Atualidade COVID-19

Conselhos para viajar com segurança
Turista no Arco do Triunfo, em Barcelona

Barcelona em dois dias

Barcelona

Um fim de semana em uma das cidades mais famosas do mundo

A ampla oferta cultural e de lazer faz com que Barcelona seja uma das cidades mais visitadas do mundo. De fato, como bom destino cosmopolita, praticamente qualquer plano é bem-vindo em Barcelona. Se você estiver visitando pela primeira vez, talvez queira aproveitar para viver um fim de semana conhecendo o mais fundamental e empapar-se do agito da cidade para voltar no futuro. A verdade é que dois dias são pouco tempo para percorrê-la, mas vamos tentar.

Dia 1

O centro antigo da cidade, a Barcelona marítima e as vistas de cima do Montjuïc são o eixo do nosso primeiro dia em Barcelona.

Distância:9.5Km

Passeio pelo centro histórico

Na primeira hora da manhã, comece tomando o café da manhã pela área com mais encanto de Barcelona, o bairro Gótico (nele há diversas chocolatarias e confeitarias tradicionais!), e perder-se pelas ruelas da Barcelona das épocas romana e medieval. Dê um passeio percorrendo e contemplando a Plaza del Rey, a Catedral, a Igreja de Sant Felip Neri, os palácios da Generalitat e do Ajuntament ou a Igreja de Santa María del Pi. Você encontrará lugares que parecem saídos de um conto de fadas, como a linda Puente del Bisbe, que une a Generalitat com a Casa dels Canonges. De lá você pode acessar a rua mais famosa da cidade: Las Ramblas, 1.200 metros que nenhum visitante de Barcelona pode perder. Mesas ao ar livre, artistas de rua, floristas e quiosques o acompanharão no caminho e, à medida que você avance, irá encontrando alguns lugares muito conhecidos como o Mercado de la Boquería (você tem vontade de fazer um workshop de cozinha espanhola?), a Plaza Real e o Gran Teatre del Liceu. Quando Las Ramblas chegam ao mar, você verá o icônico Mirador de Colom, onde você pode subir para ver Barcelona de cima.

 Bairro Gótico de Barcelona

Almoço com vista para o mar e teleférico para Montjuïc

No final de La Ramblas você chegará à zona conhecida como Port Vell (porto velho). Se você seguir caminhando através do Moll de la Fusta (cais de madeira), contemplará esculturas contemporâneas, barcos fundeados... Até chegar à praia da Barceloneta. Aproveite para reservar mesa em algum dos restaurantes da área especializados em paellas, fideuá e frutos do mar. E se for em um terraço com vista para o mar, melhor! Além disso, se o tempo estiver bom e você se animar, pode até dar um mergulho no Mediterrâneo.Se sobrou tempo antes do jantar e você quer ter uma vista privilegiada do porto e da cidade, uma opção para passar a tarde pode ser subir a montanha de Montjuïc. É fácil chegar pela estação de metrô Paral·lel, com o funicular e o teleférico. Lá ficam o Museu Nacional d'Art de Catalunya e a Fundació Joan Miró.Se você tiver pouco tempo, opte por um pequeno passeio pelo bonito Parc de la Ciutadella, o pulmão de Barcelona.

Vista do teleférico para o Montjuïc, em Barcelona

Fontes Mágicas e jantar no Raval ou no Born

Se você foi até Montjuïc, aproveitando que você está por esta zona, você certamente vai gostar de presenciar à noite o espetáculo de luzes, música e água da Fonte Mágica de Montjuïc (conforme a época do ano, costuma ocorrer entre as 20:00 e as 22:00 h.).Na hora de jantar, pode ir até o Born, bairro encantador e cheio de gente cool, que conta com outros pontos fortes da cidade, como o Museu Picasso ou a Igreja de Santa María del Mar. Sem dúvida, ideal para jantar e tomar o primeiro drinque.

A Catedral do Mar em Barcelona
Visitas imprescindíveis

O que ver


Dia 2

O modernismo e, mais concretamente, a obra de Antoni Gaudí serão os grandes protagonistas do nosso segundo dia em Barcelona.

