Travel Safe

Conselhos para viajar com segurança
Estella (Navarra)

Estella

Navarra

Ao passar por terras navarras, o Caminho de Santiago, Patrimônio da Humanidade, conduz até Estella.

Esta vila, atravessada pelo rio Ega, conta com um centro histórico medieval onde as construções românicas e góticas demonstram seu esplendor histórico.

A capital da comarca de Tierra Estella tem suas origens em povoações romanas e bascas, mas foi o rei navarro Sancho Ramírez que fundou a cidade atual para atender os numerosos peregrinos compostelanos. Sua localização no Caminho de Santiago e o fato de ter sido convertida em corte régia contribuíram para sua prosperidade econômica durante todo o período medieval.

Arte românica

Ruas tipicamente medievais conduzem a joias da arquitetura românica. No alto de uma grande escadaria fica a igreja cisterciense de San Pedro de la Rúa. Os elementos românicos de sua estrutura e decoração deixam-se ver em seu portal e seu claustro. Arcos de meio ponto, decoração vegetal e figurativa conduzem aos capitéis historiados de seu claustro, um belo lugar para passear e observar seu excelente acervo de cenas bíblicas. Em geral, o bairro onde está situada, em volta das ruas San Nicolás e Curtidores, é o mais bonito e monumental da cidadeVale a pena visitar o Palácio dos Reis de Navarra, também chamado dos Duques de Granada de Ega. Trata-se de uma bonita amostra de arquitetura civil românica, singular por sua escassa presença. Além de seus dois andares de altura, destaca-se o capitel historiado que representa um episódio da Lenda de Roldán, um tema pouco habitual na arte românica. Seus outros capitéis contam com uma decoração vegetal tipicamente cisterciense. Atualmente é a sede do Museu Gustavo de Maeztu.Um dos representativos portais românicos se encontra na igreja de San Miguel. A figura do Pantocrator (representação de Jesus Cristo como majestade) dentro da mandorla e os tetramorfos (figuras dos quatro evangelistas) são seus elementos mais representativos, característicos do estilo românico tardio. Uma escultura gótica flamenga de San Miguel e um retábulo do século XVIII são os destaques do seu interior.Dentro da arquitetura gótica de Estella são importantes a igreja do Santo Sepulcro e o Convento de Santo Domingo. No portal do Santo Sepulcro pode ser apreciada a evolução entre o românico tardio e o gótico primário. Doze arquivoltas ladeadas por duas fileiras de apóstolos e um tímpano com esculturas da vida e morte de Cristo constituem o mais chamativo do seu portal. Por sua vez, o convento mostra uma única nave de forma alongada.O centro histórico, nos dois lados do rio Ega, que pode ser cruzado pela Puente de La Cárcel, conta também com palácios renascentistas,como o de San Cristóbal (hoje Casa da Cultura Frei Diego de Estella), e barrocos, como o Palácio de Justiça.A Plaza de los Fueros é o centro da cidade, lugar onde é comemorado o tradicional mercado e onde se destaca a fachada neoclássica da igreja de San Juan. A praça e as ruas limítrofes são o cenário do mercado medieval, quando todos os vendedores se vestem com trajes antigos e oferecem suas mercadorias como antigamente. O convento de Recoletas, as ruínas de San Pedro de Lizarra e a Basílica de Nuestra Señora del Puy são as seguinte paradas. Trata-se de um templo construído nos anos 50 do século XX, de traços modernos e inspiração gótica, onde fica uma escultura gótica da padroeira da cidade folheada a prata. O Paseo de los Llanos, paralelo ao rio, conduz ao convento de Santa Clara e, já a caminho de La Rioja, à igreja de Nuestra Señora de Rocamador.

Não deixe escapar

O que visitar


Selecione na lista ou navegue pelo mapa para descobrir os pontos de interesse.

Agenda

Exposições, festivais, esportes...


Consulta alguns dos eventos mais relevantes que você poderá aproveitar no destino.