Travel Safe

Conselhos para viajar com segurança
Turismo acessível na Espanha

Espanha, um destino acessível para pessoas com deficiência

none

Espanha, um destino acessível para pessoas com deficiência

Viajar na Espanha é possível e fácil para pessoas com deficiência motora, visual, intelectual ou auditiva. Veja as principais dicas para organizar sua viagem, e algumas ferramentas e conselhos que lhe serão úteis para tirar férias 100% acessíveis. 

Uma cadeira de rodas, um par de muletas ou a necessidade de andar na companhia de um cão-guia não têm por que ser obstáculos na hora de aproveitar uma das experiências de lazer mais enriquecedoras: viajar. Na Espanha, quase todas as infraestruturas e uma boa parte dos serviços e ofertas relacionados com o turismo cumprem os requisitos de acessibilidade. Desde o mais básico - um transporte adaptado que garanta os deslocamentos - até um amplo leque de atividades acessíveis, passando por museus e monumentos sem barreiras para as pessoas com deficiência, além de acomodações e restaurantes capazes de responder às suas necessidades. TransporteSe você viajar para a Espanha por via aérea, não terá problema algum. Todos os aeroportos do território espanhol oferecem a possibilidade de solicitar de forma gratuita um serviço de assistência a viajantes com mobilidade reduzida ou com deficiências intelectuais, auditivas ou visuais. No site da AENA você pode consultar a maneira de solicitar esta ajuda (disponível em espanhol, inglês, francês e alemão), além dos pontos de encontro e as especificidades de cada aeroporto. Esta assistência consiste no acompanhamento desde a chegada ao terminal, ajuda nos processos de check-in, controles de segurança, embarque, desembarque e coleta de bagagem.

Cego com cão-guia atravessando a rua

Nos trens de média e longa distância também é possível solicitar um serviço de assistência que a Renfe (o principal operador ferroviário do país) oferece através do programa Atendo. Embora muitas das estações ferroviárias da Espanha sejam adaptadas aos critérios de acessibilidade universal (rampas, reforços visuais e auditivos, elevadores...), você também tem a possibilidade de solicitar este acompanhamento pessoal. Em trajetos internacionais, você pode recorrer ao serviço Atendo se estiver viajando de ou para países pertencentes à União Internacional de Ferrovias (UIC). Consulte o site da Renfe para ter acesso a todas as informações e formas de contato. 

Para as distâncias curtas, e especialmente nas grandes cidades, o transporte público (fundamentalmente metrô, ônibus, táxi e, em alguns casos, bonde) está em geral adaptado para viajantes com deficiência. Por exemplo, em Madri cerca de 70% das estações de metrô são acessíveis (a lista pode ser consultada no seu site), uma porcentagem que se eleva a mais de 90% no caso do suburbano de Barcelona. Além disso, você não vai encontrar nenhuma barreira nos ônibus urbanos de ambas as cidades, que são 100% acessíveis (consulte os sites de ônibus em Madri e Barcelona, e tenha em mente que todos os ônibus costumam ter uma ou duas vagas para cadeira de rodas). Se você viajar para outras cidades com uma rede de metrô de construção mais recente, como Valência (Comunidade Valenciana), Palma de Maiorca (Baleares), Sevilha (Andaluzia), Málaga (Andaluzia) e Bilbau (País Basco), também tem a acessibilidade garantida. 

  Fotógrafa numa cadeira de rodas

Para se deslocar de táxi ou carro alugado com motorista, é melhor você baixar algum dos apps para celular ou guardar os números de atendimento telefônico de cada cidade para solicitar um veículo adaptado. 

Monumentos, acomodações e atividades

Mas não só é necessário chegar e se deslocar pelos seus destinos turísticos. Para que a experiência seja completa, a oferta de lazer, cultura e gastronomia também deve ser universal.Uma boa forma de planejar suas férias é consultar o site “Spain is accessible”, um selo impulsionado desde 2016 pelas instituições espanholas junto à Rede Espanhola de Turismo Acessível para homogeneizar os critérios que definem qualquer lugar ou atividade como acessível e, desta forma, oferecer ao viajante com deficiência um guia realista, completo e com garantias. Neste site você pode filtrar por destinos turísticos, temática ou tipo de deficiência para encontrar toda a oferta de atividades, acomodações, monumentos, praias e parques de lazer, entre outros, adaptados a diferentes necessidades. 

Comunicação em linguagem de sinais

Outra ferramenta útil é Tur4All, uma plataforma colaborativa (aplicativo para celular e site) que fornece informações atualizadas sobre a acessibilidade de hotéis, restaurantes, museus, monumentos, espaços naturais, praias, transportes adaptados, destinos e experiências, entre outros pontos de interesse turístico. Está disponível em 11 idiomas.Em qualquer caso, é recomendável visitar os sites oficiais ou entrar em contato com os responsáveis pelos lugares incluídos em seu itinerário (monumentos, museus ou inclusive instituições públicas) para resolver dúvidas concretas ou consultar outros tipos de serviços.  

Descubra mais sobre...