Travel Safe

Conselhos para viajar com segurança Últimas notícias
Vinhedos de uva para txakoli em Getaria

Uma viagem às origens do Txakoli

none

Vinhedos e vinícolas do vinho de Euskadi


Aprender a arte da degustação para escolher o vinho mais adequado. Viajar à origem do txakoli para conhecer em primeira pessoa de onde provém seu sabor... Esta proposta parece muito ambiciosa, mas pode se tornar realidade em Euskadi. O percurso pelas principais vinícolas e vinhedos deste vinho branco típico basco inclui as três províncias: Biscaia, Guipúscoa e Álava, cada uma relacionada com uma de suas três denominações de origem.O txakoli é um vinho suave e ligeiramente espumoso, muito ligado ao território basco. Visitar as regiões onde são cultivadas suas uvas e saborear seu toque ácido e refrescante lá mesmo, no meio do intenso verde de Euskadi, acompanhado de sua magnífica gastronomia é um festival sensorial.

Um vinho diferente e de vanguarda

Trata-se de um vinho que une tradição e vanguarda. Em suas origens, a produção girava em torno dos “caseríos” (casas de campo tradicionais bascas). Hoje em dia as vinícolas incorporaram os avanços tecnológicos necessários para permitir a este vinho dar um salto de qualidade substancial e situá-lo entre os melhores brancos da Espanha.As zonas de cultivo e produção do txakoli estão distribuídas tanto pelo interior como pela costa, portanto a preferência entre mar e montanha não será um problema para encontrar a vinícola ideal para visitar.

Conhecendo o vinho do País Basco

Um bom modo de conhecer o vinho txakoli é visitar os principais vinhedos e vinícolas onde são produzidas suas três denominações de origem. São elas as de Álava, Getaria e Bizkaia. Em todas estas regiões será fácil encontrar estabelecimentos relacionados com a produção do txakoli.  

Visita a vinícolas de Txakoli

Em Álava você pode visitar municípios como Artziniega, Ayala, Llodio, Okondo e Amurrio.  Em Getaria, se destacam na produção os municípios de Getaria, Zarautz e Aia. Por último, os principais lugares onde é produzido o txakoli com denominação de origem de Bizkaia são Orduña e Orozko.  Outra opção interessante é o Enobús ou “Txakolibus”. Trata-se de um ônibus turístico com guias a bordo para visitar a região de Uribe (Biscaia). Mungia, Bilbau, Plentzia e Gorliz são alguns dos lugares que este ônibus atravessa. A recomendação para aqueles que optarem por este meio de transporte é admirar o impressionante contraste do intenso verde dos campos e o azul do mar Cantábrico. 

Vinhedo de Txakoli

Museu do Txakoli

A menos de 30 quilômetros de Bilbau está situada Bakio. Trata-se de uma pequena cidade com grande tradição no cultivo da videira e produção de txakoli, devido ao seu microclima e sua situação no litoral. Este é o principal motivo pelo qual o Txakolingunea, ou museu do txakoli, está situado lá.Uma visita ao Txakolingunea lhe permite fazer uma ideia de todo o processo de elaboração deste vinho basco de uma maneira muito interativa. O percurso pelo museu consta de audiovisuais envolventes de grande formato para ir descobrindo todas as peculiaridades do txakoli.A visita ao Txakolingunea inclui ainda uma coisa muito estimulante: noções básicas de degustação para poder exercitar esse espírito enólogo que todos têm dentro de si. Existe a possibilidade de realizar visitas guiadas com hora marcada que finalizam com uma degustação. O txakoli que é produzido em Bakio desde o final do século XIV pertence à denominação de origem Bizkaiko Txakolina, uma das três que existem em Euskadi.

Museu do Txakoli, Bakio
Rolhas de garrafas de Txakoli
Descubra mais sobre...