Travel Safe

Conselhos para viajar com segurança
Turista no Arco do Triunfo, em Barcelona

Barcelona em dois dias

Barcelona

Um fim de semana em uma das cidades mais famosas do mundo

A ampla oferta cultural e de lazer faz com que Barcelona seja uma das cidades mais visitadas do mundo. De fato, como bom destino cosmopolita, praticamente qualquer plano é bem-vindo em Barcelona. Se você estiver visitando pela primeira vez, talvez queira aproveitar para viver um fim de semana conhecendo o mais fundamental e empapar-se do agito da cidade para voltar no futuro. A verdade é que dois dias são pouco tempo para percorrê-la, mas vamos tentar.

Dia 1

O centro antigo da cidade, a Barcelona marítima e as vistas de cima do Montjuïc são o eixo do nosso primeiro dia em Barcelona.

Distância:9.5Km

Passeio pelo centro histórico

Na primeira hora da manhã, comece tomando o café da manhã pela área com mais encanto de Barcelona, o bairro Gótico (nele há diversas chocolatarias e confeitarias tradicionais!), e perder-se pelas ruelas da Barcelona das épocas romana e medieval. Dê um passeio percorrendo e contemplando a Plaza del Rey, a Catedral, a Igreja de Sant Felip Neri, os palácios da Generalitat e do Ajuntament ou a Igreja de Santa María del Pi. Você encontrará lugares que parecem saídos de um conto de fadas, como a linda Puente del Bisbe, que une a Generalitat com a Casa dels Canonges. De lá você pode acessar a rua mais famosa da cidade: Las Ramblas, 1.200 metros que nenhum visitante de Barcelona pode perder. Mesas ao ar livre, artistas de rua, floristas e quiosques o acompanharão no caminho e, à medida que você avance, irá encontrando alguns lugares muito conhecidos como o Mercado de la Boquería (você tem vontade de fazer um workshop de cozinha espanhola?), a Plaza Real e o Gran Teatre del Liceu. Quando Las Ramblas chegam ao mar, você verá o icônico Mirador de Colom, onde você pode subir para ver Barcelona de cima.

 Bairro Gótico de Barcelona

Almoço com vista para o mar e teleférico para Montjuïc

No final de La Ramblas você chegará à zona conhecida como Port Vell (porto velho). Se você seguir caminhando através do Moll de la Fusta (cais de madeira), contemplará esculturas contemporâneas, barcos fundeados... Até chegar à praia da Barceloneta. Aproveite para reservar mesa em algum dos restaurantes da área especializados em paellas, fideuá e frutos do mar. E se for em um terraço com vista para o mar, melhor! Além disso, se o tempo estiver bom e você se animar, pode até dar um mergulho no Mediterrâneo.Se sobrou tempo antes do jantar e você quer ter uma vista privilegiada do porto e da cidade, uma opção para passar a tarde pode ser subir a montanha de Montjuïc. É fácil chegar pela estação de metrô Paral·lel, com o funicular e o teleférico. Lá ficam o Museu Nacional d'Art de Catalunya e a Fundació Joan Miró.Se você tiver pouco tempo, opte por um pequeno passeio pelo bonito Parc de la Ciutadella, o pulmão de Barcelona.

Vista do teleférico para o Montjuïc, em Barcelona

Fontes Mágicas e jantar no Raval ou no Born

Se você foi até Montjuïc, aproveitando que você está por esta zona, você certamente vai gostar de presenciar à noite o espetáculo de luzes, música e água da Fonte Mágica de Montjuïc (conforme a época do ano, costuma ocorrer entre as 20:00 e as 22:00 h.).Na hora de jantar, pode ir até o Born, bairro encantador e cheio de gente cool, que conta com outros pontos fortes da cidade, como o Museu Picasso ou a Igreja de Santa María del Mar. Sem dúvida, ideal para jantar e tomar o primeiro drinque.

A Catedral do Mar em Barcelona
Visitas imprescindíveis

O que ver


Dia 2

O modernismo e, mais concretamente, a obra de Antoni Gaudí serão os grandes protagonistas do nosso segundo dia em Barcelona.

