Travel Safe

Conselhos para viajar com segurança Últimas notícias
Monumento

Parque arqueológico de Recópolis

Guadalajara

Muralhas, uma igreja, um palácio-basílica e outros muitos restos arqueológicos do que foi uma das cidades mais importantes do reino visigodo de Toledo.

Foi fundada em 578 pelo rei Leovigildo, quem a dotou de edificações, palácios e muralhas. Esteve habitada até a invasão muçulmana de princípios do século VIII. O parque arqueológico de Recópolis inclui o recinto amuralhado da cidade, do qual se conservam muros de silhar de uns dois metros de largura, balizados por torres equidistantes e uma única porta de acesso que encerra cerca de 30 hectares de traçado urbano. Nele destaca a igreja, de planta cruciforme e abside semicircular e, geminado a ela, o edifício palacial, o exemplo mais antigo de palácio-basílica da Alta Idade Média de todo o Ocidente europeu. Extramuros, também se descobriram vestígios das pedreiras de onde se extraiu o silhar para a construção das muralhas da cidade, assim como os aquedutos para abastecimento de águas.

Parque arqueológico de Recópolis


Carretera de Almoguera, s/n

19119  Zorita de los Canes, Guadalajara  (Castela-La Mancha)