Atualidade COVID-19

Conselhos para viajar com segurança
Parque Natural de Aigüestortes i Estany Saint Maurici

Cinco grandes roteiros por estrada pela Catalunha

catalunha-estrada

Roteiros por estrada para desfrutar da Catalunha

Propomos a você cinco percursos para conhecer a Catalunha em um roadtrip. Os itinerários combinam cultura, natureza e gastronomia em rotas que você pode completar em quatro ou cinco dias.

Roteiro 1. Dos Pirineus ao Mediterrâneo

Propomos a você um roteiro pelos Pirineus catalães para cinco dias e que percorre parte das províncias de Lleida e Girona. Se você gosta de caminhada e das atividades na natureza, aqui vai encontrar numerosas opções.

Distância:475Km Deslocamento: De carro / Duração: 5 dias, no mínimo

Día 1.Val d’Aran – Vall de Boí: Val d'Arán é o começo do roteiro. É um ambiente montanhoso de grande beleza e alguns de seus lugares de interesse são a aldeia de Vielha e o caminho do bosque de Baricauba (especialmente na primavera e verão). A estrada N-230 nos levará até o Vall de Boí, conhecido por suas igrejas românicas. Estão declaradas Patrimônio Mundial pela UNESCO e além de seu valor artístico, situam-se em paisagens espetaculares. Você pode aprender sobre elas e informar-se sobre suas visitas no Centro do Românico do Vall de Boí.

Salardú, Vall d

Dia 2. Parque Nacional de Aigüestortes i Estany de Sant Maurici: Podemos dedicá-lo a desfrutar da natureza. Por exemplo, o Parque Nacional de Aigüestortes i Estany de Sant Maurici encontra-se muito próximo ao Vall de Boí. Se continuamos o caminho pela estrada N-260, chegamos até Pallars Sobirá. Esta região é muito popular entre os adeptos das águas bravas e aos esportes de aventura.

Parque Nacional Caldes Aigüestortes, Lleida

Dia 3. Seu d'Urgell - Ripoll: Propomos a você duas visitas culturais. Por um lado, o caminho continua pela estrada N-260 para levar-nos até Seu d'Urgell. Aqui encontra-se a única catedral totalmente românica da Catalunha. Mais adiante, em Ripoll você pode visitar o Mosteiro de Santa María de Ripoll, do qual destaca especialmente seu pórtico românico e seu claustro. A meio caminho de ambas as visitas, está a estação de esqui La Molina, na que você pode desfrutar de uma ampla oferta esportiva durante todo o ano.

Capitel da Catedral Seo d

Dia 4. La Garrotxa - Besalú: O caminho adentra-se em La Garrotxa e sua chamativa paisagem vulcânica composta por mais de 40 crateras rodeadas de vegetação. A visita mais espetacular é talvez a que sobrevoa a área em balão. Além disso, pela região nós lhe recomendamos visitar algumas de suas aldeias de arquitetura medieval e onde parece que o tempo se detém, como Besalú, Beget ou Santa Pau, entre outros

Ponte medieval em Besalú

Dia 5. Costa Brava - Triângulo Daliniano: O final do caminho nos leva até o Mediterrâneo na famosa Costa Brava e com a possibilidade de conhecer a obra do mestre surrealista Salvador Dalí. Aqui encontra-se o chamado “Triângulo Daliniano” composto pelo Teatro - Museu Dalí (em Figueres, cidade natal do artista), a Casa Museu Salvador Dalí (Portlligalt, em Cadaqués) e o Castelo Gala Dalí (Púbol).

Museu Dalí em Figueres

Roteiro 2. A Costa Mediterrânea

Propomos a você um roteiro pela costa do mar Mediterrâneo para cinco dias. O itinerário começa na província de Tarragona e chega até o norte da Catalunha, na província de Girona. Se você gosta do mar, de dias relaxados na praia e de aldeias marítimas, este roteiro é perfeito.

Distância:350Km Deslocamento: De carro / Duração: 5 dias, no mínimo

Dia 1. Parque Natural do Delta de l'Ebre. O Parque Natural do Delta de l'Ebre pode ser a primeira visita e é imprescindível se você gosta da natureza e, em particular, das aves. Trata-se de um importante alagadiço no qual habitam até seis de cada dez das espécies que vivem na Europa. Formas de visitá-lo? Com roteiros cicloturistas, visitas guiadas, safáris fotográficos ou excursões de barco, por exemplo. Também é muito relevante o cultivo do arroz e organizam-se saídas aos alagadiços para ver como se faz. Sant Carles de la Ràpita é talvez seu município mais turístico.

