Travel Safe

Conselhos para viajar com segurança
Vista panorâmica de Cáceres, Extremadura

Dois dias em Cáceres

Cáceres

Cáceres é uma das cidades declaradas Patrimônio da Humanidade na Espanha. Com o terceiro maior conjunto monumental da Europa, nesta cidade você se transportará à época do Renascimento e principalmente à Idade Média, graças aos seus palácios, ruas, praças e muralhas especialmente bem conservados. Embora Cáceres ofereça muitas coisas para ver, neste artigo você descobrirá alguns dos lugares que não deve perder em uma visita de dois dias. Anote aí!

A Plaza Mayor

A Plaza Mayor é, sem dúvida, uma visita imprescindível da cidade. Está rodeada por alpendres do século XVI, e nela você verá:- A Prefeitura, um bonito edifício do século XIX.- A Torre de Bujaco, a mais importante da cidade, uma construção de 25 metros de altura e origem árabe. Em seu interior você poderá visitar o Centro de Interpretação das Três Culturas. Além disso, você não pode ir embora sem subir ao alto da torre.- A Torre dos Púlpitos, de origem cristã e 16 metros de altura, que fica encostada na parte externa da muralha. Pode ser visitada entrando através da torre de Bujaco.

Plaza Mayor de Cáceres, Extremadura

- A Torre de Yerba, uma construção de origem árabe, mais concretamente uma das últimas a serem construídas enquanto Cáceres estava em poder dos muçulmanos.- A Ermida de La Paz foi construída sobre os restos de uma capela renascentista do século XVI. - O Arco da Estrela é a principal porta de entrada do recinto amuralhado de Cáceres. Embora tenha sido aberto no século XV, sua forma atual é obra de Manuel de Lara Churriguera e foi realizada em 1726.

Arco da Estrela, Cáceres

A praça de Santa María

Esta praça está entre as mais importantes da cidade. Foi utilizada durante muito tempo como mercado e até como lugar de celebração de casamentos da nobreza. Nela você verá:- A Concatedral de Cáceres, uma igreja com origem no século XIII, mas que, após sua destruição, foi reconstruída como é agora durante os séculos XV e XVI. Não perca seu interior de estilo gótico e a vista de sua torre campanário, onde você observará uma imagem panorâmica de 360º.- O Palácio Episcopal. Sua parte mais antiga data do século XIII, e sua última modificação é do século XVII. - O Palácio de Hernando de Ovando, de estilo renascentista. Construído no século XV e reformado no XVIII.

Estátua de San Pedro na praça de Santa María, Cáceres

- O Palácio dos Mayoralgo, com uma linda fachada do século XVI, que foi destruída durante a Guerra Civil espanhola em 1937 e reconstruída posteriormente.- O Palácio Provincial, que em suas origens foi um convento, destaca-se por seu pórtico renascentista.- O Palácio dos Golfines de Abajo fica na praça de Los Golfines, anexa à praça de Santa María. É uma construção que data dos séculos XV e XVI. São feitas visitas guiadas muito recomendáveis ao seu interior.

Turistas tirando uma foto na praça de San Jorge com o Palácio Golfines de Abajo ao fundo (Cáceres)

A praça de San Jorge

Nesta praça de grande beleza você será surpreendido pela igreja de San Francisco Javier, uma igreja jesuíta de estilo barroco construída no século XVIII. É um desses lugares que fazem de Cáceres uma das cidades com charme da Espanha. O interior da igreja pode ser visitado e, além disso, você poderá subir ao mirante. Nas escadarias que sobem da praça até o interior da igreja há uma escultura de bronze de São Jorge matando o dragão, a representação de uma lenda que diz que, após a morte do animal nesse duelo, a cidade conseguiu se converter ao cristianismo.

Igreja de San Francisco Javier na praça San Jorge, Cáceres

A muralha

Sem dúvida, é um dos principais monumentos de Cáceres. É de origem romana e mais tarde, no século XII, foi reconstruída pelos almôades. Apesar de ter sido criada originalmente com uma função defensiva, hoje em dia envolve a parte antiga da cidade. A muralha é conservada quase em sua totalidade, e nela estão integradas, entre outras, a Torre dos Púlpitos e a Torre de Bujaco. Através desta última, você poderá acessar um pequeno trecho da muralha e caminhar sobre ela.

Passeio pelas muralhas de Cáceres

Como aproveitar tudo que Cáceres oferece

Agora que você já conhece alguns dos lugares imprescindíveis da cidade, anote estas recomendações para aproveitar sua visita ao máximo:- Se você é um amante da culinária, estes são alguns pratos típicos que você deve provar: a Torta del Casar, um queijo cremoso produzido na província de Cáceres; as migas cacereñas, um prato cujo ingrediente principal são os miolos de pão, simples mas muito saboroso; o presunto ibérico criado nas pastagens da Estremadura, realmente delicioso; as flores extremeñas, um doce em formato de flor, perfeito para a sobremesa; o zorongollo, uma salada de pimentão vermelho assado, tomate, alho e azeite de oliva que você não pode deixar de provar; e muitos outros pratos. Não hesite em pedir recomendações nos bares e restaurantes que você visitar.Além disso, nesta cidade é costume acompanhar cada cerveja ou bebida com uma tapa, um pequeno prato de comida. Sem dúvida, uma boa opção para experimentar pratos locais sem gastar muito dinheiro. 

Passando o queijo cremoso Torta de Casar no pão

Para tomar um drinque, dirija-se à Calle Pizarro, uma das ruas mais tradicionais da cidade.  - Se você gosta de ver os interiores dos monumentos, é recomendável organizar sua visita para vê-los de manhã, assim evitará chegar tarde e encontrá-los fechados. Comprove sempre os horários antes de sua visita à cidade, já que podem variar.- Se você quer fazer uma vista especial a Cáceres, não deixe de passear pela parte antiga após o pôr do sol. Você vai adorar.    - Em relação ao clima, se visitar a cidade no outono e na primavera você evitará o excesso de frio e de calor. No entanto, Cáceres é perfeita para conhecer em qualquer época do ano.  Como você vê, existem motivos de sobra para que Cáceres seja uma das cidades declaradas Patrimônio da Humanidade na Espanha. Sem sombra de dúvida, é um dos melhores lugares para passear se você gosta de descobrir cultura, história e beleza a cada passo. Deixe-se surpreender por seus 41 palácios, 1.238 escudos senhoriais e seu aljibe (cisterna) muçulmano perfeitamente conservado. Além disso, também poderá visitar dois bairros judeus e 30 edifícios declarados Bem de Interesse Cultural. Não duvide mais, adentrar-se nas ruas e na culinária desta cidade será uma experiência única. 

Vista noturna de Cáceres, na Extremadura