Atualidade COVID-19

Conselhos para viajar com segurança
Castelo medieval de Manzanares el Real, Madri

Roteiro pelas cidades e aldeias medievais da Espanha

cidades-vilas-medievais-espanha

Viva as cidades e vilas medievais da Espanha

Propomos-lhe uma viagem pela Espanha através de uma rota diferente e pouco convencional, ainda que muito interessante e atraente: a que transcorre pelas nossas cidades e vilas medievais. A Rota pelas Cidades e Vilas Medievais vai desde o País Basco até Estremadura. É um itinerário com cerca de 1.500 quilômetros que atravessa a Espanha de norte a sudoeste. Você tem a oportunidade de conhecer nosso país a partir da beira do mar Cantábrico até as formosas zonas rurais do interior, e de desfrutar assim da diversidade natural e cultural da Espanha. Durante todo o caminho encontram-se vilarejos e cidades com um impressionante patrimônio monumental, perfeitamente conservado após a passagem dos séculos. Seu sabor medieval não o deixará indiferente.

A rota completa consta de nove trechos. Você pode realizá-la integramente ou escolher os trajetos que mais lhe interessem.

É perfeita para fazê-la em automóvel, e os destinos que a compõem merecem uma visita. Todos eles compartilham um passado comum e uma história muito próxima, tal como demonstram suas ruas, repletas de palácios, templos, conventos e castelos da Idade Média. Mas cada localidade tem sua personalidade e oferece seus próprios atrativos. Você se dará conta assim que começar a viagem.

O percurso pode começar no País Basco, onde se encontra Hondarribia (Guipúzcoa), em plena Costa Basca. Você se surpreenderá, entre outras coisas, com o sabor marinheiro que se respira, suas praias próximas e sua gastronomia, reconhecida a nível internacional. Na mesma região, mas esta vez em seu interior, na província de Álava, você encontrará Laguardia. Faça uma parada no caminho para passear por seu centro histórico e provar algum de seus vinhos com Denominação de Origem Rioja Alavesa, de grande prestígio mundial.A só 60 quilômetros, outra parada obrigatória é a que leva a Estella ou Lizarra. É muito provável que neste lugar de Navarra você encontrará com peregrinos, sozinhos ou em grupo, carregados com a mochila ao ombro. Não estranhe, já que por aqui transcorre o Caminho de Santiago, o primeiro itinerário cultural europeu que é, além disso, Patrimônio da Humanidade pela UNESCO. 

Vista de Estella-Lizarra

O trajeto adentra agora por terras castelhanas. Primeiro por Almazán, em Castilla y León, com o rio Douro e seus imensos campos de lavoura. A rota continua por Castilla-La Mancha Em Sigüenza (Guadalajara), você poderá conhecer melhor como era a vida dos cavaleiros medievais já que por aqui passou, quase mil anos atrás, Cid Campeador, um herói lendário da história da Espanha.Já em Madri, sempre é um bom plano visitar Manzanares El Real, dentro do Parque Nacional da Serra de Guadarrama e visitar seu impressionante Castelo dos Mendoza.Mais ao sul, em Consuegra, na província de Toledo, você poderá admirar, entre outras coisas, seu conjunto de moinhos de vento, que tanto recordam os gigantes imaginários contra os quais lutou dom Quixote de La Mancha, o imortal personagem de Miguel de Cervantes.

À esquerda: Praça em Sigüenza (Guadalajara). À direita: Moinhos de Consuegra (Toledo)

Saltamos de novo à Castilla y León, mas nesta ocasião a Ciudad Rodrigo (Salamanca), onde, durante o século XVI, foram construídos numerosos monumentos religiosos, palácios e casas senhoriais.O itinerário finaliza em Estremadura, nas cidades de Olivenza y Jerez de los Caballeros (Badajoz), muito próximas a outra rota tão recomendável como é a Via de la Plata, que une a Espanha de sul a norte.Há muito que ver, não lhe parece? Desfrute desta aventura cultural pela Espanha, vivendo em cada uma destas localidades um emocionante regresso à Idade Média, aprendendo sua história e tradições, admirando os espaços naturais que os rodeiam. E se você não viu tudo, não se preocupe.Lhe esperamos em uma próxima viagem.

Catedral de Ciudad Rodrigo (Salamanca)