Arrozais no Delta do Ebro

Dia 2. PortAventura World - Costa Dourada: A uma hora escassa por estrada do parque natural encontra-se um dos parques temáticos mais divertidos da Europa: PortAventura World Além disso, acolhe o parque Ferrari Land, repleto de atrações com a velocidade e o motor como protagonistas. O parque temático encontra-se na cidade marítima de Salou e próxima a outras como Cambrils, perfeitas para dar-se um banho no Mediterrâneo aproveitando que nos encontramos na Costa Dourada.

Lançadeira de Port Aventura em Tarragona

Dia 3. Tarragona: Primeiro, natureza; depois, diversão; e no terceiro dia, uma viagem cultural pela história de Tarragona e seu esplendor no Império romano. Seu conjunto arqueológico está declarado Patrimônio Mundial pela UNESCO e inclui monumentos como um teatro, um anfiteatro e um circo romanos ou restos do que outrora foi o fórum de Tarraco. O Museu e a Necrópole Paleocristãos também merecem a visita, que você pode completar com um passeio pelo centro histórico para descobrir a Catedral, o antigo Hospital de Santa Tecla ou o bairro judeu, por exemplo. A cidade encontra-se a pouco mais de 10 quilômetros de PortAventura World.

Catedral de Tarragona

Dias 4 e 5. Barcelona - Costa Brava: O roteiro continua para o norte para adentrar-se na popular Costa Brava. No caminho, sempre é uma opção passar uma jornada na cidade de Barcelona (a uns 100 quilômetros de Tarragona). Se você só vai estar umas horas, nós lhe animamos a caminhar por suas Ramblas, percorrer o bairro Gótico e o passeio de Gràcia e visitar a Sagrada Família. Se você vai estar mais tempo, pode consultar este roteiro de dois dias ou a informação do destino.Por outro lado, na Costa Brava abundam as pequenas praias entre pequenos bosques de pinheiro que praticamente chegam até o mar. Propomos a você, entre outros, aldeias como Palamós (a pouco mais de 100 quilômetros de Barcelona), Begur (uns 20 quilômetros mais ao norte), Roses (a cerca de 70 quilômetros na mesma direção) ou Cadaqués (aproximadamente uns 15 quilômetros mais ao norte) para sentir o estilo de vida mediterrâneo da Catalunha cem por cento.

Vista de Barcelona - Vista de Roses

Roteiro 3. O Patrimônio Mundial

Propomos a você um percurso de quatro dias que parte de Barcelona, atravessa Tarragona e conclui no interior de Lleida.

Distância:400Km

Dia 1. Barcelona: Barcelona é modernismo e, especialmente, Gaudí. O Park Güell, o Palau Güell, a Casa Milà “La Pedrera”, a Casa Batlló, a Sagrada Família, a Casa Vicens e a Cripta da Colônia Güell (a uns 20 quilômetros do centro da cidade) compõem o conjunto de sete obras de Antoni Gaudí declaradas Patrimônio Mundial pela UNESCO em Barcelona. O Palau de la Música Catalana e o Hospital da Santa Creu i Sant Pau completam as visitas reconhecidas pela UNESCO na cidade.

Catedral de Barcelona

Dia 2. Tarragona: O roteiro continua uns 100 quilômetros pela costa do Mediterrâneo para chegar a Tarragona. Seu conjunto arqueológico romano está declarado Patrimônio Mundial pela UNESCO e inclui monumentos como um teatro, um anfiteatro e um circo romanos ou restos do que outrora foi o fórum de Tarraco. O Museu e a Necrópole Paleocristãos também merece a visita, que você pode completar com um passeio pelo centro histórico para descobrir a Catedral, o antigo Hospital de Santa Tecla ou o bairro judeu, por exemplo

