Atualidade COVID-19

Conselhos para viajar com segurança
Praia Papagaio

Lanzarote (Ilha)

Lanzarote, terra de vulcões

Lanzarote

Uma das ilhas mais fascinantes do arquipélago canário é, sem dúvida, Lanzarote. Assim que você põe os pés em seu território, chamam a atenção as cores inconfundíveis de suas paisagens vulcânicas que contrastam com o azul do Atlântico.

Quase não há árvores, mas a beleza da vegetação que a percorre é surpreendente. As aldeias são de casas baixas e brancas e o horizonte é infinito. Aqui a natureza convive com a arte.

O tempo parece deter-se e o viajante compreende que está em um lugar especial da Terra. Então se relaxa, aproveita para visitar os museus, as cavernas e as praias solitárias da ilha ou para degustar seus vinhos tão especiais e compreende porque neste lugar se respira tanta vida.  

Modelada por César Manrique

Uma das figuras fundamentais desta ilha é César Manrique. Pintor, escultor, arquiteto… Foi um artista que procurou preservar o maravilhoso ambiente natural da ilha criando obras arquitetônicas que respeitassem a natureza e se integrassem a ela. Graças a ele, hoje você pode visitar, por exemplo, a Casa del Volcán (onde viveu), o impressionante Mirador del Río com vista para a ilha de La Graciosa, tubos vulcânicos como o Jameos del Agua ou a Cueva de los Verdes onde você pode assistir a um concerto ou a um jardim com mais de 7.000 espécimes de cactos.

Toda a ilha parece admirar essa fusão entre arte e natureza. É um prazer descobrir a essência de suas gentes e conhecer suas galerias de arte ou suas localidades com encanto como Teguise, onde o melhor é perder-se por suas lojas de artesanato.

Natureza e gastronomia surpreendentes

Mais de 100 vulcões dão forma às paisagens desta ilha que quase parece lunar. Um dos mais impressionantes é o do Parque Nacional de Timanfaya, onde se podem contemplar 25 crateras ou comer em um dos restaurantes mais originais do mundo, El Diablo, onde cozinham com o calor que desprende a terra. Também são incríveis os parques naturais do Arquipélago de Chinijo e de Los Volcanes. Este último surpreende com seu Charco Verde, uma laguna de uma cor verde alucinante que se comunica com o mar através de grotas subterrâneas.A beleza de praias tão diferentes como a de Famara ou a de Papagayo não ficam atrás. Já seja de areia branca ou vulcânica, todas parecem convidar à tranquilidade.A originalidade das paisagens traslada-se mesmo à gastronomia da ilha. Por exemplo, na zona de La Geria, aproveitam o terreno vulcânico para criar vinhedos em buracos na terra protegidos por muros semicirculares de pedras vulcânicas dando lugar a uns riquíssimos vinhos como a famosa Malvasia. E para acompanhar estes vinhos, nada como produtos característicos da zona como as papas arrugadas, o molho verde e vermelho, pescados como a velha, sobremesas como o bienmesabe...Viver Lanzarote consiste, definitivamente, em desfrutar de um contato autêntico com a natureza, em sentir-se livre, em sentir-se bem.

Não deixe escapar

O que visitar


Selecione na lista ou navegue pelo mapa para descobrir os pontos de interesse.

Onde ir

Visitas imprescindíveis


O que fazer

Outras ideias para sua viagem