Travel Safe

Conselhos para viajar com segurança Últimas notícias
Entardecer na praia de Cofete, Fuerteventura

Canárias, o destino onde desfrutar sempre da primavera

Canárias

Você ficará de bom humor: na Espanha, há um lugar onde o sol e a temperatura agradável dos meses da primavera sempre estão presentes. Prepare umas férias nas Ilhas Canárias. Aqui, o outono e o inverno se fantasiam de bom tempo, porque a temperatura média anual é aproximadamente 22 graus centígrados. Por você esperam entre nove e dez horas de sol diárias, uma natureza vulcânica que encoraja ao ar livre e muitas das melhores praias da Europa.

  • Vistas de Gran Canaria com a ilha de Tenerife ao fundo

    Um paraíso de primavera de oito ilhas

    Apresentamos as oito Ilhas Canárias: Gran Canaria é conhecida como o continente em miniatura. Tenerife presume de duas declarações de Patrimônio Mundial da UNESCO. Lanzarote é uma ilha diferente, de terras vulcânicas pretas e avermelhadas que dão lugar uma paisagem de outro mundo. Fuerteventura é praia e mar, longas areais e o paraíso do windsurfe. L Palma é com frequência chamada de “a ilha bonita”, por ser a mais verde de todas. Em La Gomera você encontrará lugares que parecem envolvidos em misticismo, daí que seja conhecida como “a ilha mágica”. El Hierro é uma ilha 100% sustentável, auto abastecida com energias renováveis. Entretanto, La Graciosa é uma pequena ilha que quase permanece virgem.

  • Parque Nacional de Timanfaya, em Lanzarote

    Natureza para se sentir livre

    É um dos símbolos de identidade das ilhas e motivos não faltam para isso. Será por sua origem vulcânica, por sua combinação de paisagens áridas com frondosas florestas e praias, por sua rica biodiversidade ou porque o bom tempo contribui para que vejamos tudo mais bonito. A realidade é que a natureza das Canárias cativa. Você poderá comprová-lo em seus quatro parques nacionais (Teide, em Tenerife; Caldera de Taburiente, em La Palma; Garajonay, em La Gomera; o Timanfaya, em Lanzarote), ou em qualquer ilha, porque todas têm grande parte de seu território reconhecido como reserva da biosfera pela UNESCO.

  • Praia de Corralejo em Fuerteventura

    Praias para relaxar e descansar

    Você tem sol, a temperatura acompanha e você está nas Canárias. Agora, só tem que escolher a praia e aproveitar sensações tão boas quanto caminhar descalço pela areia, deixar passar as horas deitado ao sol ou se refrescar nas revigorantes águas do oceano. Encontrará praias extensas de areia clara, que parecem desertos junto ao mar, como as do parque natural de Corralejo (Fuerteventura) ou Maspalomas (Gran Canaria). Observará suas areias escuras que lembram de sua origem vulcânica, como Charco Verde (La Palma) ou Playa del Inglés (La Gomera). Estão aquelas em que mergulhará sem correntes, porque são piscinas naturais protegidas pelas rochas, como Charco Azul (El Hierro) ou Charco de La Laja (Tenerife). Algumas são urbanas e especialmente confortáveis para famílias, como Las Canteras (Gran Canaria) e Las Teresitas (Tenerife). Outras estão mais isoladas e permanecem quase virgens, como Cofete (Fuerteventura) ou Famara (Lanzarote). No site de turismo das Ilhas Canárias você pode consultá-las.

  • San Cristóbal de la Laguna

    Visitas culturais que completam o dia

    As ilhas estão cheias de agradáveis surpresas. Por exemplo, você sabia que em Tenerife existe uma cidade Patrimônio da Humanidade? É San Cristóbal de La Laguna: passear por suas ruas contagia a paz do ritmo tranquilo que define as Canárias. Sua arquitetura é uma boa apresentação do estilo colonial que abunda nas ilhas. Em Gran Canaria, propomos um percurso arqueológico do norte (entre Galdar, Guía e Agaete) para conhecer sobre seus antepassados. A fusão entre arquitetura e natureza da obra de Manrique é a protagonista em Lanzarote, com espaços como o Jardim de Cactos, o Mirador del Río ou os Jameos del Agua. Em Fuerteventura, a mão de Manrique se desvela no Mirador de la Peña, com impressionantes vistas. Por sua vez, em La Gomera poderá ouvir a única linguagem assobiada plenamente desenvolvida e em uso. É o assobio “gomero” e foi declarado Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade pela UNESCO.

  • Papas arrugadas com mojo canário

    Sabores que contagiam felicidade

    Sentar-se para comer é sempre um prazer, e nas Canárias isto se multiplica por vários motivos. Primeiro, porque muitas vezes será ao ar livre, sob um sol suave e com temperatura agradável. Segundo, porque sua gastronomia é rica, leve e exótica. Como mostra, sua enorme variedade de frutas tropicais como a banana das Canárias (se você ainda não experimentou, pode ser que ainda acredite que não é uma fruta gostosa), o mamão, o mango e um longo etecetera que dá lugar a sucos cheios de sabor. Depois, porque há pratos tão simples como as papas arrugadas, que são manjares ao banhá-las em seu molho mais tradicional (o mojo). Experimente pratos populares como a velha ao forno, as lapas com mojo ou o cabrito assado. Acompanhe cada comida com queijos e vinhos locais, e conclua com alguma sobremesa elaborada com gofio. Podemos garantir que, depois, você será mais feliz.