Travel Safe

Conselhos para viajar com segurança Últimas notícias
Lata de Plâncton do restaurante Aponiente

Sabores do mar para degustar em Cádis

Cádiz

Pratos deliciosos, saudáveis e 100% marítimos no sul da Espanha


A gastronomia de Cádis é uma cozinha principalmente do mar e combina suas receitas mais tradicionais com novas elaborações que incluem até novos alimentos como o plâncton. Saiba como identificar alguns dos sabores que você poderá degustar durante as férias.

  • Imagens do Restaurante Aponiente

    Plâncton, o novo alimento verde

    Comer plâncton é provar a original proposta do conhecido como chef do mar, Ángel León. É um potencializador do sabor marinho 100% natural, de origem vegetal e muito saudável. Desde 2014, a União Europeia o reconhece como “novo alimento”. Você pode saboreá-lo em arrozes, sobremesas, empanadas e até queijos no Aponiente (restaurante de Ángel León no Puerto de Santa María que conta com três estrelas Michelin) e cada vez em mais restaurantes, especialmente em Cádis. Pode inclusive comprá-lo para condimentar seus pratos e potencializar o sabor de mar.

  • Roteiro das algas

    Algas, a horta marinha

    Aproveita as férias em Cádis para experimentar as saladas marinhas à base de algas. Você vai poder saboreá-las em muitos locais, especialmente combinadas com peixe e em elaborações originais.

  • Colagem de tapas do mar

    Tapas do mar

    Em Cádis você também pode saborear a cozinha do mar através das tapas. Prove algumas porções de bienmesabe (o famoso “pescaíto” frito marinado de Cádis), as populares tortillitas de camarones, as ortiguillas (anêmonas fritas em azeite de oliva com um delicioso sabor de frutos do mar), os crocantes chopitos e puntillitas, as refrescantes piriñacas (picadinho temperado de tomate, cebola e pimentão) com ovas e os potentes peixes salgados como a mojama de atum. 

  • Pratos elaborados com atum

    Atum vermelho de almadrava

    É uma iguaria quase exclusiva desta área devido à excelente qualidade do peixe e à forma como é pescado: o modo tradicional e artesanal da almadrava, respeitoso com o meio ambiente. O melhor momento para saboreá-lo é entre os meses de maio e junho, data principal de sua pesca e quando são realizadas jornadas gastronômicas e feiras com menus especiais em cidades como Conil, Barbate, Tarifa e Zahara de los Atunes. As partes mais saborosas do atum vermelho são a ventresca (barriga), o morrillo (acima da cabeça) e as ovas.

  • Jornada de pesca de almadrava

    Muito além da mesa

    Em Cádis existem muitos lugares e atividades interessantes que ajudam a conhecer sua tradição marítima. Por exemplo, na área há muitas salinas e algumas podem ser visitadas em San Fernando, Sanlúcar de Barrameda e Chiclana. Nelas você poderá assistir ao “despeque” ou extração manual dos peixes dos “esteros” (pequenas barragens onde é criado o peixe e de onde é extraído o sal). Também é possível participar de uma jornada de pesca de almadrava (popularmente conhecida como “levantá”) entre os meses de abril e junho.

Descubra mais sobre...