Travel Safe

Conselhos para viajar com segurança
Paisagens de La Rioja

Experiências inesquecíveis para apreciar o vinho em La Rioja

La Rioja

Beba La Rioja com estes planos

La Rioja é conhecida por ser um dos melhores destinos de enoturismo na Espanha. Provar seu produto estrela, o vinho, pode ser uma autêntica experiência. Isso é porque as vinícolas, o setor hoteleiro e as empresas da região fizeram uma aposta em surpreender o viajante com inúmeras atividades diferentes que são mencionadas a seguir, como sobrevoar os vinhedos de balão, fazer uma degustação com um especialista sommelier, conhecer uma vinícola de design ou fazer uma visita a um dos melhores museus do vinho do mundo. Aqueles que sempre quiseram diferenciar os distintos aromas do vinho e ver como é elaborado, ou fotografar campos infinitos de vinhedos vão achar seu lugar em La Rioja. Uma verdadeira aventura gastronômica.

Comer tapas na rua Laurel, em Logroño

Se há uma rua famosa na capital de La Rioja para “ir de tapas” (provar pequenos petiscos de bar em bar), essa é a rua Laurel. Os balcões dos locais estão cheias de petiscos, e você vai notar que cada bar tem uma especialidade gastronômica própria, algumas já emblemáticas, como o típico champignon -"champi"-. O vinho Rioja para acompanhar não pode faltar, e a atmosfera agitada convida a ficar por lá.Existem outras maneiras originais de conhecer Logroño através do vinho. Por exemplo, fazer alguma degustação harmonizada acompanhada por música dentro do programa CATARTE, ou um dos passeios narrados que percorrem o centro histórico. Neles vão lhe contar lendas sobre o vinho, e costumam acabar com uma degustação em uma das vinícolas da cidade. E se você gosta desta gastronomia em miniatura, outros lugares recomendáveis de La Rioja para prová-la são Calahorra e a zona de La Herradura em Haro.

Ponte de Logroño

Deixar-se surpreender por um dos melhores museus do vinho do mundo

Trata-se do Museo Vivanco de la Cultura del Vino, na bonita cidadezinha de Briones. É o lugar perfeito para aprender sobre a história do vinho, ver vasilhas de séculos de idade ou grandes obras de arte (de Picasso, Sorolla, etc.) relacionadas com o mundo do vinho, e o melhor de tudo, fazer uma degustação com um enólogo e sommelier profissional ou passear pelas vinhas. De fato, o museu conta com o Jardim de Baco, onde podem ser vistas mais de 220 variedades de videiras de todo o mundo.

Museu Vivanco, La Rioja

Escolher entre as mais de 80 vinícolas com visita turística

Das mais de 500 vinícolas existentes em toda a região de La Rioja, mais de 80 abrem suas portas ao viajante para mostrar os vinhedos, como são os processos de elaboração, como são fabricadas as barricas, onde são guardadas safras legendárias ou vinhos antigos de coleção... Entrar em qualquer um destes “templos do vinho” é uma verdadeira experiência sensorial, e em alguns deles você poderá fazer cursos de degustação que dão até um diploma. Um lugar que não pode faltar em sua viagem é Haro, porque lá ficam algumas das vinícolas mais famosas e com mais tradição de toda La Rioja. O que se sente em Haro pelo vinho é pura paixão.

Barricas

Comer em um restaurante com estrela Michelin em um povoado de 48 habitantes

Mais concretamente, na linda cidadezinha rodeada de natureza de Daroca de Rioja. Lá fica o restaurante Venta Moncalvillo, dos irmãos Echapresto. Seu cardápio e sua impressionante adega se somam à possibilidade de se inscrever para alguma de suas propostas: fazer um roteiro em que o sommelier Carlos Echapresto serve de guia em lagares rupestres, castelos e adegas centenárias de La Rioja; fazer um almoço harmonizado com vinho e produtos da temporada; visitar a horta para ver como é cultivada de forma orgânica, e depois, no terraço tomar um aperitivo com vista para a cozinha ou almoçar de maneira exclusiva em uma fábrica de barricas com vista para o vinhedo. Além deste, La Rioja conta com outros três restaurantes com Estrelas Michelin: El Portal de Echaurren, Kiro Sushi e Ikaro.

Alcaparrões com chouriço e morcilha

Percorrer vinhedos a pé, de bicicleta ou a cavalo

Uma forma diferente de se aproximar ao mundo do vinho é fazer alguma atividade no meio dos vinhedos. Muitas acomodações e empresas organizam experiências como passeios fotográficos pelos vinhedos, passeios de segway entre as parreiras, um piquenique no próprio vinhedo para apreciar o vinho ao ar livre, um passeio em grupo a cavalo, uma gincana em família, agradáveis roteiros de mountain bike... Cada viajante escolhe a atividade que mais se adapta a seus gostos.

Viver uma vindima... em um balão?

Sim. Sobrevoar -especialmente durante os meses de outubro e novembro- os vinhedos que se tornam amarelos e vermelhos é um grande espetáculo que vale a pena viver ao menos uma vez na região de La Rioja Alta. Do balão, você verá os diferentes povoados e castelos e o rio Ebro rodeado por choupos amarelos e ocres, fará um “brinde nas alturas” com espumante riojano e acabará com um típico almoço de produtos regionais.Uma vez com em terra firme, existem mais maneiras de viver a vindima. Várias empresas de enoturismo oferecem a chance de participar das técnicas de colheita e dão a possibilidade de ser uma das primeiras pessoas a experimentar o primeiro vinho do ano de uma vinícola ou de encher sua própria garrafa para levá-la para casa.

Andando de bicicleta

Fazer um tratamento à base de vinho

Apesar de ser um pouco chamativo, o certo é que os extratos naturais da uva podem ser muito positivos. Por isso, vários spas e estações termais de La Rioja têm tratamentos baseados no vinho. Imagine. Uma massagem, um banho espumoso com produtos de vinhoterapia e um convite para uma taça de vinho.

Dormir entre vinhedos

Acordar, olhar pela janela do quarto e ver como o sol sai entre os vinhedos... Esta é uma das experiências que você poderá viver em algum dos chamados “Alojamentos do vinho” de La Rioja. Imagine se hospedar em um palacete do século XVIII, junto a um moinho do século XVII ou em um hotel com vinícola própria?

Hotel Arnedillo

Andar no Trem do Vinho

“O Rioja e os 5 sentidos” é um programa pensado para difundir a cultura do vinho, organizado todos os anos durante os meses de março, maio, junho, setembro e novembro. Uma das propostas deste programa é subir a bordo do Trem do Vinho, que sai da estação de Logroño com destino a Haro para visitar as vinícolas da área. Os passageiros viajam na companhia de atores vestidos com trajes antigos, que contam histórias para aproximá-los mais a este mundo. 

Paisagem de La Rioja
Descubra mais sobre...