Travel Safe

Conselhos para viajar com segurança
Vista de Morella, Castellón

O Maestrazgo, cinco razões para desconectar

none

Uma pequena escapada. Ou milhares. A região do Maestrazgo é uma opção perfeita para passar dias inesquecíveis.Aqui está uma lista com cinco razões pelas quais você deve fugir para ver, saborear e desfrutar desta região que se encontra entre o leste de Teruel (Aragão) e o norte de Teruel e o norte de Castellón (Comunidade Valenciana).

  • Paisagem característica de Maestrazgo, terras secas, colinas e montanhas

    5Ambiente rural e desconexão

    Pequenos povoados enquadrados em cenários naturais de grande beleza, perfeitos para esquecer o stress diário. Chegar até ali ser-á muito fácil. Por exemplo, de Madri você chegará a Allepuz em menos de quatro horas, uma das cidades localizadas no extremo oeste da região. Você precisará de cerca de duas horas para ir da cidade de Valência até a região sul de Maestrazgo. Enquanto isso, de outra grande cidade como Zaragoza, você também chegará à parte norte em pouco mais de duas horas. Mas o mais próximo de Maestrazgo é sua gente. A hospitalidade que se respira nestes locais é especial, encontrando locais em cada esquina que o fazem sentir-se em casa.  

  • Vista do povoado medieval de Ares del Maestrat, Castellón

    5Cidades únicas

    Em primeiro lugar, devemos diferenciar entre a região de Maestrazgo que podemos encontrar a leste da província de Teruel e as regiões de Alt e o Baix Maestrat, ao norte de Castellón. Assim, você pode fazer sua primeira parada a 1.300 metros de altitude (Villarroya de los Pinares) e acabar se banhando no Mar Mediterrâneo (Vinaroz).Mas esta lista mostra as cidades mais emblemáticas que há séculos faziam parte de um Maestrazgo forjado com base na história e nas lendas.Cantavieja: com um dos conjuntos históricos mais relevantes e chamativos da província, Cantavieja é uma visita muito recomendada. Situa-se à beira de um precipício de pedra calcária e é a capital histórica turolense. De gravuras rupestres a histórias dos templários ou das guerras carlistas. Se for a Cantavieja, não deixe de visitar a Igreja de San Miguel e a famosa Casa del Bayle.Mirambel: Se você está procurando a descrição de um povoado encantador, com certeza encontrará uma foto de Mirambel. A apenas um quarto de hora de carro de Cantavieja e quase na fronteira com Castellón, você encontrará um povoado de filme. De fato, são vários os filmes que ali foram rodados devido à localização e sua arquitetura única.Com pouco mais de 130 habitantes, este povoado amuralhado parece que parou no tempo, convidando-o a desconectar-se passeando por suas ruas de pedra ladeadas por palácios como o dos Aliaga ou os Castellot.Ares del Maestrat (ou do Mestre): pitoresco, essa é a palavra que define esta localidade castellonense de onde, segundo conta a história, Jaime I iniciou a conquista do Reino de Valência.Enquanto você chega, vai querer parar em uma curva para tirar uma foto deste enclave espetacular. Apesar de que se de fora é chamativo, você só tem de se deixar levar por suas ruas para descobrir joias como a Igreja da Verge de l'Assumpció, as ruínas de seu castelo templário ou a Torre Beltrans.Morella: ainda que atualmente se encontre na região castellonense de Els Ports, Morella é uma joia do Maestrazgo que você não pode perder. Desde 2013 faz parte dos povoados medievais mais bonitos da Espanha.Com um clima mediterrâneo, mas de alta montanha, converte-se em um roteiro perfeito para apaixonar-se por este povoado durante todo o ano. Suas muralhas, seu castelo e sua espetacular Igreja de Santa María, fazem de Morella um destino ao qual ir e voltar tantas vezes quanto quiser.

  • Queijo de Tronchón típico de Maestrazgo

    5Gastronomia

    Se alguma coisa é preciso destacar, mais além da cozinha tradicional desta zona, são os produtos autóctones e de qualidade que fazem de cada receita um festival de sabores.O presunto e o queijo de tronchón servem para abrir o apetite, apesar de que suas famosas conservas em óleo acompanhadas de pão de trigo feito em forno de lenha também serviriam.Se você gosta dos pratos de colher, você está no lugar idôneo. Panelas, caldos, ensopados e cozidos irão aquecê-lo, e muito mais se você saboreá-los com um bom vinho da região. Além disso, a caça (cordeiro), a pesca (truta) e a coleta de cogumelos fazem de cada refeição um momento de desfrute.E no que diz respeito aos tradicionais pastéis do Maestrazgo, massas, sorvetes e sabores como mel de anis ou alecrim, farão você se levantar da mesa pensando na próxima refeição. 

  • Castelo templário de Santa Magdalena de Pulpis em Castellón

    5História e tradições

    Iberos, celtas, romanos, muçulmanos e cristãos. Todas estas culturas deixaram a sua marca na sua passagem por esta região, deixando um importante patrimônio histórico. Em 1131 foi instituída a Ordem do Templo na região, marcando assim as suas tradições e festas.Se você vem na primavera encontrará romarias como a de Villarluengo (finais de abril) ou Castellote (início de maio), sendo o verão o melhor momento para suas festas populares.No inverno, apesar do frio, as grandes fogueiras que se fazem em homenagem a San Antonio Abad, unidas à bênção de animais e à distribuição de massas, atraem locais e turistas, desfrutando de uma noite mágica junto ao fogo.

  • Caminho dos pilares em Allepuz, Teruel

    5Território de aventuras

    As incríveis paisagens que oferece o Maestrazgo criam o cenário perfeito para praticar caminhada por rotas como o caminho de Los Pilones ou até o nascimento do rio Pitarque. Mas também há espaço para os amantes da adrenalina.Libere tensões fazendo rafting no rio Guadalope, desfrutando do trekking aquático em Castellote ou adentrando-se na rocha enquanto você pratica a espeleologia em cavernas como a da Boca Negra ou La Sima de la Rama (Fortanete).

Descubra mais sobre...