Travel Safe

Conselhos para viajar com segurança Últimas notícias
Vista geral do Real Mosteiro de San Lorenzo de El Escorial

Real Mosteiro de San Lorenzo de El Escorial

Madrid

Símbolo do Século de Ouro espanhol


O Mosteiro de El Escorial deu lugar à arquitetura herreriana, da mão de seu criador, Juan de Herrera. É considerado Patrimônio da Humanidade.

Felipe II utilizou este Real Lugar como panteão familiar. As obras de sua construção começaram no ano 1563, a cargo de Juan de Toledo. Morto este, Juan de Herrera prosseguiu com a obra, finalizando sua construção em 1584. O edifício está realizado em pedra granítica e dividido em três áreas verticais, sendo a central o Pátio dos Reis.

Em seus ângulos há quatro torres, de 55 metros, arrematadas por bolas de metal. Entre as dependências do edifício contam-se os Ministérios, a Casa dos Ofícios, da Companha, Infantes e Rainha, que se unem mediante arcos. A igreja é de planta de cruz grega e, em sua capela principal estão os monumentos funerários de Carlos V e Felipe II. É preciso mencionar, também, a biblioteca, no segundo andar da fachada oeste, na que há cerca de 45.000 impressos dos séculos XV e XVI. No ano 1971 foi declarado Conjunto Histórico-Artístico e, no ano 1984, Patrimônio da Humanidade. A arquitetura deste edifício, concebido por Juan de Herrera, deu lugar à arquitetura denominada herreriana. Construção de grandes dimensões como demonstra seus 15 claustros, 13 oratórios, 86 escadas, 88 fontes, mais de 1.600 pinturas, 9 torres e 73 esculturas.O Mosteiro abriga também a Escolanía de El Escorial, um dos coros mais importantes e com mais tradição da Espanha. Fundado em 1567 por ordem de Felipe II, está formado por 45 crianças e jovens cantores.

Real Mosteiro de San Lorenzo de El Escorial


Avda. Don Juan de Borbón y Battemberg, s/n.

28200  San Lorenzo de El Escorial, Madrid  (Comunidade de Madrid)

O que fazer

Visitas próximas