Distância:9.5Km

Manhã na Casa Batlló e La Pedrera

Podemos começar hoje nosso caminho na Plaza de Catalunya, tomar o café da manhã com o típico pa amb tomàquet (pão com tomate) e chegar em menos de 10 minutos à Casa Batlló, em pleno Passeig de Gràcia. A Casa Milà ou La Pedrera fica um pouco mais adiante, na esquina com a Calle de Provença. O exterior destes dois edifícios modernistas, projetados por Gaudí e declarados Patrimônio Mundial pela UNESCO, já chamará sua atenção. Mas, se você tiver tempo, é recomendável também visitar seu interior para aprender ainda mais sobre a imaginação e as formas impossíveis de Gaudí.Aliás, para descobrir tudo sobre o modernismo catalão, você pode fazer o roteiro Barcelona Walking Tours Modernisme pelo Quadrat d'Or. E já que você está no Passeig de Gràcia... aproveite para fazer alguma compra! Nele ficam algumas das lojas de marca mais exclusivas da cidade.

Casa Batlló

Sagrada Família: o ícone indiscutível de Barcelona

O Roteiro Azul do Barcelona Bus Turístic tem uma parada na frente deste monumento declarado Patrimônio Mundial pela UNESCO. É recomendável reservar seu ingresso com antecedência. Estamos em um momento muito especial da viagem, já que vamos conhecer um grande símbolo da arquitetura mundial e a obra mais famosa de Gaudí. Embora sua construção ainda continue desde que teve início, em 1882, (está prevista sua finalização em 2026), vale a pena subir ao alto de suas originais torres e contemplar a magnífica vista de Barcelona. Uma curiosidade: você sabia que aqui está enterrado o próprio Gaudí, que morreu atropelado por um bonde?

Interior da Sagrada Família

Almoço em Gràcia e Park Güell

O mesmo Roteiro Azul do Bus Turístic também pode nos levar até o Park Güell. Mas antes, podemos fazer uma parada no bairro de Gràcia para almoçar. É uma das zonas mais carismáticas de Barcelona. Costuma dizer-se que aqui a vida é “muito de bairro”, a atmosfera é boa entre os vizinhos e, junto aos bares e restaurantes de sempre, abriram lojas de novos designers e bares e restaurantes multiculturais.Depois de almoçar, o melhor é dar um passeio pelo Park Güell, também obra de Gaudí e Patrimônio Mundial e um dos melhores lugares para admirar o entardecer. Você certamente vai querer tirar fotos na Escadaria do Dragão, na Sala Hipóstila, com a vista panorâmica da cidade ao fundo... O próprio parque oferece visitas guiadas de 50 minutos em vários idiomas se você quiser que lhe contem todos os seus segredos.

Parc Güell, em Barcelona

Jantar gourmet

Para acabar a viagem em grande estilo, e se você gosta da alta cozinha, pode fazer uma extravagância e ir a algum dos restaurantes da cidade mais conhecidos, vários deles na zona do Eixample: Lasarte, Moments, Caelis, Hofmann, Disfrutar, Cinc Sentits, Tickets, Via Veneto... São muitos para escolher. Se não, também pode acabar no Port Vell aproveitando a brisa do Mediterrâneo e se divertindo em algum local no Maremàgnum.

Vista aérea do Passeig de Lluis Companys, em Barcelona

Bonus track

É difícil encaixar em dois dias tudo que é preciso ver em Barcelona. Por isso, se você conta com um pouco mais de tempo (por exemplo, uma sexta-feira à tarde se você tiver um fim de semana completo), não resistimos a recomendar-lhe outros dois pontos um pouco mais afastados do centro, mas muito interessantes.O primeiro plano consiste em pegar o funicular que leva até a montanha do Tibidabo, onde fica o parque de atrações de Barcelona e é perfeito se você estiver viajando com crianças. O segundo plano, um pouco menos conhecido, porém mais original, principalmente entre os mais jovens, é ir até os bunkers do Carmel, o lugar que para muitos, apesar de ser um pouco afastado, é o melhor mirante de Barcelona. As linhas de ônibus V17, 24, 92, 114 e 119 deixam perto, mas você vai ter que caminhar uns 10 minutos. Imprescindível para ver como a cidade vai se iluminando ao entardecer!E não nos esquecemos dos fãs de futebol. Se além de planos culturais, sua intenção é conhecer por dentro o estádio do FC Barcelona, o Camp Nou, o tour Camp Nou Experience inclui visita ao museu, zona de troféus, túnel de jogadores, área de imprensa...

Monte Tibidabo, em Barcelona
Visitas imprescindíveis

O que ver