Ruínas Romanas em Tarragona

Dia 3. Mosteiro de Santa María de Poblet - Arco do Mediterrâneo: Nos arredores da cidade de Tarragona você terá a oportunidade de continuar conhecendo o passado romano da região. Você pode visitar as vilas romanas de Centcelles (a uns 10 quilômetros de Tarragona) e de Els Munts (a uns 15 quilômetros). Ambas fazem parte do conjunto arqueológico de Tarraco, declarado Patrimônio Mundial. O resto do dia podemos dedicar a visitar o Mosteiro de Santa María de Poblet, que está a uns 40 quilômetros de Tarragona. É um dos melhores exemplos de arquitetura religiosa da Catalunha, dispõe de visitas guiadas e está declarado Patrimônio Mundial pela UNESCO.Outra opção poderia ser visitar alguma das cavernas com pinturas rupestres pertencentes à declaração Patrimônio Mundial do Arco Mediterrâneo. Entre elas encontram-se a Caverna de Cabrafeixet e o Abrigo de Ermidas da Serra da Piedade, em El Perelló e Ulldecona, respectivamente (a cerca de 70 e 100 quilômetros de Tarragona para o sul)

Mosteiro de Poblet, Tarragona

Dia 4. Vall de Boí: A estrada N-230 nos levará até o Vall de Boí, conhecido por suas igrejas românicas e situado a cerca de 200 quilômetros do Mosteiro de Santa María de Poblet. Estão declaradas Patrimônio Mundial pela UNESCO e além de seu valor artístico, situam-se em ambientes| naturais espetaculares. Você pode aprender sobre elas e informar-se sobre suas visitas no Centro do Românico do Vall de Boí. Recomendamos a você, sobretudo, visitar a Igreja de Sant Climent de Taüll para desfrutar da reprodução através de vídeo mapping (recriação visual) das pinturas originais de seu interior.A uns 125 quilômetros encontra-se a caverna rupestre do Vilars (em Os de Balaguer). Se você quer visitá-la, tenha em conta que somente pode fazê-lo aos domingos e de forma guiada em veículo 4x4.

Igreja de Sant Joan Boi

Roteiro 4. Para o interior

Propomos a você um roteiro de cinco dias que combina visitas rurais, saídas à natureza, um dia de relax no balneário e propostas culturais

Distância:300Km Deslocamento: De carro / Duração: 5 dias, no mínimo

Dia 1. Vilas medievais: O itinerário começa praticamente na beira do mar Mediterrâneo na aldeia de Begur. Do seu centro histórico, sobressai o castelo medieval. Uma boa opção para este dia pode ser visitar alguma das tranquilas vilas medievais desta região. Além de Begur, são recomendáveis por exemplo Pals, Peratallada e Monells, muito próximas entre si.

Peratallada

Dia 2. Roteiro pelo maciço das Gavarres: Em nosso caminho para o interior pela estrada C-65, nos dirigimos para o maciço das Gavarres. Por esta área abundam os monumentos megalíticos que lembram os primeiros colonizadores da região (entre o ano 3300 e 1800 a. C.). Será fácil para você organizar um roteiro desde Fitor, Calonge, Romanyà de la Selva e seus arredores.

Mosteiro San Pedro de Roda no Port de la Selva

Dia 3. Sant Hilari Sacalm: Você sabe que na Catalunha há um lugar conhecido como “a vila das cem fontes” devido a seus numerosos mananciais e que além disso estes têm propriedades mineromedicinais? Trata-se de Sant Hilari Sacalm e é a seguinte parada do caminho (a uns 70 quilômetros das Gavarres). É um momento perfeito para desfrutar de uma jornada para cuidar-se em algum dos balneários da cidade. Se você quer completar o dia com uma atividade na natureza, tenha em conta que a escassos 15 quilômetros está o maior bosque de árvores monumentais da Catalunha. É o Arboretum de Masjoan.

Secuoia en Masjoan

Dia 4. Rupit i Pruit-Vic: A estrada C-25 nos levará em aproximadamente uma hora e meia até um dos segredos melhor guardados deste roteiro: Rupit i Pruit. É das escapadas rurais com mais encanto da Catalunha. Trata-se de uma tranquila aldeia medieval que parece esculpida na pedra. Suas ruas pedestres e empedradas, sua plácida praça Mayor, suas varandas floridas, seu castelo, sua gastronomia... certamente que farão com que você nem olhe o relógio durante todo o dia. Em qualquer caso, você pode sempre aproveitar a tarde para visitar Vic (a menos de uma hora pela estrada C-153). Se você passear por seu centro histórico, poderá ver a Catedral de Sant Pere, o Palácio Episcopal e um templo romano do século II d.C.

