Travel Safe

Conselhos para viajar com segurança Últimas notícias
Vista da catedral de Teruel (Teruel, Aragón)

Teruel

Teruel

Erigida em uma montanha no sul de Aragón, Teruel conserva em seu centro histórico um importante legado medieval. A torre da catedral, assim como as de San Salvador, San Martín e San Pedro são as joias de um conjunto monumental mudéjar que foi declarado Patrimônio da Humanidade.

Cidade de lendas graças à célebre história dos amantes de Teruel, este lugar tem muitos encantos, como a praça do Torico, o aqueduto dos arcos e o popular passeio do Óvalo.

E já nos arredores, aparecem referências à Teruel mais moderna, já que lá se situam o Palácio de congressos e o Dinópolis, um parque temático sobre dinossauros. Albarracín, uma vila declarada Monumento Nacional, Mora de Rubielos e outras localidades desta região serão o melhor complemento para sua visita à capital de Teruel.Desde épocas muito antigas, se assentaram diversas civilizações pré-históricas e iberas nas imediações da atual Teruel. O surgimento e o desenvolvimento desta cidade alcançou seu máximo apogeu durante a Idade Média, momento em que o perímetro da vila foi amuralhado, já que se encontrava em terra cristã fronteiriça com o reino muçulmano de Valência.Foi precisamente a influência islâmica que deixou em Teruel e em Aragón o mais importante conjunto monumental mudéjar da Espanha, um estilo que fundiu o gótico com elementos arquitetônicos muçulmanos.As ruas mais centrais da cidade desembocam na praça del Torico, em cujo centro há uma coluna arrematada pela pequena escultura de um touro, que virou o emblema da cidade. Em torno da praça podem ser admiradas várias fachadas modernistas do princípio do século XX, como a Casa Ferrán e La Madrileña. Muito perto fica a Casa de la Comunidad (séc. XVI), uma bonita edificação renascentista que foi a antiga sede da Câmara Municipal e que na atualidade é onde funciona o Museu Provincial. No interior deste recinto estão expostos diversos achados arqueológicos e uma coleção de cerâmica regional.Outra interessante amostra de pinturas é a que está guardada no Museu Diocesano, situado no Palácio Episcopal (séculos XVI a XVII).Para conhecer o patrimônio mudéjar de Teruel é preciso visitar a Catedral, construída no século XIII sobre uma igreja anterior e da qual se destaca a torre quadrada com decoração de cerâmica. No interior do recinto da catedral, chama a atenção a rica ornamentação de seu artesoado mudéjar, um dos mais importantes que são conservados no país.Sobre o perfil da cidade destacam-se outras torres mudéjares de grande interesse turístico. Na Calle Nueva levanta-se a de San Salvador, com sua fachada de tijolo, arcadas duplas e rica decoração com detalhes cerâmicos.São quase idênticas à anteriormente mencionada a torre da igreja de San Martín (séc. XIV) e a de San Pedro. Uma capela da igreja de San Pedro faz referência à famosa história dos amantes de Teruel. Diz a lenda que, no século XIII, os jovens Diego e Isabel morreram por causa de um amor impossível. Dois sepulcros com as figuras esculpidas dos amantes, feitas por Juan de Ávalos, acolhem os corpos mumificados dos amantes.Pelas ruas onde em outra época se erguiam as muralhas da cidade aparecem novas surpresas para o visitante, como o aqueduto dos arcos, uma construção do século XVI que atravessa o barranco que corta a cidade, ou a pitoresca imagem neomudéjar do Paseo del Óvalo. Saindo da parte histórica aparecem referências à Teruel mais moderna. Na parte nova vale a pena ir até o Parque de los Fueros de Aragón, sem esquecer de visitar o moderno Palácio de Congressos e o Dinópolis, um parque temático sobre dinossauros.Culinária e arredoresA culinária de Teruel tem sua principal fonte de inspiração no porco, do qual são extraídos embutidos e excelentes presuntos crus protegidos com a Denominação de Origem Jamón de Teruel. São típicos também as migas (à base de pão e carne de porco), as sopas de alho e o cordeiro assado ou ternasco, também com Denominação de Origem. De Alcañiz e da ribeira do Jiloca são próprias as longanizas (uma variedade de linguiça) e a perdiz escabechada. Entre os doces, ceba mencionar os deliciosos suspiros de amante (sobremesa feita à base de queijo e ovo). Como alternativa, você pode saborear os pêssegos de Calanda.Junto à capital se situam lugares históricos como Albarracín, declarada Monumento Nacional. Este povoado conta com um interessante conjunto de ruelas medievais e muralha. Outra vila de interesse é Mora de Rubielos, cujo patrimônio medieval mereceu a declaração de Conjunto Histórico-Artístico. Monreal del Campo, Gea de Albarracín e Alcalá de la Selva completam o percurso pelos arredores da capital.Na hora de procurar acomodação, Teruel oferece a possibilidade de pernoitar no Parador de Teruel, um palacete de inspiração mudéjar situado nos arredores da capital. No nordeste da província, em plena serra do Maestrazgo, situa-se o Parador de Alcañiz, em um castelo-convento dos séculos XII a XIII. 

Não deixe escapar

O que visitar


Selecione na lista ou navegue pelo mapa para descobrir os pontos de interesse.

Agenda

Exposições, festivais, esportes...


Consulta alguns dos eventos mais relevantes que você poderá aproveitar no destino.