Atualidade COVID-19

Conselhos para viajar com segurança
Rua Larios, em Málaga

Compras na Espanha: o que você vai encontrar

none

Você vem para a Espanha? É recomendável reservar uma parte de sua viagem para fazer compras. Moda, artesanato, produtos gastronômicos, decoração... Variedade, qualidade e singularidade com amplos horários e zonas específicas. Este é o ‘ABC’ da ‘experiência shopping na Espanha.

Deixe-se impressionar pelas vitrines das grandes marcas de luxo; absorva os cheiros e as cores dos mercados tradicionais; descubra os contrastes entre o artesanato popular e o design de vanguarda; percorra ruas e ruelas centrais em busca de música, livros e antiguidades ou aproveite os grandes centros comerciais com todas as comodidades. A experiência de compras na Espanha é tão ampla quanto você possa imaginar. Só tem uma condição: venha com lugar na mala.

Dos centros urbanos aos centros comerciais

Quais são as melhores regiões para fazer compras na Espanha? Como regra geral, em qualquer cidade ou vilarejo que você visitar, o centro lhe oferecerá as melhores opções comerciais. Além disso, nas grandes cidades, costumam existir zonas mais ou menos específicas conforme suas preferências: as ‘mecas’ do luxo (como o bairro de Salamanca, em Madri, ou o Paseo de Gracia, em Barcelona), as zonas mais alternativas e modernas em design e moda (o Soho malaguenho ou Malasaña, em Madri) ou as áreas ocupadas pelo comércio tradicional (os arredores da Praça Redonda, em Valência, ou o bairro Gótico de Barcelona) e de artesanatos (como o bairro sevilhano de Triana). Outra possibilidade, especialmente se você procura moda e complementos, perfumaria e cosméticos, ou tecnologia é ir a algum dos grandes centros comerciais existentes em muitas cidades.

Eixo comercial de Barcelona

Os shopping centers costumam ter amplos horários e lojas de todos os tipos (entre elas as principais redes de moda espanholas e internacionais), além de serviços como estacionamento (pago ou gratuito, conforme o caso), boas conexões de transporte público, restaurantes e até mesmo, em alguns casos, atividades infantis para distrair as crianças no dia de compras. Em cidades como Madri ou Barcelona, existem também grandes superfícies deste tipo dedicadas exclusivamente a outlets: conhecidas marcas de moda e decoração, com preços aptos para todos os bolsos.

Feiras de rua

Fique sabendo também quais as feiras de rua que você pode visitar em seu destino. Quase todas as cidades espanholas realizam um ou mais destes mercados de forma semanal ou mensal. Seu encanto se encontra não apenas nas compras que você pode fazer (alguns deles são temáticos e outros oferecem uma combinação infinita de roupa, complementos, arte, decoração, antiguidades e produtos gastronômicos), mas também em deixar-se invadir pelo seu ambiente agitado, frequentemente festivo e com a presença de músicos ou artistas de rua. Os exemplos são muitos: o célebre Rastro, em Madri; Els Encants (La Fira de Bellcaireel), em Barcelona; La Alcaicería, em Granada; Las Dalias, em Ibiza; a feira das quintas-feiras, em Sevilha; o Rastro de Mestalla, em Valência…

Tecidos em uma feira de rua

Moda, gastronomia e artesanato

Do “onde” ao “o que”: O que lhe recomendamos levar da sua viagem ao nosso país? Moda, artesanato e produtos gastronômicos estão no pódio, embora a escolha dependa dos seus gostos e, muito importante, dos lugares concretos por onde você passe: é tanta diversidade que nós sugerimos que você consulte o que é mais típico da região para onde você vai viajar antes de planejar suas compras.

Ruas do bairro madrilenho de Malasaña

Moda e complementos

Uma coisa é certa: você não vai se arrepender de apostar na moda e nos complementos made in Spain. Desde marcas exclusivas com selo espanhol e prestígio internacional até o pret-à-porter que a Espanha exporta a meio mundo e que você vai poder levar diretamente da sua terra natal. Além disso, se você se considera um caçador de tendências, dê uma volta pelos bairros da moda das grandes cidades (Malasaña em Madri, Raval ou Gràcia em Barcelona, Russafa em Valência, o Soho de Málaga...), nos quais os designers locais dirigem pequenas lojas onde você pode adquirir peças originais e únicas. Se você procura uma lembrança mais tradicional, não se esqueça que cada região tem peças típicas: desde a ultra-conhecida moda flamenca da Andaluzia, com seus folhos e seu colorido, a brancura do ‘adlib’ de Ibiza ou as peças de seda valenciana, até a txapela (boina) basca, a típica faixa do San Fermín navarro ou a parpusa (boina) dos ‘chulapos’ madrilenhos.

