Travel Safe

Conselhos para viajar com segurança
Papas con mojo

Cozinha das Ilhas Canárias

Canárias

Canárias

Canárias, mais sol e culinária

Com frequência as Ilhas Canárias são citadas como as "ilhas sortudas", e isso é porque são banhadas pelo sol praticamente durante todo o ano; porque suas fronteiras são só o céu e o mar; por poder contar com vários tipos de joias, tanto em sua flora e fauna como em sua cultura, que em algumas ocasiões é tão diferente da cultura da península. No entanto, talvez seja mais apropriado chamar de sortudo aquele que visita essas ilhas, não apenas por poder participar desse sol, desse mar, dessa abundância natural, mas também por ter a sorte de poder apreciar uma riqueza que se estende ao terreno gastronômico.

O povo canário é nobre, amável, com bom humor e com costumes enraizadas, o que se reflete muito especialmente em sua cozinha. São pratos simples, nutritivos e apetitosos, fruto de uma tradição guanche.

Sabores e simplicidade

A simplicidade é um sinal de identidade da comida canária. Tão simples que um dos ingredientes principais, que pode ser encontrado em grande parte de seus pratos, é o gofio. O gofio, grão torrado de trigo ou milho, pode ser a parte fundamental do café da manhã, acompanhante dos diferentes guisados das ilhas, ou até ingrediente de uma peculiar variedade de torrone autóctone.Da mesma simplicidade podem se orgulhar seus “mojos”, que são certos tipos de molhos (não todos) que acompanham a maioria das comidas. O mojo picón (com pimentão, vinagre, azeite de oliva, alho, cominho, sal e páprica) e o mojo verde (feito à base de salsinha e coentro, com um sabor mais suave) alcançaram nas Canárias a categoria de verdadeiras instituições. Mas existem muitas outras variedades de mojos: o de coentro; o de alho; o de açafrão, ideal para acompanhar peixes; o de queijo; o almogrote gomero; e para ocasiões especiais, o singular mojo palmero.As Ilhas Canárias, em plena rota de navegação para a América, viram no passado como sua cozinha se enriquecia com produtos chegados de lá: o tomate, a banana e a batata ou papa. Este tubérculo dá origem à que sem dúvida é uma de suas preparações típicas mais famosas: as papas arrugadas, batatas cozidas com pele em água muito salgada (se possível, do mar) e que, uma vez preparadas, são acompanhadas de molho verde ou vermelho.

Peixes e mojos

Nas ilhas nunca pode faltar o peixe, e as Canárias não são uma exceção. Existem peixes de grande qualidade: garoupas, fulas, samas, robalos, sargos, bogas, cavalas... e especialmente a vieja. O peixe costuma ser preparado assado no sal, a la espalda ou jareado (seco ao sol e condimentado); o cação dá origem aos Tollos, um prato típico regional... O peixe também é a base do tradicional Sancocho (peixe salgado que fica de molho desde a noite anterior e depois é fervido junto com batatas meio descascadas e batatas-doces e servido com mojo picón ou verde).Como era de se esperar, além dos peixes, em um arquipélago não podem faltar os frutos do mar. Entre todos eles, o mais típico nas Canárias é a lapa, durante os meses de verão, que costuma ser feita na chapa. Além dela, experimente também o burgado e o vôngole.Nas Canárias existem carnes de todos os tipos. Se possível, não perca a oportunidade de degustar um coelho em salmorejo. Você também pode optar pelo cabrito ou a carne bovina. E para concluir, a confeitaria autóctone à base de Bienmesabes (de mel e amêndoas moídas), ñames ou truchas navideñas (empadas recheadas de batata-doce, amêndoas e passas ou fios de ovos), queijadinhas da ilha de El Hierro, Torta Vilana de la Gomera, marzipãs e amendoados de Gran Canaria, rapaduras de La Palma, entre outras iguarias.

Paraíso das frutas

O clima canário, tão diferente de todos os climas do resto da Espanha, é especialmente propício para o cultivo de diferentes frutas que na península são qualificadas como tropicais. O destaque é a banana por ser o produto mais representativo das ilhas. Mas há muitas outras variedades de frutas. Mamão, pera-melão, pêssego, manga, abacate e abacaxi são algumas das frutas que o viajante poderá encontrar em sua visita ao arquipélago canário.

Cozinha natalina das Ilhas Canárias

Há um doce que você vai ver em todos os lugares. São as “truchas”, uma espécie de empada recheada de fios de ovos ou batata-doce. O frangollo (uma espécie de flã) é outra sobremesa típica, principalmente em Tenerife. Não perca a ocasião de provar clássicos de sempre nas Canárias, como as papas arrugadas com mojo, os saborosos queijos, os vinhos únicos de uvas cultivadas em solo vulcânico e os deliciosos e variados sucos de frutas tropicais.