Atualidade COVID-19

Conselhos para viajar com segurança
Artesanato em Toledo

Reinventando o suvenir: 10 coisas típicas e originais para comprar em sua viagem à Espanha

none

O melhor do shopping quando se alia com o turismo é procurar coisas características e únicas de cada lugar. O conceito de suvenir está mudando e, além de representativo, a ideia é que seja útil e exclusivo. Diga adeus aos ímãs de geladeira e às miniaturas de monumentos. Aqui vão 10 ideias para suas compras de lembranças na Espanha: 10 produtos para presentear alguém ou você mesmo com um toque original e toda a idiossincrasia espanhola.

  • Tapa de presunto ibérico

    Presunto Ibérico

    Vamos começar pelo clássico dos clássicos. A cozinha espanhola é tão variada e ampla que é quase impossível escolher um único suvenir gastronômico. Mas a bagagem tem seus limites. Então, se a questão é escolher, aposte no seguro: o presunto ibérico. Embora um bom presunto possa ser comprado em qualquer lugar da Espanha, os mais típicos são os da região de Estremadura, Guijuelo (Salamanca), Jabugo (Huelva) e Los Pedroches (Córdoba). Se você viaja dentro da União Europeia, pode levá-lo sem problema algum na mala (consulte as restrições de cada país não comunitário). Além disso, você pode encontrá-lo embalado (ou será embalado no momento, na própria loja) em embalagens especiais, excelentes para presente. 

  • Brinde com vinho entre amigos

    Vinhos

    É uma das mais poéticas (e deliciosas) maneiras de levar um pedaço da terra que você visitou. Na Espanha existem quase 70 denominações de origem: procure quais são as das regiões para onde você vai viajar e não se prive de seu souvenir enológico. Além disso, você pode saber se perto de seu destino há alguma vinícola que organiza visitas e degustações (cada vez mais estabelecimentos oferecem este tipo de atividade) para poder conhecer o produto antes de comprá-lo. Esta experiência será, sem dúvida, a melhor parte da lembrança quando você voltar para casa.  

  • Botas de vinho

    Bota de vinho ou “porrón”

    Embora nessas degustações em que você pode participar em muitos lugares da Espanha seja necessário o uso de taças para apreciar as nuances de aroma, cor e sabor do vinho, existem outras formas mais populares (e muito típicas) de degustá-lo. Você conhece a bota de vinho? E o “porrón”? São dois dos recipientes espanhóis mais tradicionais para tomar vinho e se caracterizam por não ser necessário encostar os lábios para beber. Por isso, e apesar de que em sua origem eram utilizados principalmente no campo para refrescar-se durante o trabalho, hoje costumam ser sinônimo de reunião, de comemoração, de compartilhar com amigos e família. É, portanto, um presente original, útil e muito característico da identidade espanhola, ideal para juntar os seus amigos em torno de uma mesa e contar a eles suas experiências em nosso país.Qual escolher? Depende de como você viaje. O porrón é mais delicado: é um recipiente normalmente de vidro com uma barriga inchada e uma boquilha comprida, e é considerado uma invenção espanhola. A bota tradicional, com forma de lágrima, era feita de couro de cabra coberto de pez (uma espécie de cera) em seu interior e fechada com bocais de chifre de touro; hoje são fabricadas com vários tipos de materiais sintéticos. Seja qual for a sua escolha, você vai levar na mala um pedacinho dos costumes espanhóis. Mas cuidado, talvez seu primeiro gole não seja perfeito. Não se desespere! Você só precisa afinar sua técnica. 

  • Azeite de oliva

    Azeite de oliva

    Um bom conselho para acertar com seu souvenir é simplificar, recorrer ao mais primário. E, sem sair da sessão gastronômica, a essência da dieta mediterrânea cabe em uma garrafa; mais concretamente, em uma garrafa de azeite de oliva. Ele é chamado de ouro líquido e suas propriedades nutricionais lhe abrem as portas do Olimpo da gastronomia. Além disso, a cultura do azeite de oliva na Espanha foi se ampliando nas últimas décadas e agora é possível apreciar diversas variedades para todos os gostos, com diferentes usos e qualidades. Você já ouviu falar em degustação de azeite? Aprender sobre a cor, o aroma ou o sabor junto a profissionais do setor já não é um terreno exclusivo dos vinhos. Pegue pão, molhe e leve na sua mala o que você mais gostar. 

  • Pérolas de Maiorca e Cala Figuera

    Pérolas maiorquinas

    Tornaram-se famosas em todo o mundo por serem uma alternativa perfeita às pérolas naturais, mais acessível e duradoura. A ilha de Maiorca (nas ilhas Baleares) se especializou na produção artesanal desta joia exclusiva há mais de um século e se tornou uma referência internacional. Usar um colar, uma pulseira ou um anel com pérolas maiorquinas é sinônimo de qualidade e pode ser uma lembrança perfeita e para toda a vida de sua viagem à Espanha. Além disso, é um presente que inclui um toque de mistério, pois o processo de fabricação destas pequenas pedras preciosas brancas utiliza algumas técnicas totalmente secretas. 

