Travel Safe

Conselhos para viajar com segurança Últimas notícias
 Vista dos telhados do mosteiro de El Escorial no fim de tarde, em San Lorenzo de El Escorial, Madri

Escapada de Madri a San Lorenzo de El Escorial

Madrid

Um mosteiro único


Se você está de viagem em Madri, não hesite em dedicar meio dia para conhecer San Lorenzo de El Escorial. É uma visita imprescindível. Ali você encontrará seu Mosteiro, nomeado Patrimônio da Humanidade pela UNESCO e cujo interior esconde segredos da história da Espanha. Além disso, você descobrirá uma localidade com encanto e um belo ambiente natural.

MANHÃ

A primeira parte do dia pode ser dedicada a conhecer o mosteiro de San Lorenzo de El Escorial, um dos monumentos mais famosos da Espanha, e também a Casinha do Infante e o centro histórico da cidade.

Chegada a San Lorenzo de El Escorial

Saímos cedo para aproveitar a viagem. O melhor é escolher a linha 664 de ônibus, pois é a mais direta e nos deixa a uns 200 metros do Mosteiro (somente é necessário descer pela rua Juan de Toledo). O trem, cuja estação está a mais de um quilômetro do município, é preferível reservá-lo para a volta. Ainda que se decidimos realizar a ida em trem, é possível chegar a San Lorenzo de El Escorial caminhando (o trajeto é de subida) ou em um ônibus local.

Real Mosteiro de San Lorenzo de El Escorial. A visita por excelência

Aproveitamos que o escritório de turismo estar situado em frente à entrada do Mosteiro para conhecer seu centro de interpretação e para nos informar sobre rotas, restaurantes, a história da localidade ou entreter as crianças com jogos.

A seguinte e mais icônica parada é o Mosteiro de San Lorenzo de El Escorial. Um majestoso edifício de granito levanta-se diante de nós e nos adentramos em outra época, quando El Escorial era o centro político de um império. Devemos saber que não estamos apenas diante de um mosteiro, mas diante de um grande museu que abriga um panteão, um palácio e uma basílica. Passamos ao interior.Estamos prestes a descobrir a chamada "Oitava maravilha do mundo". Depois de desfrutar do mosteiro em profundidade, aproveitamos para comprar alguma lembrança na loja de presentes e tomar uma reconfortante bebida na cafeteria do monumento (ao lado da entrada).

Jardins do Frade e Casinha do infante

Na saída, atravesse a esplanada de pedra do mosteiro e aproveite para tirar fotos inesquecíveis, pois você está rodeado pelas Casas de Ofícios e pela Casa de Infantes e da Rainha. No final da fachada oeste (à direita da entrada ao Mosteiro), encontramos a pequena entrada aos Jardins do Frade. Neles, admiramos a paisagem enfeitada com um lago e deixamos voar nossa imaginação ao século XVI.

 Mosteiro de El Escorial visto do laguinho dos Jardins do Frade, em San Lorenzo de El Escorial, Madri

Neste ponto, nossa rota muda conforme a época do ano em que tenhamos viajado. E é que se seguimos reto pelo Passeio de Carlos III em um trajeto ascendente de uns 15 minutos (na direção da estrada de Ávila. Está sinalizado) você chega à Casinha do Infante e seus jardins. Vale a pena ir para obter uma panorâmica da paisagem da Ferraria. Agora vamos pela rua Leandro Rubio até o final, onde encontraremos a Casa de Jacometrezzo, a mais antiga da localidade.

Conjunto monumental. Um passeio pela tradição

Os deslocamentos pelo centro histórico de San Lorenzo de El Escorial são curtos e é agradável realizá-los a pé para apreciar suas coloridas praças e conhecer o caráter amável da população. O melhor é percorrer o pátio da fachada norte do Mosteiro e subir até a cêntrica rua Floridablanca. Se a seguimos podemos ver edifícios históricos (todos contam com placa informativa) como as três Casas de Ofícios a nossa esquerda e os Reais Quartéis e o Real Coliseu de Carlos III à direita. Além disso, e se estamos no verão, encontramos postos de orchata e sorvete (deliciosos) onde se refrescar e descansar.

