Travel Safe

Conselhos para viajar com segurança Últimas notícias
Turista em um campo de lavanda

Lugares da Espanha para desfrutar com os cinco sentidos

none

Feche os olhos e imagine por um momento que você está experimentando uma viagem plenamente, com os cinco sentidos. Que lugar da Espanha você acredita que impressionaria mais seu olfato? Um campo repleto de flores, talvez? Que tipo de paisagem você acha que impressionaria mais sua visão? Prepare todos os seus sentidos, porque aqui você vai encontrar diferentes ideias sobre turismo sensorial. Porque viajar deveria ser sempre isso: viver o destino intensamente, de forma consciente, e guardar a lembrança do que você experimentou. 

  • Esquerda: Campo de lavanda de Brihuega, em Guadalajara (Castilla-La Mancha) / Centro: Detalhe de cerejeira em flor / Direita: Laranjeiras perto da Giralda de Sevilha, Andaluzia

    Olfato

    Começando com uma fragrância relaxante como poucas: a lavanda. Na Espanha você vai encontrar os campos mais famosos desta planta em Brihuega (Guadalajara, Castilla – La Mancha). Mais de 1.000 hectares de plantação que, durante o mês de julho, se transformam em um verdadeiro espetáculo sensorial. Inclusive é organizado um festival com shows no fim de tarde no meio dos campos de lavanda. Você gostaria de assistir?Seu olfato certamente também não quer perder outras famosíssimas florações espanholas, como a do Vale do Jerte, onde mais ou menos no final de março florescem mais de um milhão e meio de cerejeiras.Mais lugares para sentir aromas deliciosos? O bairro de Santa Cruz de Sevilha, com a floração das laranjeiras e seu característico cheiro, ou o Museu dos Aromas de Santa Cruz de la Salceda (Burgos, Castilla y León), o único sobre este aspecto existente na Europa.

  • Esquerda: Detalhe do Pente do Vento de Donostia-San Sebastián, em Guipúscoa (País Basco) / Centro: Vista do farol de Finisterre em Corunha, Galícia / Direita: Bufões de Pría, Astúrias

    Audição

    O Pente do Vento”. Pode haver algum título mais sugestivo para uma escultura? Certamente não... Na realidade, trata-se de um grupo de três esculturas de aço de mais de nove toneladas ideadas por Eduardo Chillida. E sua localização? Outra maravilha: onde acaba a cidade de Donostia-San Sebastián e começa o mar, e as ondas batem nas falésias. Você já deve até estar ouvindo.Porque o som do mar nunca decepciona. Você pode também ir conhecer os bufões de Pría (em Astúrias) para escutar os jatos de água que se filtram pela pedra e alcançam uma grande altura. Ou pode ir em busca justamente do contrário: o silêncio. Seguramente você vai encontrá-lo no farol de Finisterre (Corunha, Galícia), o lugar onde os antigos romanos pensavam que acabava o mundo.O sentido da audição também está unido à música, sem sombra de dúvida. Na Espanha, você pode apreciá-la de diferentes maneiras. Desde uma visita ao Palau de la Música de Barcelona até o sapateado em um dos tablados flamencos de uma caverna do Sacromonte, em Granada. E se você quer viver em primeira pessoa uma tradição espanhola com séculos de antiguidade, não perca os sons de qualquer Semana Santa Eles são indescritíveis. 

  • Esquerda: Detalhe do Mercado de San Miguel, em Madri (Comunidade de Madri) / Centro: Entrada de La Boquería, em Barcelona (Catalunha) / Direita: Vista do Mercado Central de Valência, Comunidade Valenciana