Distância:9.5Km

Manhã na Casa Batlló e La Pedrera

Podemos começar hoje nosso caminho na Plaza de Catalunya, tomar o café da manhã com o típico pa amb tomàquet (pão com tomate) e chegar em menos de 10 minutos à Casa Batlló, em pleno Passeig de Gràcia. A Casa Milà ou La Pedrera fica um pouco mais adiante, na esquina com a Calle de Provença. O exterior destes dois edifícios modernistas, projetados por Gaudí e declarados Patrimônio Mundial pela UNESCO, já chamará sua atenção. Mas, se você tiver tempo, é recomendável também visitar seu interior para aprender ainda mais sobre a imaginação e as formas impossíveis de Gaudí.Aliás, para descobrir tudo sobre o modernismo catalão, você pode fazer o roteiro Barcelona Walking Tours Modernisme pelo Quadrat d'Or. E já que você está no Passeig de Gràcia... aproveite para fazer alguma compra! Nele ficam algumas das lojas de marca mais exclusivas da cidade.

Casa Batlló

Sagrada Família: o ícone indiscutível de Barcelona

O Roteiro Azul do Barcelona Bus Turístic tem uma parada na frente deste monumento declarado Patrimônio Mundial pela UNESCO. É recomendável reservar seu ingresso com antecedência. Estamos em um momento muito especial da viagem, já que vamos conhecer um grande símbolo da arquitetura mundial e a obra mais famosa de Gaudí. Embora sua construção ainda continue desde que teve início, em 1882, (está prevista sua finalização em 2026), vale a pena subir ao alto de suas originais torres e contemplar a magnífica vista de Barcelona. Uma curiosidade: você sabia que aqui está enterrado o próprio Gaudí, que morreu atropelado por um bonde?

Interior da Sagrada Família

Almoço em Gràcia e Park Güell

O mesmo Roteiro Azul do Bus Turístic também pode nos levar até o Park Güell. Mas antes, podemos fazer uma parada no bairro de Gràcia para almoçar. É uma das zonas mais carismáticas de Barcelona. Costuma dizer-se que aqui a vida é “muito de bairro”, a atmosfera é boa entre os vizinhos e, junto aos bares e restaurantes de sempre, abriram lojas de novos designers e bares e restaurantes multiculturais.Depois de almoçar, o melhor é dar um passeio pelo Park Güell, também obra de Gaudí e Patrimônio Mundial e um dos melhores lugares para admirar o entardecer. Você certamente vai querer tirar fotos na Escadaria do Dragão, na Sala Hipóstila, com a vista panorâmica da cidade ao fundo... O próprio parque oferece visitas guiadas de 50 minutos em vários idiomas se você quiser que lhe contem todos os seus segredos.

Parc Güell, em Barcelona

Jantar gourmet

Para acabar a viagem em grande estilo, e se você gosta da alta cozinha, pode fazer uma extravagância e ir a algum dos restaurantes da cidade mais conhecidos, vários deles na zona do Eixample: Lasarte, Moments, Caelis, Hofmann, Disfrutar, Cinc Sentits, Tickets, Via Veneto... São muitos para escolher. Se não, também pode acabar no Port Vell aproveitando a brisa do Mediterrâneo e se divertindo em algum local no Maremàgnum.

Vista aérea do Passeig de Lluis Companys, em Barcelona

Bonus track

É difícil encaixar em dois dias tudo que é preciso ver em Barcelona. Por isso, se você conta com um pouco mais de tempo (por exemplo, uma sexta-feira à tarde se você tiver um fim de semana completo), não resistimos a recomendar-lhe outros dois pontos um pouco mais afastados do centro, mas muito interessantes.O primeiro plano consiste em pegar o funicular que leva até a montanha do Tibidabo, onde fica o parque de atrações de Barcelona e é perfeito se você estiver viajando com crianças. O segundo plano, um pouco menos conhecido, porém mais original, principalmente entre os mais jovens, é ir até os bunkers do Carmel, o lugar que para muitos, apesar de ser um pouco afastado, é o melhor mirante de Barcelona. As linhas de ônibus V17, 24, 92, 114 e 119 deixam perto, mas você vai ter que caminhar uns 10 minutos. Imprescindível para ver como a cidade vai se iluminando ao entardecer!E não nos esquecemos dos fãs de futebol. Se além de planos culturais, sua intenção é conhecer por dentro o estádio do FC Barcelona, o Camp Nou, o tour Camp Nou Experience inclui visita ao museu, zona de troféus, túnel de jogadores, área de imprensa...

Monte Tibidabo, em Barcelona
Visitas imprescindíveis

O que ver