Travel Safe

Conselhos para viajar com segurança Últimas notícias
Charco de San Ginés

Arrecife

Lanzarote

Arrecife, a capital de Lanzarote, é uma cidade portuária bonita e tranquila situada na costa leste da ilha.

Em seu traçado urbano dividem protagonismo as ruas do centro histórico, repletas de comércios, e os bairros com um grande sabor popular, como o de San Ginés. Além dos diversos museus e edifícios históricos existentes, que permitem que Arrecife goze de uma intensa vida cultural. E em sua fachada marítima, oferece atraentes praias e excelentes instalações náuticas, junto à possibilidade de praticar golfe enquanto você admira vistas impressionantes do oceano Atlântico.

O desenvolvimento de Arrecife como cidade está intimamente ligado ao seu porto e sua grande potência comercial, o que lhe permitiu atrair o poder político e econômico até que finalmente, em 1847, obteve a condição de capital da ilha, em detrimento de Teguise.A cidade cresceu em torno de San Ginés, histórico núcleo de pescadores surgido na beira do oceano. No meio de suas típicas ruas de ambiente marítimo se ergue a igreja de San Ginés. Herdeira da primeira ermida construída na capital, foi reedificada no século XVII, enquanto seu esbelto campanário data do século XIX.Arrecife conta com destacados exemplos de arquitetura defensiva. Em uma ilhota situada em frente ao centro histórico levanta-se o castelo de San Gabriel, que foi construído no século XVI como defesa contra os contínuos ataques de piratas. Declarado Monumento Nacional junto com a ponte de Las Bolas, na atualidade está habilitado como observatório astronômico.Não muito distante fica o castelo de San José, construído em plena baía de Naos por ordem do rei Carlos III. Suas instalações são a sede do Museu Internacional de Arte Contemporânea (MIAC), que conta com uma valiosa coleção de obras do século XX realizadas por artistas do calibre de Picasso, Miró, Chillida e Tàpies.Valerá a pena percorrer as ruas de Arrecife para descobrir outros edifícios notáveis, como a Casa da Cultura “Agustín de la Hoz”, um casarão da nobreza de meados do século XIX, e a Casa dos Arroyo, uma antiga moradia convertida em Centro Científico Cultural.

O litoral

Um longo calçadão percorre o litoral de Arrecife. Sua origem vulcânica proporciona uma grande diversidade natural, especialmente em seus recifes marinhos, assim como nas numerosas colônias de aves aquáticas que aninham na área.Uma das imagens mais emblemáticas da cidade é a da praia do Reducto, protegida pela Punta del Camello e pela ilhota de Fermina.O visitante que goste de esportes náuticos poderá ir a qualquer uma das excelentes instalações náuticas disponíveis na cidade, onde pode praticar modalidades como windsurf ou velejar.Por sua vez, os amantes do golfe dispõem de um campo de 18 buracos situado numa exótica paisagem vulcânica nos arredores da cidade. Nele, jogadores de todos os níveis poderão desfrutar deste esporte enquanto contemplam uma privilegiada vista panorâmica sobre o Atlântico.

Culinária e arredores

Arrecife é uma autêntica vitrine da culinária de Lanzarote. Destacam-se as especialidades de peixe, especialmente a “vieja”, que é preparada em guisado ou “a la espalda”. Também merecem menção o sancocho, os frutos do mar frescos e o prato mais conhecido das Canárias, as papas arrugadas (batatas cozidas), que costumam ser servidas junto com os mojos (molhos típicos). Os queijos, macios ou curados, fazem parte da tradição autóctone. O melhor acompanhamento para estas delícias será sempre qualquer vinho com Denominação de Origem Lanzarote, entre os que se destacam as aromáticas malvasias.A localização estratégica da capital permite o acesso fácil e rápido a qualquer lugar de Lanzarote. No extremo norte da ilha fica Haría, um pequeno núcleo habitado situado em um fértil vale entre montanhas. Em sua zona costeira você encontrará a Caverna de Los Verdes, assim como os Jameos del Agua e o Mirador del Río, sendo estas últimas obra do arquiteto de Lanzarote César Manrique.Muito perto fica Teguise. A antiga capital da ilha de Lanzarote possui um importante patrimônio monumental dentro de seu centro histórico, que reúne belas amostras de arquitetura popular e nobre. A marca de Manrique está presente em Teguise através do Jardim de Cactos e da fundação que tem o seu nome, que foi também a antiga residência do artista.Na direção sul aparecem municípios como San Bartolomé, onde se destacam a Casa do Mayor Guerra e a Casa Ajei; Tinajo, em cujo santuário de Mancha Blanca é venerada a Virgen de los Dolores, padroeira da ilha; e Yaiza, núcleo rodeado por um entorno vulcânico que desenha paisagens de uma beleza inigualável, como El Golfo e Los Hervideros.Tudo isso se complementa com o litoral da ilha, repleto de lindas praias e importantes centros turísticos, como Costa Teguise, Playa Blanca e Puerto del Carmen. Mas o maior foco de atração turística é, sem dúvida, o Parque Nacional de Timanfaya, uma autêntica vitrine do ecossistema vulcânico da ilha. A visita inclui uma excursão de ônibus que percorre a Rota dos Vulcões e que tem seu ponto de partida no centro de visitantes. O parque, por sua vez, está rodeado pelo Parque Natural de Los Volcanes, onde os campos de cinzas e lavas vulcânicas se estendem até a costa.

Não deixe escapar

O que visitar


Selecione na lista ou navegue pelo mapa para descobrir os pontos de interesse.

Não deixe escapar

O que visitar


Selecione na lista ou navegue pelo mapa para descobrir os pontos de interesse.

Agenda

Exposições, festivais, esportes...


Consulta alguns dos eventos mais relevantes que você poderá aproveitar no destino.