    Paladar

    Com certeza depois de muitas de suas viagens você se lembrou de algo do tipo “Como eu comi bem naquele restaurante...". Uma boa experiência gastronômica não se esquece facilmente, e na Espanha você vai poder dar mais de uma boa surpresa ao seu paladar. Você sabia, por exemplo, que o “melhor cozinheiro do mundo” de acordo com “The Best Chef Awards 2021” é o espanhol David Muñoz, que tem vários restaurantes em Madri?Se você quer ficar com água na boca, experimente se perder pelos centros históricos das cidades do País Basco: balcões de bares repletos de pintxos, um mais delicioso que o outro. Ou adentrar-se em algum mercado centenário como o Mercado de San Miguel (Madri), o de La Boquería (Barcelona) ou o Central (Valência). Além de serem construções lindas, a variedade de sabores está garantida.Para falar de vinho, você não pode ir embora sem fazer uma degustação em alguma das vinícolas da Ribera del Duero (em Castilla y León) ou da Ribeira Sacra, com vinhedos nas montanhas e na beira do rio que são únicos.  

  • Esquerda: Vista do Salto do Nervión, entre Burgos (Castilla y León) e Álava (País Basco) / Centro: Pico do Teide, em Tenerife (Ilhas Canárias) / Direita: Vista de Las Médulas, em León (Castilla y León)

    Visão

    Uma maneira de impressionar este sentido é através da cor. E existe uma cor mais bonita do que a de um bonito fim de tarde? A Espanha tem lugares impressionantes para contemplá-los, como a paisagem de Las Médulas (em León), onde a cor avermelhada das montanhas de argila (antigas minas de ouro) se intensifica a esta hora da tarde. Outro lugar idílico para viver um pôr do sol é a vilinha de pescadores de Cadaqués, na Catalunha, um destino conhecido por ter sido inspiração para Dalí.Falando de artistas, poucos prazeres são tão gratificantes para a vista como reparar nos detalhes de uma obra de arte icônica. Experimente ficar na frente do quadro “As Meninas” de Velázquez (Museu do Prado de Madri), do “Guernica” de Picasso (Museu Rainha Sofia de Madri), ou observar os detalhes da decoração de moçárabes de La Alhambra de Granada. Se você prefere impressionar sua visão, viaje até o pico mais alto da Espanha, o Teide (em Tenerife) ou até sua maior cachoeira, o Salto do Nervión, na fronteira entre Burgos e Álava.Os adeptos das redes sociais vão gostar de lugares verdadeiramente “instagramáveis” como a muralha vermelha de Calpe. 

  • Esquerda: Dunas de Maspalomas, em Gran Canaria (Ilhas Canárias) / Centro: Naveta des Tudons, em Menorca (Ilhas Baleares) / Direita: Detalhe de dólmen de Antequera, em Málaga (Andaluzia)

    Tato

    Mergulhar a mão na água fresca de um lago, aproximar o rosto ao calor de uma lareira, acariciar a grama de um prado verdejante... O tato é um sentido imprescindível na hora de viajar. Você pode experimentá-lo também andando descalço em uma praia calorosa ou em dunas impressionantes como as de Maspalomas (em Gran Canaria).Tente sentir a energia de tocar pedras milenares visitando, por exemplo, os Dólmens de Antequera ou a Naveta des Tudons, em Menorca.Certamente, nada melhor para estimular o sentido do tato que receber uma massagem em um centro termal. O de Archena (no espaço natural do Vale do Ricote, em Múrcia) é um dos complexos termais mais antigos da Espanha. Tome um banho cítrico de vitamina C, sinta o agradável calor de pedras vulcânicas sobre sua pele ou relaxe com uma massagem à base de chocolate.E para estimular seu lado mais criativo você pode fazer diversos tipos de workshops artesanais: prateiros, tecedores, ceramistas, tecelões, ebanistas, oleiros... Que tal acariciar o agradável tato de uma famosa manta de Ezcaray? Ou se você fizer uma visita guiada à Real Fábrica de Tapices de Madri para contemplar o trabalho dos tecedores em seu museu vivo?

Venha cheirar, ver, tocar, ouvir e saborear a Espanha. Crie um verdadeiro vínculo emocional durante sua viagem e seja mais consciente de tudo que você experimenta. Um país inteiro está esperando para ser descoberto por você. Você está sentindo?

Descubra mais sobre...