Artesanato em Barcelona

A meio caminho entre a moda e o artesanato, muitas regiões da Espanha se destacam por sua manufatura de pele ou couro: mochilas, bolsas, cintos, calçados ou objetos de couro são boas opções para suas compras em grande parte do território espanhol, como Andaluzia ou Castilla-La Mancha, entre outras. E que tal uma peça de decoração? A cerâmica de Talavera de la Reina (em Toledo, Castilla-La Mancha, declarada Patrimônio Cultural Imaterial da Unesco), as de Sargadelos (em Lugo, Galícia), Manises (Valência) e Úbeda (Jaén, Andaluzia), ou os damasquinados de Toledo (Castilla-La Mancha) são algumas das expressões de artesanato mais populares na Espanha; você poderá comprá-las na forma de vasilhas, objetos decorativos ou também bijuteria. Outros produtos artesanais que você pode adquirir em nosso país com a certeza de que está levando uma coisa típica e com personalidade são os trabalhos em vime (cestas, decoração, luminárias...) da Comunidade Valenciana, os de esparto (de bolsas até tapetes) de Castilla-La Mancha ou os de madeira de Boj (tigelas, tamancos...), de Navarra.

Cerâmica de Sargadelos

Culinária

A seção gastronômica merece um capítulo à parte. Porta-bandeira da conhecida como dieta mediterrânea, a culinária espanhola, sem dúvida, vai inspirá-lo na hora de fazer suas compras quando você viajar ao nosso país. De região em região, são infinitas as possibilidades para que você encha a mala com o sabor da cozinha espanhola, começando pelo jamón (presunto cru) ibérico de qualquer uma das quatro denominações de origem existentes (Dehesa de Extremadura, Guijuelo, Jamón de Huelva e Los Pedroches); ou as deliciosas variedades de queijo segundo a região: manchego (Castilla-La Mancha), cabrales (Astúrias), torta del Casar (Estremadura) ou Idiazábal (País Basco e Navarra), entre muitos outros. Não podem faltar nesta lista o vinho (embora os mais famosos sejam o La Rioja e o Ribera del Duero, quase qualquer região da Espanha conta com uma denominação de origem que deixará você surpreso) e o azeite de oliva, o “ouro líquido” mediterrâneo. E acrescente em sua lista as bebidas tradicionais (como as aguardentes galegas ou o txacolí basco), os doces (torta de Santiago na Galícia, frutas cristalizadas em Aragón, mel de Castilla-La Mancha...) ou algumas conservas (aspargos de Navarra ou anchovas da Cantábria, entre outras).

Moça degustando vinhos

Embora não existam restrições ao porte de alimentos entre países da UE, consulte o regulamento existente se o seu retorno for para qualquer país extra-comunitário. (Consulte as informações do aeroporto de destino para comprovar se você pode levar comida na bagagem despachada, bem como as restrições de peso, processamento, apresentação, etc.).

Compras com experiências

Se, além disso, você quer somar um valor acrescentado à sua experiência de compra, pode integrar o shopping em qualquer uma das inúmeras atividades associadas que você encontrará ao seu alcance em nosso país. E se você contratar os serviços de um personal shopper para suas compras? Especialmente nas grandes cidades, você pode contar com a ajuda destes profissionais para que lhe assessorem e guiem pelas melhores lojas de moda e decoração ou pelos show rooms mais exclusivos.Antes de escolher um vinho, um queijo ou uma especialidade de azeite, você gostaria de prová-los? Na Espanha, você pode ir a degustações destes e de outros tipos de produtos para entender e aprender a avaliar suas características e decidir com qual de todas as variedades você quer ficar. Também é uma boa opção levar uma lembrança do patrimônio artístico, cultural ou histórico da Espanha aproveitando as lojas associadas a museus ou exposições, ou comprar os objetos de cerâmica ou couro nas próprias oficinas tradicionais onde são fabricados, apreciando in situ o trabalho artesanal. Você só precisa procurar o que mais gosta em cada destino: as possibilidades são infinitas.

Experiências gastronômicas

Conselhos básicos

Antes de entrar de cabeça no mundo das compras em nosso país, algumas recomendações básicas:


- Uma das coisas que mais surpreende ao fazer compras na Espanha é a amplitude de seus horários. Embora o horário habitual seja de segunda a sábado, das 9:30 às 13:30 horas e das 16:30 às 20 horas, a realidade é que na maioria das zonas turísticas você poderá comprar em faixas muito mais amplas, já que em muitas cidades não existe uma limitação dos horários comerciais.


- Em alguns lugares turísticos, especialmente no litoral em alta temporada, não é raro ver o comércio aberto até depois das 22 horas.


- Os grandes shoppings e lojas de departamento seguem um horário contínuo das 10 às 21 ou 22 horas, inclusive nos domingos, em muitos casos.


- Na Espanha os preços são fixos e não é habitual pechinchar.


- Se você reside fora da União Europeia, pode solicitar a devolução dos impostos das suas compras. Consulte as condições.


- Além disso, na maioria dos comércios, principalmente nas grandes cidades, você pode pagar com cartão.

Descubra mais sobre...