Travel Safe

Conselhos para viajar com segurança Últimas notícias
Hércules de Ceuta

Ceuta, o melhor de quatro culturas

Ceuta

Prazeres a descobrir do outro lado do Estreito


Conhecida como a “pérola do Mediterrâneo”, Ceuta espera por você ao outro lado do Estreito de Gibraltar como um destino cheio de matizes. Situada no norte da África, esta cidade espanhola tem a peculiaridade de reunir quatro culturas e combinar com equilíbrio as tradições cristã, muçulmana, hebreia e hindu. O resultado é um lugar acolhedor e dinâmico, com uma localização natural privilegiada entre dois mares, e uma fusão culinária com ingredientes surpreendentes. Além disso, um microclima de temperaturas amenas que não passam dos 32º de máxima.

Relaxando no Parque Marítimo do Mediterrâneo

A cidade de Ceuta conta com um valioso legado do arquiteto César Manrique: o Parque Marítimo do Mediterrâneo. Muito condizente com os valores meio ambientais que este artista canarino defendeu ao longo de sua vida e obra, este complexo de piscinas naturais de água salgada, palmeiras e cascatas é um espaço de descanso e bem-estar. Dotado de uma variada oferta gastronômica e com redes na beira do mar, é um bom plano para uma jornada de repouso e desconexão antes de descobrir as outras atrações de Ceuta, que não são poucas!

Vista panorâmica do Parque Marítimo do Mediterrâneo

Grandes monumentos para Hércules

Tanto se você está chegando a Ceuta por via marítima como de helicóptero saindo de Algeciras (Cádis) ou Málaga, a primeira imagem panorâmica da cidade é dominada por um conjunto de esculturas de grandes dimensões dedicadas à mitologia clássica, com sete metros de altura e quatro toneladas de peso. Trata-se de 'Os Hércules e A União do Mundo', de Ginés Serrán. Este pintor e escultor local escolheu em 2007 o cenário original do mito grego que descreve a separação da Europa e da África -o Estreito de Gibraltar- para colocar sua obra.O primeiro dos Hércules, situado na Praça da Constituição, separa com suas mãos os dois continentes. O segundo, situado no cais de Poniente, abraça as colunas para unir o que ele mesmo tinha separado. A intenção de Serrán é inverter o mito e simbolizar a paz e a união entre os países do mundo.  

Hércules de Ceuta

Navegar entre as Muralhas Reais

A confluência de culturas de Ceuta pode ser constatada em um passeio que passa pelo Museu da Basílica Romana Tardia do século IV, os restos de banhos árabes do século XI e o conjunto monumental das Muralhas Reais. Esta fortaleza, que marcava os limites da cidade antiga, é única na Europa devido a seu fosso navegável -para embarcações de recreio e canoas-, que a divide em duas partes e une as duas zonas da baía de Ceuta. O recinto das Muralhas Reais recebe exposições e outras manifestações artísticas, e conta inclusive com um Parador de Turismo que, respeitando a estética monumental, foi construído posteriormente. Durante os meses de verão, é o lugar de realização de shows ao ar livre. Presenciar atuações de figuras da dança contemporânea e do flamenco, como Sara Baras e José Mercé, ou orquestras sinfônicas internacionais neste lugar é um verdadeiro luxo.

Muralhas Reais de Ceuta

Natureza, diversão e sabores multiculturais

Após uma jornada de praia ou uma visita ao monte Hacho, de onde você pode obter vistas panorâmicas impressionantes de Ceuta e do Estreito de Gibraltar, é possível voltar ao nível do mar pelo Paseo de La Marina e chegar à zona de lazer do Poblado Marinero. Muitas opções para realizar esportes náuticos (mergulho, navegação, caiaque...) e principalmente para uma boa “imersão” na cozinha de Ceuta: peixes e frutos do mar variados. Outra opção é explorar a zona comercial da cidade e saborear algumas tapas no estilo andaluz no calçadão do Revellín.Mas tem uma coisa que todos os moradores de Ceuta recomendam e que testa a curiosidade e o atrevimento dos recém-chegados. Trata-se do sanduíche campeiro de corações de frango. Uma coisa tão autêntica, particular e especial como a marinada à moda moura e o molho alioli que o acompanham. Não vá embora de Ceuta sem ter provado este ícone da gastronomia popular local. E graças à multiculturalidade que é vivida nas ruas desta cidade, é possível arrematar a jornada com uma vitamina de abacate com banana ou um chá de hortelã acompanhado de doces árabes em um botequim. Em Ceuta, a tolerância entre culturas pode ser respirada, celebrada e saboreada.  

Vitamina de abacate
Descubra mais sobre...