Travel Safe

Conselhos para viajar com segurança
Torrijas com sorvete

Cozinha popular – Doces e receitas da Semana Santa

none

A Semana Santa é uma das festas mais tradicionais da Espanha, e é vivida com especial intensidade nas ruas e (mensagem para gulosos) nas confeitarias. Torrijas, monas de páscoa, bartolillos, pestiños, buñuelos... e muitos outros doces que você pode saborear na Espanha entre março e abril enchem as vitrines das docerias nestes dias. Continue lendo para descobrir como são e onde são mais típicos. P.S.: Não só de doces nós nos alimentamos na Semana Santa. Também propomos alguns pratos de colher típicos desta festa.

TORRIJAS – A merenda perfeita para uma tarde de procissões de Semana Santa

A Semana Santa é tradição, e sua sobremesa mais destacada também. Muitos dizem que sua origem é a deliciosa confeitaria dos conventos e o aproveitamento do pão duro, que era banhado em leite e mel para ficar mais mole e saboroso.  Talvez por seus ingredientes e por sua forma, as torrijas lembrem a você outros doces (como as rabanadas), mas estas possuem um segredo que as torna diferentes e muito espanholas: são fritas em azeite de oliva. Para acabar, são polvilhadas com açúcar ou banhadas em calda, mel ou vinho, conforme o gosto.São o doce mais típico nestes dias, mas sua textura suave e suculenta é tão apreciada que frequentemente são consumidos no café da manhã e no lanche, ou até mesmo como sobremesa. Experimente uma das nossas tradições da Semana Santa: sair para ver as procissões e fazer uma pausa para saborear uma deliciosa torrija.

Torrijas

MONA DE PÁSCOA – O doce da Segunda-Feira de Páscoa

É ícone doce da Semana Santa em quase toda a costa mediterrânea da Espanha. Tem duas variantes especialmente populares. De um lado, a mais tradicional, na Comunidade Valenciana e na Região de Múrcia, que é uma massa de brioche doce coroada com ovos duros. Por outro, a mais famosa, na Catalunha, onde ovos de chocolate ou pitorescas figuras de chocolate decoram o pão doce. De fato, muitas vitrines de confeitarias praticamente se transformam em museus do chocolate onde são expostas surpreendentes elaborações.Você poderá provar a mona durante toda a festa, principalmente nas regiões das Ilhas Baleares, Catalunha, Comunidade Valenciana e Região de Múrcia. No entanto, a tradição é comê-la para celebrar a Segunda-Feira de Páscoa. O doce representa o fim da abstinência que acompanha a festa religiosa e muitas vezes é consumido em família, já que é um costume que os avós ou padrinhos deem monas de presente para seus netos ou afilhados.

Mona de Páscoa

PESTIÑOS, BUÑUELOS, LECHE FRITA, FLORES DE CUARESMA... - Um doce novo para cada dia

Além da torrija e da mona de Páscoa, na Semana Santa existem muitos doces para provar. A maioria deles são pequenos e feitos de massa de farinha frita e adoçada com mel (por exemplo, os pestiños, muito populares na Andaluzia), açúcar (como os buñuelos) ou recheios de creme (assim são os bartolillos, próprios da culinária de Madri). Você também verá uma massa frita crocante e delicada com formato de flores, que são enfeitadas com açúcar e chocolate (embora você possa prová-las em todo o país, são mais típicas em Castilla – La Mancha, Castilla y León, Extremadura e Galícia), ou as roscas de Semana Santa, com aroma e sabor de anis (um autêntico clássico para degustar enquanto você assiste às procissões na Andaluzia). No norte da Espanha, nestes dias é muito comum comer “leche frita” de sobremesa.

Leche frita

PRATOS DE COLHER – Receitas tradicionais que retornam na Semana Santa

A Semana Santa é uma festa religiosa, e o catolicismo limitou historicamente o consumo de carne durante estes dias. Assim, muitos restaurantes e lares recuperam receitas tradicionais de sempre que não utilizam carne. São recomendáveis duas muito populares: o potaje de vigilia e a sopa castelhana ou de alho. A primeira é um ensopado de legumes com espinafre, ovo duro e bacalhau. A segunda é típica principalmente do norte da Espanha, e em muitos lugares de Castilla y León a tradição é comê-la na madrugada da Sexta-Feira Santa.

Sopa castelhana
Descubra mais sobre...