 Panorâmica de Rupit i Pruit em Barcelona

Dia 5. Parque Natural da Montanha Montserrat: O itinerário conclui no Parque Natural da Montanha Montserrat com um percurso de cerca de uma hora pela estrada C-25. O ambiente é de extraordinária beleza e surpreendem as formas únicas das montanhas. A visita imprescindível é o Mosteiro de Montserrat, um dos pontos de peregrinação mais conhecidos da Catalunha. Você poderá desfrutar de visitas guiadas ao mosteiro, conhecer seu museu e deleitar-se com as vistas de uma forma confortável se subir no teleférico.

Teleférico de Montserrat em Barcelona

Roteiro 5. Vinho e cultura

A proposta é percorrer em uns quatro dias as regiões vinícolas do Penedés (Barcelona e Tarragona) e o Priorat (Tarragona) alternando as visitas a adegas com pequenas cidades do interior, o roteiro dos mosteiros do Císter e o ambiente da Horta de Sant Joan.

Distância:400Km Deslocamento: De carro / Duração: 4 dias, no mínimo

Dia 1. O Roteiro do vinho e do espumante do Penedés: O roteiro do vinho e do espumante do Penedés tem em Sant Sadurní d’Anoia e Vilafranca del Penedès suas duas localidades mais destacadas. A primeira é conhecida como a capital do espumante da Catalunha e a segunda como a capital do vinho. Entre as numerosas adegas da região será fácil desfrutar de degustações, visitas a vinhedos e múltiplas atividades relacionadas com o mundo do vinho. De Barcelona, você chegará a estas localidades através da autoestrada AP-7 em menos de uma hora.

Praça Jaume em Villafranca del Penedés

Dia 2. Roteiro do Císter: Com um percurso de menos de 150 quilômetros podemos fazer o chamado roteiro do Císter de Vilafranca del Penedès. Está constituído por três mosteiros visitáveis desta ordem que se caracterizam por sua austeridade e uma arquitetura de estilo de transição entre o românico e o gótico. Destaca o Mosteiro de Poblet (na província de Tarragona), declarado Patrimônio Mundial. Completa-se com os Mosteiros de Santes Creus (Aiguamurcia, em Tarragona) e de Vallbona de les Monges (no município de mesmo nome, em Lleida). Outra visita próxima de interesse é a aldeia medieval de Montblanc (Tarragona), situada a pouco mais de 10 quilômetros de Poblet.

Mosteiro de Poblet

Dia 3. O Priorat: Seguindo o caminho para o sul, nos dirigimos para outra das regiões vinícolas mais reconhecidas da Catalunha: o Priorat (Tarragona). Podemos dividir o dia entre conhecer algumas das pequenas aldeias da região e desfrutar de uma visita e uma degustação em uma adega. Algumas das aldeias mais conhecidas e atrativas pelo ambiente montanhoso em que se encontram são La Morera de Montsant (que possui a interessante Cartuja de Escaladei), Siurana, Porrera, Gratallops, Bellmunt del Priorat, Cornudella de Montsant ou Falset. Entre as adegas, você encontrará algumas de arquitetura modernista, popular na região. São os casos de Pinell de Brai e de Gandesa.No total, o percurso seria de algo menos de 200 quilômetros

Cartuja de Escaladei

Dia 4. Horta de Sant Joan - Tortosa: O caminho termina com a descoberta de uma natureza que serviu de inspiração ao artista Pablo Ruiz Picasso: os arredores de Horta de Sant Joan. No município pode-se visitar o Centro Picasso para conhecer a relação do pintor com a aldeia e descobrir obras de diferentes artistas que também encontraram aqui a inspiração. Horta de Sant Joan está a uns 25 quilômetros das vinícolas modernistas recomendadas para o dia anterior.Podemos completar o percurso com a visita a Tortosa, a 40 quilômetros e capital histórica da região de Terres de l'Ebre. Entre suas visitas estão o castelo árabe da Suda, seu bairro judeu e a Catedral de Santa María.O roteiro pode ser prolongado com uma jornada na natureza do Parque Natural do Delta de l’Ebre ou com a visita ao município costeiro de Sant Carles de la Ràpita, por exemplo.

Centro Histórico de Horta