  • Moda AdLib ibizenca. Catálogo AdLib 2017

    Modelo ibizenco

    Imagine uma praia de areia branca, as cores turquesa do Mediterrâneo e a brisa do mar. Visualize a roupa que você está usando. Você certamente pensou em branco. Outra opção de souvenir espanhol que você pode levar no corpo é qualquer peça de roupa de estilo ibizenco, procedente, como seu próprio nome indica, da ilha de Ibiza (Ilhas Baleares), mas que já se estendeu a muitos outros pontos do país, especialmente a regiões costeiras do sul e do leste. Mais que uma moda, o ibizenco ou “adlib” é uma filosofia de vida expressada na forma de vestir e que se baseia na liberdade, no frescor e na originalidade do movimento hippie que deixou sua marca na ilha nos anos 70. A influência dessa corrente na moda tradicional balear traduziu-se no branco, nos folhos, nos bordados, na renda e nos tecidos naturais deste estilo tão característico. E se você impuser uma etiqueta na sua próxima reunião familiar ou com amigos? Deixe espaço para o branco na sua mala e monte sua própria festa ibizenca. 

  • Xale de Manila na loja Blasfor, em Sevilha

    Xale de Manila

    Tem sua origem na China e um “sobrenome” filipino, mas não duvide: se você está procurando uma lembrança tipicamente espanhola, anote o xale de Manila em sua lista. Com esta peça de seda com vivos bordados de flores ou aves e arrematada com franjas, vai parecer que você saiu de um quadro do famoso pintor andaluz Julio Romero de Torres. É conhecido como “de Manila” porque chegou da China através das Filipinas, uma das rotas marítimas comerciais da Espanha imperial no século XVIII. Nessa época a peça ficou muito popular entre a burguesia e hoje está vinculada principalmente ao mundo do flamenco (o xale em movimento é quase uma obra de arte) e é utilizada com frequência como complemento em eventos de etiqueta. Uma lembrança da Espanha singular e autêntica. 

  • Da esquerda para a direita: rua de Ezcaray (La Rioja), stand com mantas de Ezcaray e vista panorâmica do povoado

    Mantas de Ezcaray

    Há pouco mais de uma década podem ser encontradas em outras cidades do mundo, em grandes armazéns de luxo e lojas de moda exclusiva. Mas somente na Espanha, mais concretamente em La Rioja, você pode comprar uma das famosas mantas de Ezcaray recém saída do tear. Este pequeno povoado do norte da Espanha ficou famoso por sua produção de tecidos de mohair (lã de cabra de Angorá) e caxemira, que são elaborados de forma artesanal há um século. Embora também confeccionem casacos, echarpes e outras peças, o mais típico são as mantas, caracterizadas por seu agradável tato que só pode ser conseguido conjugando os melhores tecidos naturais e certas técnicas tradicionais mantidas de geração em geração. Você sabia que a sedosidade do mohair é obtida passando a lã por rolos de cardos naturais? Se você viajar para esta região da Espanha, não duvide: uma parada em Ezcaray vai lhe garantir um souvenir com personalidade e história (e que você agradecerá nos dias mais frios!). Além disso, no centro do povoado você pode visitar a antiga oficina da fábrica, onde pode ver em ação um tear com 300 anos de antiguidade. 

  • Artesão de damasquino em Toledo

    Damasquinados de Toledo

    É uma técnica artesanal milenar e você pode levá-la na mala em vários tipos de objetos decorativos, bijuteria, ou até mesmo utensílios. O damasquinado consiste na realização de figuras e desenhos por meio da incrustação de fios e lâminas de ouro e prata em aço ou ferro. Na Espanha, são únicos os damasquinados de Toledo (em Castilla-La Mancha), que exporta seus trabalhos para toda a Espanha e outras partes do mundo. Caixas e cofres, brincos, braceletes, pratos e copos, vasos... O damasquinado transforma qualquer objeto cotidiano em uma pequena obra de arte cuja elaboração, que pode ser contemplada nas pequenas oficinas dos artesãos toledanos, é totalmente hipnótica.

  • Cerâmica tradicional

    Outro ponto forte da tradição de artesanato espanhola que você pode levar de lembrança da sua viagem são os objetos de cerâmica. Muitas localidades são famosas por sua cerâmica única, como a de Talavera (Toledo), declarada Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade pela UNESCO e Bem de Interesse Cultural, e conhecida especialmente por seus motivos vegetais azuis e amarelos; Sargadelos, em Lugo (Galícia), reconhecível por suas formas geométricas em azul; a cerâmica de Manises (Valência), com seus motivos florais em tons dourados, terrais ou de cobre; ou a de Úbeda (Jaén, Andaluzia) e sua inimitável cor verde. 

Estes são apenas alguns dos produtos em que o selo espanhol é garantia de originalidade e qualidade, mas animamos você a encontrar outros artigos para acrescentar à sua lista. As possibilidades são infinitas! Tente, por exemplo, dar um passeio pelas butiques de moda de firmas e designers espanhóis, ou levar na mala outras pequenas lembranças da deliciosa gastronomia do nosso país.  

Descubra mais sobre...