Travel Safe

Conselhos para viajar com segurança Últimas notícias
Restaurante Abades Triana, Sevilha

Planos para foodies em Sevilha

Sevilla

Tentações gastronômicas que estão na moda na capital andaluza


Comer bem é outro grande motivo para viajar a Sevilha. Se lugares como a catedral, La Giralda, o Alcázar, a Plaza de España, o parque de María Luisa e o bairro de Santa Cruz apaixonam o viajante, os atributos gastronômicos da capital andaluza são igualmente tentadores. Estas são algumas propostas culinárias que marcam tendência entre a comunidade foodie, e outras tão sevilhanas que vale a pena experimentar.

Vocabulário básico para ‘tapear’

Antes de se aventurar a provar o festival de sabores de Sevilha, é recomendável memorizar algumas palavras essenciais para sobreviver com muito gastro-estilo. Se seus passos levaram você a zonas como a Alameda, Los Remedios, Macarena, Nervión ou Triana, está no caminho certo!Uma tapa de... ¿adobo? Sim, por que não? Embora seja um aperitivo muito tradicional, estes pequenos pedaços de peixe marinado (normalmente cação), empanado em farinha e frito podem deslumbrar nas apresentações mais modernas e sofisticadas. Só há uma coisa garantida ao pedir um montadito: o pedaço de pão –frio ou quente- que envolve a variedade de ingredientes que podem ser encontrados dentro. E a expressão ‘pes-pa’? Se você está em um bar de Sevilha, certamente estão falando de peixe-espada: na chapa é uma delícia. Se alguém oferece um fino ou uma manzanilla, está falando de um vinho andaluz da denominação de origem Jerez, e se lhe servirem um ‘rebujito’ você estará reduzindo o álcool com um refresco com gás. Estes tecnicismos podem ser suficientes para se defender no ‘tapeo’ de Sevilha, mas o melhor é ir descobrindo o resto na hora.

Tapa de adobo e taça de vinho

Harmonização com cervejas artesanais

O universo dos mercados locais pode ser maravilhoso para conhecer o que é preparado nos fogões do lugar que você está visitando. Também é assim em Sevilha. O espaço gastronômico Lonja de Feria, situado em um mercado histórico, o da rua Feria, oferece combinações de bebida e tapa a um preço fechado. Pratos de arroz, frituras de peixe do dia, ostras, frutos do mar, croquetes, salmorejos e muitas opções de comida internacional.Outro gastromercado de referência é a Lonja del Barranco, na beira do rio Guadalquivir e com mais de vinte estabelecimentos para comer e até comprar alguma lembrança ‘cool’. Desde defumados e conservas gourmet até um local para se deixar surpreender pelos salmorejos mais originais. E já que você está provando coisas diferentes, que tal uma combinação com cervejas artesanais? Isto é possível no Mercado de Triana, que tem até uma íntima sala de teatro com apenas 28 lugares, onde são programados desde ciclos de cinema até música ao vivo.

Jantar mais ópera ou zarzuela

A música e a gastronomia são dois prazeres que costumam combinar, especialmente na Andaluzia. Os internacionalmente conhecidos espetáculos em tablados flamencos costumam ser complementados com degustações e tapas. Já para os públicos mais exigentes, Sevilha oferece cada vez mais possibilidades neste sentido, e estas combinações incluem outros gêneros musicais clássicos como a ópera. Nesta linha, uma oportunidade de desfrutar de um espetáculo muito autóctone é assistir a uma zarzuela enquanto você saboreia um delicioso jantar. A zarzuela é uma espécie de versão espanhola do opéra-comique francês ou do singspiel alemão.Outra corrente muito em auge à beira do Guadalquivir são os locais situados justamente na ribeira deste bonito rio navegável. Barracas de madeira que servem todos os tipos de coquetéis, com redes para contemplar a vista e um ambiente muito chill-out perfeito para o afterwork ou para o descanso após uma intensa jornada turística.

Espetáculo com jantar em El Patio Andaluz, Sevilha