Travel Safe

Conselhos para viajar com segurança Últimas notícias
Barris de vinho em uma antiga adega de Ribera del Duero, Castilla y León

Vinhos e Castilla y León: um passeio pelas adegas centenárias da região

Castela e Leão

Descobrir a Espanha através do vinho é uma viagem que realmente vale a pena experimentar. Ao entrar em Castilla y León, a gastronomia, a história, a natureza e a cultura se unem para oferecer umas férias diferentes. Mas porque conta, especialmente, com adegas centenárias que respiram tradição e terra. 

  • Da esquerda à direita: Barricas em Bodega Ismael Arroyo, em Sotillo de la Ribera, Burgos ©Bodega Ismael Arroyo/Visita enoturística a ©Bodega Don Carlos/Detalhe de galeria subterrânea em Bodega Don Carlos, em Aranda de Duero, Burgos ©Bodega Don Carlos

    Em Aranda de Duero e seus arredores

    Conhecida pela Denominação de Origem Ribera del Duero, a peculiaridade das adegas desta cidade é que são subterrâneas e que datam do século XIV ou princípios do XV. Você pode visitar a adega histórica Don Carlos, com sete quilômetros de longitude com túneis e mais túneis de delicioso vinho. Ou o Mesón Bodega el Lagar de Isillas, onde poderá degustar a gastronomia tradicional da região. Perto da cidade, em Valsotillo, a maioria das adegas são do século XV. Em Bodega Ismael Arroyo combinam técnicas tradicionais com algumas mais modernas.

  • Covarrubias, Burgos

    Em Covarrubias

    Na mesma região vinícola de Burgos, você encontrará Covarrubias. Este povoado medieval, junto com outros dois, faz parte do conhecido triângulo de Arlanza, cujo nome conta também com uma D. O. A Bodega Valdable é uma caverna escavada em um monte do século XII. Na sua visita, você poderá aproveitar um ambiente familiar e conhecer seu método de envelhecimento. 

  • Da esquerda à direita: detalhe de carteiras tradicionais/Visita enoturística nas labirínticas adegas/Diferentes galerias de El Hilo de Ariadna, em Rueda, Valladolid

    Perto de Valladolid

    Em Roda, esperará um particular labirinto: a Bodega Hilo de Ariadna. Seguindo a lenda do fio que Ariadne entregou a Teseu para derrotar o Minotauro, você poderá descobrir as entranhas desta adega subterrânea e entender melhor a cultura do vinho. Um ambiente incomparável de um lugar da época mudéjar

  • Vinhedo com o Castelo de Penafiel no fundo, Valladolid

    Em Peñafiel

    Coroada com um castelo, a montanha desta localidade conserva grande quantidade de adegas que, hoje em dia, não estão ativas. Assim mesmo, é possível aproveitar as ruas, as vistas e visitar o museu provincial do vinho de Valladolid. 

  • Da esquerda à direita: galerias subterrâneas em Cigales, Valladolid/Detalhe de barricas das adegas/Viga tradicional de prensa romana

    Em Cigales

    O povoado de Cigales herdou as adegas de um rico. Apesar de que a Bodega Ovidio García é do século XX, foram descobertas cavernas escondidas de 300 anos de antiguidade. São produzidos tanto vinhos tintos como rosados da D. O. Cigales. Graças à umidade gerada, você sentirá uma temperatura fresca que é ideal para a conservação do produto. 

  • Vinhedos de Bodega Valdesneros, em Torquemada, Palência

    Em Torquemada

    Um lugar que integra a província de Palência e onde você encontrará a Bodega Valdesneros. Nela também são seguidas as técnicas artesanais, mas com máquinas mais modernas. Você poderá realizar uma degustação em uma adega tradicional. Em todo o povoado são conservadas adegas escavadas que, no seu tempo, talvez tenham sido construídas seguidas. 

  • Da esquerda â direita: entrada da Bodega El Pulijón ©Bodega El Pulijón/Vista aérea de Fermoselle, Zamora/Detalhe de barrica de Bodega El Pulijón ©Bodega El Pulijón

    Perto de Zamora

    No povoado de Fermoselle ainda existem adegas da época medieval, mas grande parte delas são propriedade privada. A sua particular construção subterrânea lhe rendeu o reconhecimento de Conjunto Histórico Artístico. Você pode visitar a Bodega El Pulijón, que embora não elabore vinho, nela poderá se maravilhar com a peculiar arquitetura e os utensílios antigos relacionados ao mundo do vinho.

  • Da esquerda à direita: vista de adegas caverna em Jiménez de Jamuz/Espaço gastronômico El Capricho/Detalhe de Bodega El Capricho

    Na região de León

    Como a maioria de todas as adegas desta área, elas também estão no subsolo. A maioria se encontra abandonada, mas a Bodega El Capricho (Jiménez de Jamuz) foi reformada para também se transformar em um lugar que combina o vinho e a gastronomia. Aqui poderá degustar a D. O. Tierras de León. 

  • Castelo do século XV em Astudillo, Palência

    Em Astudillo

    O vinhedo foi muito importante nesta região e deixou um legado de adegas, hoje inativas, feitas em pedra calcária e alvenaria. Uma visita para conhecer sua arquitetura e as curiosas passagens que ainda são conservados debaixo da terra. 

Descubra mais sobre...