Travel Safe

Conselhos para viajar com segurança Últimas notícias
Pintxos variados

Bilbau de pintxo em pintxo

Bizkaia

Um passeio pelas pequenas delícias da cozinha basca


Sabor e criatividade em partes iguais em uma ou, no máximo, duas mordidas. Assim é o pintxo, um dos grandes protagonistas da gastronomia de Bizkaia e, por extensão, de todo o País Basco. Como atraentes vitrines na moda, os balcões dos bares de Bilbau exibem frescor e renovação constante. Junto aos pintxos mais tradicionais e consolidados são apresentadas novas criações com um único objetivo: surpreender os paladares mais exigentes.  

Pistas gastronômicas para conhecer a cidade

Além de sua atividade cultural, Bilbau brilha também no aspecto gastronômico - e sabe disso! As sete ruas do centro histórico e sua Plaza Nueva, a rua Licenciado Poza de Indautxu, os Jardins de Albia, no Ensanche... São muitos os roteiros possíveis para “ir de potes”, o equivalente a sair para tomar um aperitivo de manhã, de tarde ou de noite. Existem visitas guiadas que combinam degustação de pintxos e museus, mas a seguir são mostradas algumas referências imprescindíveis para poder traçar um itinerário próprio “de pintxo em pintxo” e conhecer em profundidade esta cidade basca do norte da Espanha.Centro Antigo. Nas famosas sete ruas da parte mais antiga de Bilbau e seus arredores alternam-se monumentos, comércios e muitos bares para descansar entre uma compra e outra. Apesar de que o Centro Antigo bilbaíno também esteja aberto à inovação, nesta área o melhor é provar pintxos quase tão tradicionais como suas ruas: as gildas –azeitona, anchova e pimenta malagueta-, os mexilhões recheados, o espeto de bacalhau marinado e o chouriço ao inferno acompanhados de um vermute ou um bom txakoli, o vinho branco típico basco.

Pintxos de azeitonas

O Ensanche. A Bilbau de construção mais senhorial também está repleta de locais centenários. Os bares das ruas Diputación, Ledesma, Ercilla e Jardines de Albia são o lugar ideal para acompanhar uns “zuritos” –pequenos copos de cerveja- de pintxos morunos, embutidos ibéricos, txangurro –molho à base de santola-, de chatka e camarões, ou de alguma das coloridas tortillas con tapa –omeletes recheadas ou enfeitadas com ingredientes de vários tipos- tão habituais nas regiões do norte.  Indautxu. Ao falar desta zona da cidade, é obrigatório mencionar o agito quase ininterrupto da rua Licenciado Poza, ponto de encontro da torcida do Athletic de Bilbau nos dias de jogo de futebol no estádio de San Mamés. Queijos em todas as suas versões, piperrada –molho típico basco à base de pimentão, cebola e tomate-, champignons, sardinha defumada… estes são alguns dos ingredientes base dos pintxos aos quais é difícil resistir. Menção própria merece a felipada, um triângulo de pão recheado de maionese, anchova, alface e um pouco picante.

Queijos bascos

O significado cultural do pintxo

A elaboração de um pintxo é um exercício de criatividade tão amplo como as combinações de ingredientes conhecidas e a conhecer, portanto, infinito. Estes pequenos aperitivos são praticamente um símbolo de identidade para os bilbaínos. Ir “descobrindo” sabores de bar em bar é uma prazerosa aventura culinária. Diferentemente de outras regiões da Espanha, em Euskadi o pintxo não é considerado uma tapa gratuita, e deve ser pago à parte. Assim, cada estabelecimento procura sempre essa mistura de produtos estrela que consiga marcar tendência na cidade ou fidelizar os clientes habituais. Imaginação, paixão pela gastronomia e, certamente, boa matéria-prima são fundamentais para alcançar essa excelência.  Viajar a Bilbau significa render-se aos encantos de seus pintxos. Algo como assistir a um festival de cores, cheiros e sabores nascidos da incrível relação que a cidade mantém com a gastronomia. Bom apetite!

Pintxos com champignons