Travel Safe

Conselhos para viajar com segurança Últimas notícias
Turista consultado um mapa perto de Sierra Ferrera com a Peña Montañesa ao fundo, Huesca

Aragón slow driving: roteiros para curtir a estrada

Aragão

Viver intensamente uma viagem. Sem pressa. Sem pressões. Observando cada detalhe através do vidro do carro. Parando em cada mirante. É o que você poderá conseguir em qualquer um dos 16 roteiros para fazer de forma independente que existem nesta região de interior do norte da Espanha. Você vai encontrar desde uma das maiores estepes da Europa até profundos e densos bosques. Você vai conhecer o famoso Mosteiro de Piedra e outros espaços naturais como os Pirineus e o Parque Nacional de Ordesa y Monte Perdido.

  • Vista do canyon Foz de Biniés entre Bedún e Ansó, Huesca

    Roteiros históricos

    Existem vários roteiros pensados para conhecer o passado desta região. Por exemplo, o dos “Reis de Aragón”, que atravessa o território de norte a sul por todas as cidades que foram sendo incorporadas ao antigo reino: Jaca, Huesca, Zaragoza, Daroca e Teruel. O roteiro das “Origens do Reino de Aragón” passa pelos vales verdejantes de Hecho e Ansó, e propõe uma parada no impressionante Mosteiro de San Juan de la Peña, com seu panteão real.

  • Família visitando a vila de Valderrobres na região do Matarraña, em Teruel

    Roteiros culturais

    O que você acha de ir ao encontro de fortalezas no “Roteiro dos Castelos”, passando por lugares como Sos del Rey Católico e Uncastillo? Você também tem a opção de fazer o percurso de “Goya e os vestígios da guerra” seguindo as pegadas de um dos grandes gênios da pintura, que nasceu nesta região da Espanha.Outra opção é adentrar-se nas regiões de Matarraña e Bajo Aragón no roteiro “A Toscana Aragonesa”. Aqui o descanso e o conceito slow ganham todo seu sentido, já que você vai passar por povoados medievais de pedra, onde o melhor a fazer é procurar o prazer do local. Dentro deste roteiro existem percursos interessantes para conhecer a história dos antigos Iberos ou as “bóvedas del frío”: antigos poços de gelo escavados debaixo da terra. 

  • Motociclista com o Moncayo ao fundo, Zaragoza

    Roteiros naturais

    “La Ronda de Ordesa” é um dos roteiros mais impressionantes de todos, já que passa pelas espetaculares paisagens do Parque Natural de Posets-Maladeta e do Parque Nacional de Ordesa y Monte Perdido. Picos de mais de 3.000 metros, incríveis gargantas, glaciares... Sem dúvida, uma das zonas mais bonitas do sul da Europa e que, além disso, conta com pinturas rupestres declaradas Patrimônio Mundial.Mas existem muitos outros, e muito variados. Por exemplo, o roteiro “Segredos dos Pré-Pirineus”, com o Parque Natural da Serra e Canyons de Guara. Por outro lado, o roteiro “Coração do Moncayo” propõe conhecer esta imponente montanha que era chamada pelos romanos de “Mons Caius”. Está rodeada de lendas e conta com um dos faiais mais meridionais da Europa. Você também pode fazer o roteiro “Portos do Silêncio” pela vilas amuralhadas e medievais de Gújar-Javalambre. Ou mudar totalmente de paisagem para se adentrar no “Roteiro do Deserto e das Cartuxas” pela região de Monegros: uma das maiores estepes da Europa, onde a erosão criou formas e cores que parecem de outro planeta. 

  • Jovens de caiaque no lago de Lanuza, em Huesca

    Roteiros esportivos

    Se você quer um lugar com inumeráveis roteiros de trekking ou cicloturismo, seu lugar é o Alto Gállego, com as lindas represas de Lanuza e Búbal. Por aqui passa o roteiro por estrada das “Maravilhas de Tena e do Serrablo”. No percurso você visitará povoados de arquitetura pirenaica. Se estiver viajando em família, é muito recomendável o parque com animais em semiliberdade de Lacuniacha e a espetacular tirolesa de Hoz de Jaca. É a tirolesa dupla mais comprida da Europa e funciona também à noite. Se for inverno, você também pode ir às estações de esqui de Formigal e PanticosaO roteiro “Pirineu Selvagem” propõe se adentrar onde sobrevivem as últimas extensões glaciares dominadas pelo Aneto: La Ribagorza. Aqui você poderá tentar “domar” as águas bravas do rio Esera, praticar esqui alpino na estação de Cerler, fazer montanhismo (existem 45 picos com mais de 3.000 metros de altura), experimentar com a espeleologia na caverna de Alba ou ir a Castejón de Sos, um dos centros de voo de parapente mais importantes da Espanha.

  • Vista de Albarracín, Teruel

    Roteiros por povoados bonitos

    Por exemplo, o percurso dos “Montes Universais” passa por um dos povoados que sempre sai nas listas como um dos mais bonitos da Espanha. Trata-se de Albarracín. Situado no alto de um desnível, passear por suas ruas estreitas de pedra que se abrem para pracinhas charmosas é uma experiência muito aconselhável. Além disso, seu meio natural esconde importantes exemplos de arte rupestre declarados Patrimônio Mundial.

  • Cachoeira no Mosteiro de Piedra, em Nuévalos, Zaragoza.

    Roteiros originais

    O roteiro “Lugares Mágicos de Teruel” propõe planos diferentes, como seguir os passos do genial cineasta Luis Buñuel, descobrir em que consistem as espetaculares Semanas Santas desta região, admirar a beleza das Grutas de Cristal de Molinos ou experimentar como era a vida dos mineiros em Escucha adentrando-se nas profundidades de uma autêntica mina de carvão.O roteiro “Pré-Pirineus Insólitos” propõe um percurso altamente exótico para conhecer duas vilas medievais, uma muralha chinesa, um templo budista, passarelas situadas em uma parede de pedra, um povoado renascentista e um castelo templário em MonzónPor último, não podia faltar o famosíssimo Mosteiro de Piedra que faz parte do “Roteiro da Água e do Mudéjar”. Trata-se de um jardim histórico cheio de cachoeiras dignas de cartão postal. Além disso, nas imediações ficam os bonitos centros termais do século XIX de Alhama de Aragón, perfeitos para concluir um roteiro por estrada de forma relaxada. 

No site slowdrivingaragon.com você vai encontrar informações detalhadas de cada um dos 16 roteiros, incluindo distância, etapas recomendadas, tempo estimado e serviços que você achará no caminho.