Travel Safe

Conselhos para viajar com segurança Últimas notícias
Mulher descansando no Madrid Río

Planos ao ar livre em Madri

Madrid

Se você está procurando planos vinculados à ecologia, à sustentabilidade e ao ar livre e além disso está pensando em organizar uma viagem para Madri, aqui vão oito dicas para uma escapada perfeita. Porque na capital da Espanha você pode organizar inúmeras atividades no exterior e em contato com a natureza. 

  • Vista do Madrid Río com a catedral de La Almudena ao fundo

    Admire a biodiversidade no Madrid Río e tire uma foto digna de cartão postal

    Madrid Río é um parque ao redor do rio Manzanares que, graças à sua renaturalização, voltou a contar com uma fauna surpreendente.Em sua visita você pode tirar uma foto digna de cartão postal junto ao conjunto de esculturas formado pela palavra “Madrid” e pelo icônico urso abraçado ao medronheiro, construídos com embalagens de vidro reciclado. Você vai encontrá-lo na esplanada de Puente del Rey, com uma das vistas panorâmicas mais espetaculares da cidade, formada pelas silhuetas do Palácio Real, da Catedral de La Almudena e da Real Basílica de San Francisco El Grande.Você também vai ver espaços culturais como o Matadero e, no verão, lugares refrescantes como sua “praia”: recintos aquáticos com divertidos jatos de água para as crianças.

  • Ciclista em uma trilha na Casa de Campo de Madri

    Ande de bicicleta no maior parque de Madri

    E ao lado do Manzanares, em sua margem oeste, fica o maior parque público de Madri, a Casa de Campo, que, com mais de 1.535 hectares, é o lugar ideal não só para fazer trekking e andar de bicicleta por diferentes caminhos, mas também para curtir nas mesas ao ar livre situadas junto ao seu impressionante lago artificial, cujas origens são do século XVI. Se você se animar, pode até se lançar à aventura de remar em uma das barcas de uso recreativo que estão disponíveis em seu grande embarcadouro.

  • Turistas no lago de El Retiro, em Madri

    Remar à luz de El Retiro

    Ideal para passear, fazer esportes, subir em um mirante, sentar-se numa mesa ao ar livre e também para remar em uma barca clássica. O Retiro é um parque com 125 hectares (o mais famoso de Madri) e, junto ao Paseo del Prado, foi declarado Patrimônio Mundial pela UNESCO. Além de realizar atividades na natureza, você poderá ver interessantes exposições no Palácio de Velázquez e no Palácio de Cristal, situados dentro do parque.

  • Vista do Real Jardim Botânico de Madri

    Seja botânico por um dia

    Devido à sua localização estratégica no Paseo del Prado, o Jardim Botânico também faz parte da candidatura da Unesco. Declarado Jardim Artístico em 1942, entre suas coleções conta com um herbário com mais de um milhão de documentos, a biblioteca e o arquivo (com cerca de 10.000 desenhos), assim como uma mostra de 5.000 espécies de plantas vivasFaça uma visita guiada para conhecer as espécies que vivem neste cantinho verde no centro da cidade.

  • Mulher observando as amendoeiras no Parque da Quinta de los Molinos, em Madri

    Descubra outros parques muito caprichados

    El Capricho. Assim se chama um dos parques mais desconhecidos e bonitos de Madri (e um pouco mais afastado do centro). Foi criado em 1784 pelos Duques de Osuna com o objetivo de fazer dele um autêntico paraíso natural que era frequentado pelas personalidades mais ilustres da época. E outra dica para anotar: o parque da Quinta de Los Molinos, um jardim de uso público cuja origem foi uma propriedade de recreio e que vale a pena visitar devido à grande quantidade de espécies como oliveiras, pinheiros, eucaliptos e, acima de tudo, por suas espetaculares amendoeiras, cuja floração anuncia o final do inverno em Madri.Também há pequenos jardins “escondidos”, como os do Príncipe de Anglona e o Huerto de las Monjas, ou bonitos jardins de museus como o da Casa de Lope de Vega, o do Romanticismo, o Sorolla e o Lázaro Galdiano

  • Detalhe das livrarias na ladeira de Moyano, em Madri

    Explore as livrarias ao ar livre

    Bem pertinho do parque de El Retiro e do Jardim Botânico você vai encontrar uma nova surpresa ao ar livre, desta vez na forma de livraria. Você vai identificar esta boêmia rua para pedestres, uma ladeira conhecida como cuesta de Moyano, por suas charmosas barraquinhas repletas de livros de segunda mão e de qualquer gênero. Trinta barraquinhas inspiradas no design de madeira daquelas que inauguraram este espaço em 1925, promovido por ilustres escritores espanhóis como Pío Baroja.

  • Visitantes observando um posto no mercado de El Rastro, em Madri

    Procure entre os postos de El Rastro e viva um domingo à moda madrilenha

    A visita a El Rastro, o mercado ao ar livre mais popular de Madri, é um dos eventos imprescindíveis da cidade nos domingos. Situado no bairro de La Latina, sua oferta vai desde artesanato, roupa e complementos até móveis, artigos de cozinha e discos. A visita típica costuma terminar com um aperitivo nos bares da área, onde você pode tomar um vinho, cerveja ou vermute de barril acompanhado, por exemplo, de um “bocadillo de calamares” (sanduíche de lula). 

  • Vista do Templo de Debod no fim de tarde em Madri

    E não perca Madri no fim de tarde

    Você pode apreciar este momento em diversos lugares, como o jardim de Las Vistillas, denominado assim por sua magnífica vista da ribeira do Manzanares e da Casa de Campo. Nos dias de bom tempo, este pequeno parque arborizado fica cheio de mesas ao ar livre que são um observatório ideal para contemplar o pôr do sol. Pura magia, que você também poderá experimentar, por exemplo, no Templo de Debod, o único templo egípcio da Espanha.

Descubra mais sobre...