 Praça em San Lorenzo de El Escorial, Madri

Depois, tranquilamente, damos um passeio pelas três ruas paralelas Reina Victoria, Rey e Juan de Leyva e respiramos o ambiente deste destino único. Encontramos diversas lojas de produtos artesanais, cerâmicas e livros antigos onde comprar um presente. Em nosso caminho, descobrimos monumentos do século XVIII como a Casa das Colunas ou as Garagens do Rei (no final da rua Juan de Leyva). Estas abrigam em seu interior um encantador museu ao que vale a pena entrar.Um conselho? É recomendável visitar a livraria que conecta com o museu e comprar presentes como a medalha de San Quintín. Antes de irmos almoçar, não nos esquecemos de comprar algum doce típico como os caramelos de violeta ou as saborosas “bizcochelas” (com chocolate, gema e bolo).

Almoço no centro histórico

Após uma manhã intensa, é momento de parar e degustar em qualquer dos locais do centro histórico pratos tradicionais como carnes (filé mignon de boi ou bisteca de vitela), assados ou cozido. O melhor é descer pela rua Patriarca para desembocar de novo em Floridablanca e almoçar em um local com vistas ao Mosteiro. No entanto, muitas ruas do centro histórico (San Antón, Caminho Horizontal, Praça San Lorenzo) estão salpicadas de restaurantes bares e tabernas se o que preferimos é comer, por exemplo, lombo e presunto ibéricos. Desfrutamos do sabor dos pratos e do marco monumental onde nos são servidos. Além disso, os preços não são muito elevados.

TARDE

Chegou a hora de conhecer a Casinha do Príncipe e seus bonitos jardins antes de voltar para Madri. O final perfeito para um dia muito agradável.

Casinha do Príncipe. Retorno a Madri

Empreendemos nosso regresso. O melhor é realizar a volta de trem, já que junto à estação está situada a Casinha do Príncipe. Da Floridablanca descemos pela Praça Virgen de Gracia até deixar a nossa esquerda a Casa de famílias de Infantes. Mais adiante e atravessando a estrada encontramos a entrada aos jardins. Percorremos maravilhados e com o Mosteiro às nossas costas como uma despedida o passeio rodeado de árvores até chegar à Casinha.

 Casinha do Príncipe em San Lorenzo de El Escorial, Madri

Após visitá-la e como conclusão do dia, você pode tomar algo nas mesas ao ar livre que ficam na entrada. A estação ferroviária fica bem em frente. A viagem a Madri dura aproximadamente uma hora, portanto, às 17:00 h chegamos à estação de Atocha. Não podemos esquecer que compramos “bizcochelas”. Agora é o momento de experimentá-las.

Visitas imprescindíveis

O que ver


Conselhos e recomendações

Tenha em conta

O Mosteiro fecha às segundas-feiras. Existe a possibilidade de realizar uma visita guiada, embora somente possa ser comprada nas bilheterias no mesmo dia da visita.É melhor reservar as compras para antes do almoço, pois muitos estabelecimentos fecham das 14:00 às 17:00 h. Embora as distâncias sejam curtas, lembre-se de usar um calçado confortável.

Como chegar

Ônibus: linhas 661 e 664 da estação de intercâmbio de Moncloa. Duração aproximada do trajeto: 1 horaTrem: linha C8a da estação de Atocha. Duração aproximada do trajeto: 1 hora.Por estrada: Madri-San Lorenzo de El Escorial pela A-6, até Las Rozas, desvio à M-505; A-VI, desvio à M-600.Se nos resta tempo à tarde, podemos ir às cidades de Segóvia, Toledo ou Salamanca, que estão próximas e bem comunicadas com esta localidade.

Quando fazer o roteiro

Em agosto comemoram-se as Festas Patronais em homenagem a San Lorenzo. Em setembro, a Romaria da Virgen de Gracia festeja-se nas ruas. No Natal, a Praça de Benavente acolhe um presépio com figuras de tamanho natural.