Travel Safe

Conselhos para viajar com segurança Últimas notícias
Prato de design: peixe branco e marisco

saborosa, saudável e 100 % espanhola

none

Alimentos da Espanha para cuidar-se


A comida espanhola é imagem da dieta mediterrânea no mundo. Uma refeição saudável, cheia de sabor e baseada no consumo de azeite de oliva, vegetais e produtos de temporada.  Apresentamos algumas propostas para saborear esta gastronomia declarada Patrimônio Cultural e Imaterial da Humanidade pela UNESCO.

  • Gaspacho e salmorejo de diferentes variedades

    Gaspacho e salmorejo

    Pratos típicos da Andaluzia e fixos em quase qualquer casa da Espanha no verão. O tomate é o principal ingrediente destas sopas frias e o azeite de oliva virgem extra ao gosto, o toque explosivo de sabor. O gaspacho é mais líquido e pode incorporar pepino ou pimentão. O salmorejo, mais denso, é condimentado com presunto curado no empratamento.

  • Pinchos de tortilla española

    Tortilla española (omelete à espanhola)

    É fácil de preparar. É versátil para apresentar. E, sobretudo, é saboroso ao comer. Trata-se de uma das receitas espanholas mais internacionais e cai bem em qualquer refeição. O truque de sua cozinha está na textura das batatas, a esponjosidade do ovo e sua preparação com azeite de oliva. Para degustá-la, pão ou salgadinhos são companheiros indispensáveis.

  • Diferentes tipos de paella espanhola

    Paella

    Bandeira culinária da Comunidade Valenciana. Cozinha-se em uma frigideira específica (chamada paellera ou também paella), seu ingrediente principal é o arroz e você poderá saborear muitas variedades diferentes. Isso é, a paella valenciana mais popular sempre tem frango, coelho, garrofó (um feijão da zona), açafrão e azeite de oliva. Um conselho para escolher uma paella saborosa, a tradicional é cozinhada no fogo de lenha. E uma advertência, não se vence jamais um valenciano discutindo sobre paella. É melhor render-se e que o convide a saborear a que ele prepara.

  • Escalivada

    Escalivada

    Tipo de salada popular na Catalunha e que potencializa o sabor de verduras e hortaliças. Como? São cozinhadas assadas na brasa ou ao forno, obtendo todo o suco das berinjelas, pimentões, cebolas, batatas e alcachofras. Finalmente são combinadas no prato e temperadas com azeite de oliva virgem extra e, segundo o comensal, com vinagre.

  • Almejas, pulpo a feira e caldereta de marisco

    Mariscos

    A Espanha está praticamente rodeada pelo mar e isso tem vantagens também na cozinha. Abundam os peixes e mariscos cheios de sabor. Nós adoramos cozidos, preparados de forma simples mas que potencializam seu sabor. Sobressaem na Galícia, mas a costa da Andaluzia, Região de Murcia, Comunidade Valenciana, Catalunha e Baleares também têm mariscos excelentes. Algumas recomendações para sua viagem: a mariscada, as almejas à marinheira, pulpo a feira ou uma calderata de marisco (se além disso é com vistas ao Mediterrâneo, a experiência é sublime).

  • Pisto ao estilo manchego

    Pistos e tumbets

    A horta como protagonista e o azeite como companheiro. São refogados de verduras e hortaliças entre os quais é habitual encontrar cebolas, berinjelas, abobrinhas, tomates, pimentões ou alhos. Uma das receitas mais conhecidas de pisto é a da Castilla – La Mancha, onde frequentemente o prato é completado com um ovo frito. O tumbet é típico das Ilhas Baleares. A alboronía da Andaluzia ou a sanfaina da Catalunha e a Comunidade Valenciana também são semelhantes.  

  • Ventre de atum, tapa de anchova e sanduíches cantábricos

    Peixes azuis

    As anchovas, o atum, as sardinhas, as boquerones ou bocartes, as cavalas… São só alguns dos peixes azuis típicos na Espanha. São os alimentos com maior concentração de ácidos ômega-3 são recomendados para cuidar a saúde cardiovascular. Aqui você encontrará algumas preparações muito típicas. Por exemplo, os espetos de sardinhas de Málaga, as conservas de anchovas da Cantábria, o marmitako de bonito do norte, o atum com cebolas do sul, as anchovas em vinagre...

  • Frutas e verduras próprias da dieta mediterrânea

    Frutas

    Se você vem à Espanha, você está na horta da Europa. Assim você pode aproveitar para saborear fruta quase colhida da árvore. Para estar em sintonia com a terra, anote o calendário: no outono, é momento das maçãs, as peras ou as uvas; no inverno, as cítricas como laranjas e tangerinas ou frutas exóticos como a fruta do conde ou o kiwi; na primavera, chega a explosão de sabores dos morangos, as cerejas e as nêsperas e no verão, sobressaem melões, melancias e ameixas. Por sua vez, nas Canárias é muito habitual preparar sucos a base de frutas múltiplas, mas destacam-se suas bananas.