Travel Safe

Conselhos para viajar com segurança Últimas notícias
Hemisferic, na Cidade das Artes e das Ciências, Valência

Doze exemplos incríveis de arquitetura vanguardista

none

Ao imaginar algum monumento típico da arquitetura espanhola, pode surgir a imagem de uma grande catedral ou de um imponente castelo. No entanto, a vanguarda na Espanha também ocupa um lugar importantíssimo. De fato, determinados edifícios modernos conseguiram revolucionar por completo a imagem de uma cidade e se tornaram um verdadeiro símbolo de identidade da mesma. Os amantes da fotografia vão adorar os 12 exemplos de arquitetura que propomos a seguir. Formas e materiais que parecem impossíveis e arquitetos de renome como Santiago Calatrava, Oscar Niemeyer e Norman Foster lhe apresentam a imagem mais moderna da Espanha.

  • Cidade das Artes e das Ciências, Valência

    Cidade das Artes e das Ciências de Valência

    A obra do arquiteto Santiago Calatrava é uma visita imprescindível na cidade de Valência. Nestas surpreendentes construções você verá, entre outras coisas, o maior aquário da Europa, um museu de ciências e um cinema digital 3D. Um autêntico exemplo de arquitetura futurista de um criador que tem mais exemplos na Espanha, como o Auditório de Tenerife e o Palácio de Congressos de Oviedo.

  • Museo Guggenheim Bilbao

    Museu Guggenheim de Bilbau

    As 33.000 placas de titânio deste edifício e suas formas curvilíneas parecem desafiar a lógica e surpreendem o visitante que chega à ribeira da ria do Nervión. O arquiteto Frank Gehry conseguiu que o Guggenheim se tornasse o ícone mais reconhecível da cidade de Bilbau e um dos museus mais bonitos do mundo.

  • Metropol Parasol, em Sevilha

    Metropol Parasol de Sevilha

    Também é conhecido por suas curiosas formas como os “Cogumelos de Sevilha”. Na tradicional praça de La Encarnación fica nem mais nem menos que a maior estrutura de madeira do mundo, projetada por Jürgen Mayer. Um amplo espaço onde você pode achar um museu arqueológico, bares e restaurantes, e um espetacular mirante a quase 30 metros de altura. Uma linda vista está garantida.

  • Quatro torres, Madri

    Cuatro Torres Business Area de Madri

    O skyline da capital da Espanha já não pode ser imaginado sem estas imponentes torres: a Torre Foster (o edifício mais alto da Espanha), a Torre PwC, a Torre de Cristal e a Torre Espacio, todas com mais de 200 metros de altura. Você vai ter que olhar para cima.

  • MUSAC, León

    MUSAC de León

    Um mosaico de cores recebe o viajante que visita o Museu de Arte Contemporânea de Castilla y León, construído com paredes de concreto e 3.351 placas de vidro. Foi concebido assim pelos arquitetos espanhóis Tuñón Mansilla. Uma espécie de “catedral contemporânea” que é definida com um espaço aberto ao pensamento.

  • Cidade da Cultura, Santiago

    Cidade da Cultura da Galícia

    O topo do monte Gaiás, em Santiago de Compostela, mudou radicalmente com este projeto. O arquiteto Peter Eisenman deu vida a uma série de edifícios singulares que se inspiram nos roteiros de peregrinação da cidade medieval. Os visitantes podem passear pelos exteriores, fazer uma visita guiada ou assistir a alguma das exposições ou shows que são organizados.

  • Vista de Barcelona com a Torre Agbar

    Torre Agbar de Barcelona

    Em 2003 incorporou-se à cidade este cilindro de vidro de 144 metros de altura. Como curiosidade, talvez você goste de saber que seu arquiteto, Jean Nouvel, quis emular com ela as formas da famosíssima Sagrada Família ou a montanha de Montserrat. Não perca a chance de vê-la com sua iluminação noturna especial.

  • Centro Pompidou, Málaga

    Centre Pompidou de Málaga

    Você vai notar rapidamente a revolução cultural experimentada pela cidade de Málaga ao passear por suas ruas e ver seus novos museus. Entre eles, o Centre Pompidou, cujo famoso Cubo colorido de Daniel Buren atrai a atenção de todos. Em seu interior você vai encontrar obras de arte selecionadas dos séculos XX e XXI.

  • Pavilhão Ponte, Zaragoza

    Pavilhão-ponte e Torre da Água de Zaragoza

    Uma ponte projetada na forma de gladíolo e uma original torre de 76 metros de altura são dois dos exemplos mais espetaculares deixados pela Exposição Internacional 2008 em uma cidade que se transformou para sempre. Um espaço que também conta com o Aquário Fluvial de Zaragoza e o Parque da Água Luis Buñuel.

  • Centro Niemeyer, Avilés

    Centro Niemeyer de Avilés

    Trata-se da única obra do arquiteto brasileiro Oscar Niemeyer na Espanha. Em contraste com o centro histórico de Avilés, é pura modernidade. Grandes superfícies brancas e formas curvas cativam o olhar e são a carta de apresentação de um auditório, uma torre mirante e uma cúpula espetaculares.

  • Museu da Evolução Humana, Burgos

    Museu da Evolução Humana, em Burgos

    Embora seja chamativo, a cidade de Burgos apostou forte na modernidade para mostrar aos visitantes como foram as origens do homem. O arquiteto e pintor Juan Navarro Baldeweg projetou este edifício como uma reprodução da Sierra de Atapuerca (um dos sítios arqueológicos pré-históricos mais importantes do mundo) na cidade. Uma grande caixa de luz que também é um excelente mirante para o centro histórico.

  • Centro Botín, Santander

    Centro Botín, Santander

    É o mais “jovem” dos edifícios sugeridos. Trata-se de um centro de arte projetado por Renzo Piano em plena baía de Santander. Uma localização espetacular para um edifício coberto por 270.000 peças de cerâmica que parece estar suspenso sobre o mar, como se fosse um píer. Acolhe exposições e diferentes propostas culturais.

Descubra mais sobre...