em Astorga, León

    Dia 4: província de León – De León a Astorga

    No quarto dia de rota você pode iniciar em León. Você apreciará sua catedral gótica com influências francesas. A Casa Botines, uma das poucas obras realizadas por Gaudí fora de Barcelona, é uma das imprescindíveis. Entre visita e visita, pode relaxar-se provando algum dos vinhos da Espanha que você encontrará nesta zona e umas deliciosas tapas no bairro Húmedo, muito perto da catedral.Astorga é um dos lugares mais visitados da província de León. Como curiosidade, por ela passa o Caminho de Santiago. O Palácio de Gaudí é um de seus monumentos mais conhecido. Caminhe e se deixe seduzir por esse povoado de pouco mais de 10.000 habitantes. Você adorará.

  • Ruas de Zamora

    Dia 5: província de Zamora – De Puebla de Sanabria a Zamora

    Puebla de Sanabria faz parte de “Los Pueblos más bonitos de España”. Seu centro histórico medieval está excepcionalmente conservado, o que faz com que tenha um encanto especial. O povoado em seu conjunto, assim como maravilhas como o Castelo dos Condes de Benavente, farão com que você não queira sair dali.No quinto dia de rota também o leva até a bela cidade de Zamora. Poderá visitar seu castelo, recentemente restaurado, sua ponte de pedra sobre o rio Duero, a Igreja de Santiago del Burgo (de finais do século XII) ou sua Plaza Mayor, entre outros pontos de interesse. Aproveite para degustar algumas de suas especialidades gastronômicas, como seus queijos ou o bacalhau à tranca, um prato de bacalhau com batatas, alhos e colorau.

  • Vistas do Castelo Peñafiel em Valladolid

    Dia 6: província de Valladolid – De Peñafiel a Valladolid

    A rota segue em Peñafiel, um pequeno povoado cheio de história. É declarado um local histórico-artístico graças à Igreja de Santa Maria e à Igreja de São Miguel de Reoyo, seus conventos e suas eremitérios.Além disso, é um dos eixos principais da Rota do Vinho Ribera del Duero, pelo que é um lugar ideal para experimentar os vinhos desta denominação de origem, dos mais conhecidos vinhos da Espanha.Já em Valladolid, verá uma cidade repleta de cantos para fotografar. Percorra a Pasaje Gutiérrez (uma galeria comercial do século XIX), caminhe pela Plaza Mayor ou a Plaza del Viejo Coso (uma antiga praça de touros) e deixe-se levar para conhecer sua catedral, palácio, igrejas e fachadas cheias de beleza.

  • Rua de paralelepípedos em La Alberca, Salamanca

    Dia 7: província de Salamanca – De Salamanca a La Alberca

    O último dia da rota começa em Salamanca, uma cidade com um centro histórico cheio de maravilhas arquitetônicas, como a famosíssima Plaza Mayor, construída entre 1729 e 1756; a universidade; a Catedral de Salamanca, composta pela Catedral Nova e a Catedral Velha (que se pretendia derrubar quando se construiu a nova, mas não chegou a suceder) ou o Convento de San Esteban, só por nomear algumas emblemáticas edificações. Há tantas coisas bonitas para ver em Salamanca, que em breve você estará planejando o retorno a esta Cidade do Patrimônio Mundial. Para terminar a rota, La Alberca, um povoado cheio de encanto e história. Foi declarado conjunto histórico artístico em 1940, e, graças à boa conservação de sua arquitetura, poderá desfrutar de bonitos cantos, ruas de paralelepípedos e um ambiente especial que você não esquecerá.

Como você pode imaginar, uma semana em Castilla y León não é suficiente para visitar tudo o que tem a oferecer. Não esqueça que as províncias de Soria, com seu rico patrimônio artístico, e Palencia, com a maior concentração de monumentos de estilo românico da Europa, não podem faltar em sua próxima rota em automóvel pela Espanha. Venha conhecer Castilla y León, uma região cheia de vida e beleza em que você certamente passará dias inesquecíveis.

Descubra mais sobre...