Travel Safe

Conselhos para viajar com segurança Últimas notícias
Mosteiro de San Lorenzo de El Escorial (Comunidade de Madri) e jardins

San Lorenzo de El Escorial

Madrid

Em plena Serra de Guadarrama, a apenas 50 quilômetros de Madri, está situado o povoado de San Lorenzo de El Escorial.

O Monte Abantos, seu pinhal e a pastagem de La Herrería compõem a paisagem natural deste lugar, que tem no Mosteiro de El Escorial seu eixo principal. Em seu traçado urbano se harmonizam casas senhoriais de estilo herreriano com avenidas racionalistas e pequenas praças projetadas anteriormente. Localizada na serra madrilenha, oferece diversas oportunidades de lazer e roteiros culturais, como os que levam o viajante a Ávila, Segóvia, Toledo ou Madri.

A vila madrilenha de San Lorenzo del Escorial, Conjunto Histórico-Artístico, surgiu ao redor do Mosteiro de El Escorial. Este belo conjunto arquitetônico, declarado Patrimônio da Humanidade pela UNESCO, foi construído por ordem de Felipe II no século XVI para comemorar a Batalha de San Quintín. Pouco a pouco foi se consolidando um traçado urbano ao seu redor, já que aristocratas e burgueses da capital construíram aqui suas residências de verão. Trata-se de um lugar elegante, com um rico patrimônio monumental e rodeado de montanhas e bosques.O MosteiroO Real Monastério tem uma complicada estrutura projetada por Juan Bautista de Toledo e realizada por Juan de Herrera. A simplicidade de suas linhas concentra toda a atenção na harmonia de pátios, fontes, claustros e torres. Mais de 4.000 quartos se distribuem entre as áreas principais. O Pátio dos Reis da Judeia dá entrada à Basílica, que conta com um zimbório de 95 metros de altura e pinturas de Lucas Jordán entre seus elementos principais.San Lorenzo também foi construído para albergar o Panteão Real e aqui estão enterrados monarcas espanhóis das famílias Áustria e Bourbon. Os príncipes, infantes e rainhas que faleceram sem descendência real são os que repousam no Panteão dos Infantes.No Museu de Arquitetura são conservados documentos relativos às obras de execução do Mosteiro, que refletem a participação de grandes mestres procedentes de toda a Europa. Também se destacam os muitos manuscritos (árabes, gregos e latinos) da sua Biblioteca e a inestimável coleção de pinturas das Salas Capitulares. El Greco, Ribera, Tiziano, Velázquez e El Bosco são alguns dos artistas que aqui podem ser contemplados. Tiziano, Veronês, Zurbarán e Tintoretto esperam no museu de Pintura.San Lorenzo de El EscorialEntre a Lonja, uma enorme praça ao redor deste conjunto arquitetônico, e a rua de Floridablanca se impõe a sóbria estrutura das Casas de Ofícios. Ideadas para abrigar dependências palacianas, se destacam por suas grandes pedras talhadas e seus telhados de xisto. Por sua vez, a atual Universidade de Santa Cristina nasceu para abrigar os fornos, cozinhas, quadras, ferrarias e outras dependências anexas ao mosteiro, as chamadas Casas de la Compaña.Como parte do traçado urbano deste lugar também estão a Casa de los Infantes y la Reina, o Coliseu de Carlos III e outros edifícios singulares. Casas e palacetes aderem a um urbanismo racionalista que perpetua a simetria do Mosteiro. O Palácio do Marquês de Campo Villar, a Casa do Duque de Medinaceli e a Casa das Colunas são alguns belos exemplos.O atual Euroforum, lugar onde são ministrados os Cursos de Verão da Universidad Complutense de Madrid, foi então Casa das Famílias de Infantes. Remodelado várias vezes ao longo dos séculos, ostenta o título de Monumento Histórico-Artístico.Na pastagem de La Herrería, com uma maravilhosa vista sobre San Lorenzo, está situada a Casita del Infante, ou de Arriba. Este palacete foi construído por ordem do infante Dom Gabriel de Borbón, filho de Carlos III, para se afastar do protocolo palaciano. O projeto de sua planta e de seus jardins se deve a Juan de Villanueva.Culinária e arredoresEm San Lorenzo de El Escorial o visitante também pode saborear a autêntica cozinha madrilenha e serrana. Caracóis, omelete de batatas e embutidos servirão de aperitivo. O cocido madrileño (cozido com grão-de-bico, carnes e verduras), os callos (dobradinha) e as sopas de alho têm suas raízes na mais pura tradição castelhana. Por sua vez, entre os pratos principais, a carne bovina da serra de Guadarrama é preparada na brasa, enquanto o cordeiro e o leitão são assados no forno. Besugo e bacalhau são os peixes preferidos da região central. E de sobremesa, rosquinhas de anis, canudinhos de creme ou mantecados.Ávila, Segóvia, Toledo e Madri são cidades que vale a pena visitar durante a estadia em San Lorenzo de El Escorial. As três primeiras foram declaradas Patrimônio da Humanidade pela UNESCO e possuem centros históricos de incalculável valor histórico e artístico. As muralhas e igrejas de Ávila; o aqueduto, Alcácer e Catedral de Segóvia; e a mescla cultural de Toledo são alguns de seus encantos principais. Por sua vez, Madri tem bairros antigos, como o dos Austrias e o dos Borbones, por onde o visitante pode passear relaxadamente e conhecer diversos monumentos. O Museu do Prado, o Thyssen-Bornemisza e o Museu Nacional Centro de Arte Rainha Sofia, juntamente com o Museu Arqueológico Nacional, são algumas das visitas obrigatórias. Uma cidade cosmopolita que oferece muitos bairros comerciais, espaços verdes e zonas de lazer, onde a programação cultural dá espaço às mais diversas manifestações artísticas.

Não deixe escapar

O que visitar


Selecione na lista ou navegue pelo mapa para descobrir os pontos de interesse.

Agenda

Exposições, festivais, esportes...


Consulta alguns dos eventos mais relevantes que você poderá aproveitar no destino.