Travel Safe

Conselhos para viajar com segurança
Farol de Illa Pancha, Ribadeo

Viagens inspiradas no significado das cores e suas emoções

none

Disciplinas como a psicologia e o marketing já demonstraram: as cores transmitem emoções. Se senti-las é uma das suas motivações para viajar, por que não preparar suas férias inspirando-se nas suas cores favoritas? Revelamos a você paisagens da Espanha que transmitem emoções através de suas cores. Está em busca de um lugar de calma, segurança e confiança? O azul atrai você. Você prefere destinos de aventuras, com força e atrações? Certamente você gosta do vermelho. Você está comprometido com o meio ambiente e tem um ritmo de vida sereno? O verde é uma boa opção.

PAISAGENS AZUIS: a cor da confiança, da segurança e da estabilidade. Transmite calma

"...E entre tantos azuis celestes, submersos, nossos olhos se perdem, mal adivinhando os poderes do ar, as chaves submarinas.” Cem sonetos de amor, Pablo Neruda.Estar em frente ao mar infinito, que se mistura com o céu no horizonte. Respirar fundo. A paz. Você sabia que praticar ioga ou meditação é cada vez mais frequente nas praias da Costa Branca, na Comunidade Valenciana? As enseadas das ilhas Baleares, com suas águas azul-turquesa, são um claro exemplo de paisagens que transmitem calma. A Costa da Luz (no sul da Andaluzia) tem fama por ter um céu especialmente azul e extensas praias para relaxar. Mesmo se você visitar uma grande cidade como Barcelona, descobrirá imagens panorâmicas onde o azul predomina. Em um dia de céu limpo, suba nos mirantes do bunker do Carmel ou do parque de atrações Tibidabo, e contagie-se com o azul infinito. Essa sensação vai muito além na Galícia. Visite alguns de seus faróis e você vai entender por que, na Antiguidade, o cabo de Fisterra era considerado o fim do mundo.

Costa de Magaluf, Maiorca

PAISAGENS AVERMELHADAS: acor da paixão e da aventura. Transmite força

Você prefere os cenários líricos ou os territórios inexplorados? Se o seu vermelho preferido é o passional, você vai adorar os campos de papoulas que florescem principalmente entre abril e maio. Entre os mais populares estão os da região dos Montes de Toledo (Castilla – La Mancha) e os campos do sul de Álava (País Basco) e do norte de Burgos (Castilla y León).Se seu espírito é mais aventureiro, vai ser atraído pela paisagem avermelhada de Las Médulas (em León, Castilla y León) e pela ilha vulcânica de Lanzarote (Canárias). O primeiro foi uma exploração de mineração a céu aberto da época romana, e hoje em dia o lugar foi declarado Patrimônio Mundial pela UNESCO. A segunda é reserva da biosfera e vai surpreender você com a aparência lunar de seu Parque Nacional de Timanfaya. Um lugar especial, onde a terra se torna avermelhada e que está situado em pleno vulcão.Para terminar, uma delícia vermelha muito urbana e para a qual você vai precisar de um pouco de sorte. Com frequência, especialmente entre os meses de dezembro e janeiro, os finais de tarde de Madri deixam o céu tingido de tonalidades vermelhas, e para apreciá-los em todo seu esplendor, você pode ir a lugares como o jardim de Las Vistillas, o Templo de Debod ou alguns dos mirantes mais populares, como o do Círculo de Belas Artes.

Barrancas de Buruñón ou Gran Canyon de Guadamur, Toledo

PAISAGENS VERDES: a cor da natureza, do sustentável e da vida. Transmite esperança

Você sabia que as regiões da Galícia, Astúrias, Cantábria e País Basco são conhecidas como “Espanha Verde”? O apelido é profundamente descritivo. Sua paisagem é natureza pura, com espaços como a Ribeira Sacra (Galícia), o Parque Nacional Picos de Europa (que se estende entre Astúrias, Cantábria e Castilla y León) e os Valles Pasiegos (Cantábria), lugares onde é praticamente impossível não se conectar com o meio ambiente e se sentir mais vivo.Você pode experimentar facilmente esta sensação de liberdade e conexão com a natureza em qualquer um dos 15 parques nacionais da Espanha. Eles são muito diferentes, mas algumas das paisagens verdes mais espetaculares ficam em Ordesa y Monte Perdido (Aragón), Aigüestortes i Estany de Sant Maurici (Catalunha) e Garajonay (La Gomera, Canárias). Ao visitá-los você certamente vai se lembrar dos versos de Lorca:“Verde que te quero verde, verde vento, verdes galhos.” Romance sonâmbulo, Federico García Lorca.

Estany Llebreta Parque Nacional de Aigüestortes
Descubra mais sobre...