Travel Safe

Conselhos para viajar com segurança Últimas notícias
Palácio de Cristal, no Parque El Retiro de Madri

Paisagem da Luz: Patrimônio Mundial no centro de Madri

none

Se em sua viagem a Madri você quer conhecer alguns dos lugares mais interessantes da cidade, não pode faltar uma visita ao Paseo del Prado (entre a praça de Cibeles e a de Carlos V), ao parque de El Retiro e ao bairro de Los Jerónimos. Em julho de 2021, toda esta zona foi declarada Patrimônio Mundial pela UNESCO na categoria de Paisagem Cultural, sob a proposta de “Paisagem da Luz”. Aqui você poderá caminhar pelo primeiro bulevar arborizado da Europa, visitar museus mundialmente conhecidos como o do Prado, descobrir monumentos que são um verdadeiro símbolo madrilenho como a Puerta de Alcalá, ou sentar-se tranquilamente em lugares mágicos como os jardins que rodeiam o Palácio de Cristal. De fato, graças a esta zona, Madri se tornou a primeira paisagem histórica urbana da Europa a ser declarada Patrimônio Mundial. 

  • Exterior do Museu do Prado, em Madri

    Séculos unindo natureza, cultura e ciência

    Um dos motivos pelos quais esta paisagem foi escolhida pela UNESCO é por sua capacidade de reunir em um meio urbano natureza, cultura e ciência. Já no século XVI, Madri se tornou a primeira capital da Europa com uma grande avenida arborizada onde todos os cidadãos (sem distinção de classes) podiam desfrutar do lazer e dar um passeio. Na época do Iluminismo, o Paseo del Prado acolheu diferentes instituições como o Gabinete de História Natural, o Real Jardim Botânico e o Real Observatório de Madri, e foi criado um modelo urbano avançado para aquela época, que se estendeu por outras cidades da Espanha e pela América espanhola. Atualmente, este espaço conta com uma superfície de 190 hectares -dos quais 75% são espaços verdes- e com 21 Bens de Interesse Cultural.  

  • Esquerda: Entrada do Museu Thyssen © JJFarq / Centro: Pátio do Museu Rainha Sofia © ItzaVU / Direita: Estátua de Velázquez no Museu do Prado, Madri

    Museus para todos os gostos

    Caminhando ao longo do Paseo del Prado você vai encontrar três dos museus mais famosos da cidade: o Museu Nacional Centro de Arte Rainha Sofia (se você começar sua visita pela zona da Estação da Arte), o Museu Nacional do Prado e o Museu Nacional Thyssen-Bornemisza Madrid. As Meninas de Velázquez, o Guernica de Picasso, as pinturas negras de Goya... A quantidade de obras de arte mundialmente conhecidas que você vai poder contemplar nestes museus é impressionante.Também nesta área você pode visitar outros museus interessantes, como o Museu Naval, o Museu Nacional de Artes Decorativas, o Museu Nacional de Antropologia, o CaixaForum e seu peculiar jardim vertical...

  • Alguns dos jardins mais bonitos de Madri

    Junto ao Museu do Prado fica o Real Jardim Botânico, que conta com um herbário com mais de um milhão de documentos, um arquivo com cerca de 10.000 desenhos, e 5.000 espécies de plantas vivas. Passear por este jardim é uma delícia e vale a pena ir parando para ver a coleção de bonsais, as esculturas, as estufas... Além disso, ao longo do ano são organizadas atividades interessantes, como exposições fotográficas e passeios musicais à luz da lua.Mas se existe um espaço verde famoso na capital, sem dúvida é o parque de El Retiro. Com uma área de mais de 125 hectares e mais de 15.000 árvores, passar um dia aqui é uma grande experiência. Você pode tentar remar numa barca em seu lago (o Estanque Grande) sob o olhar do monumento a Alfonso XII (que também é um mirante), ver alguma exposição no Palácio de Velázquez ou no Palácio de Cristal, fotografar célebres estátuas como a do Anjo caído ou as espetaculares fontes, maravilhar-se com o roseiral ou com as formas do canteiro francês... Mas, acima de tudo, caminhar e “se perder” por todos os seus cantos para comprovar como madrilenhos e turistas encontram aqui um espaço para fazer esportes e relaxar em plena natureza.

  • Esquerda: Cuesta de Moyano no Parque El Retiro © JJFarq / Direita: Telescópio de Herschel no Real Observatório de Madri © Procy

    Lugares para a leitura e para contemplar o universo

    Por esta zona do Paseo del Prado você também vai achar outros dois lugares que merecem uma parada. Por um lado, e especialmente se você é amante dos livros, vai adorar a Cuesta de Moyano, uma bonita ladeira só para pedestres onde ficam 30 barraquinhas de madeira que vendem livros de filosofia, literatura, arte, ensaio, volumes fora de catálogo, gibis antigos... Costumam organizar sessões de autógrafos com autores e diferentes atividades como leitura de poesias.Por outro lado, é muito recomendável a visita guiada ao Real Observatório de Madri, situado em uma colina junto ao Parque El Retiro. Entre outras joias, conta com a reconstrução do telescópio refletor projetado pelo célebre astrônomo William Herschel.

  • Vista de Madri

    Monumentos e mirantes para a memória

    A toda esta impressionante oferta cultural, é preciso somar o fato de que caminhando por esta zona você vai ver alguns dos lugares e monumentos mais famosos de Madri: as fontes de Netuno e de Cibeles, a prefeitura da cidade (que conta com um grande centro cultural, um restaurante e um mirante com uma das melhores vistas da cidade), a Casa de América, o Congresso dos Deputados, hotéis históricos como o Ritz e o Palace, a igreja de Los Jerónimos, a Bolsa e a Puerta de Alcalá.Esta zona histórica declarada Patrimônio Mundial contribui para demonstrar que Madri é uma das cidades mais interessantes do mundo, e se une aos quatro bens já declarados na região: O Mosteiro de El Escorial, o centro histórico de Alcalá de Henares, a paisagem cultural de Aranjuez e o Hayedo de Montejo. Além disso, a Espanha consolida sua posição como terceiro país do mundo com o maior número de lugares declarados patrimônio, com um total de 49. Venha e deixe-se iluminar pela luz do conhecimento, pela luz dos livros, pela luz do sol passando entre as folhas das árvores e pela luz dos famosos finais de tarde de Madri. Esta luz é para todos. 

Descubra mais sobre...