Travel Safe

Conselhos para viajar com segurança Últimas notícias
Turista apoiada no carro para descansar de sua viagem por estrada

Viagens para destinos sustentáveis do norte da Espanha aos quais você pode chegar por estrada

none

Você tem vontade de fazer uma escapada para a Espanha e não quer pegar um avião? Você gostaria de conhecer lugares especialmente comprometidos com o cuidado do meio ambiente e a conservação da cultura? Veja aqui algumas regiões do norte da Espanha às quais você pode chegar por estrada e, uma vez lá, mergulhar de cabeça na natureza.Todas elas estão incluídas entre alguns dos melhores destinos turísticos sustentáveis do mundo, de acordo com a Associação Internacional Global Green Destinations. 

  • Flamingos no Delta do Ebro, Catalunha

    Terres de L'Ebre (Catalunha)

    Declarado Reserva da Biosfera pela UNESCO, este território situado na foz do rio Ebro -o mais caudaloso da Espanha- é uma das áreas mais bonitas de Tarragona. Em poucos lugares do mundo você vai encontrar dois parques naturais com dois ecossistemas diferentes em pouco mais de 30 quilômetros: O Parque Natural do Delta do Ebro e a enorme cordilheira do Parque Natural de Els Ports, perfeito para observar aves.O litoral se estende por mais de 140 quilômetros e você poderá passear pela praia da Marquesa até chegar ao farol do Fangar e ver um fim de tarde nas dunas do Delta do Ebro. O que torna este lugar especial é que, além disso, é possível fazer muitos outros planos para se desconectar. Por exemplo, navegar pelo rio a bordo de uma embarcação tradicional chamada llagut, conhecer cidades como Tortosa ou lindos povoados como Miravet e seu castelo com restos templários, ou descobrir as pinturas rupestres de Ulldecona.Se o que você quer é saborear a gastronomia, experimente fazer uma visita às vinícolas onde você vai degustar os vinhos da Denominação de Origem Terra Alta, à Catedral do Vinho em El Pinell de Brai ou a algum dos restaurantes com estrelas Michelin da área.

  •  Montanha de Pedraforca em Saldes, Berguedà (Catalunha)

    El Berguedà (Catalunha)

    Esta região fica nos Pré-Pirineus da Catalunha e a apenas uma hora de carro da cidade de Barcelona. O que ela tem de especial? Faz parte do Parque Natural do Cadí-Moixeró, um lugar com picos de até 2.600 metros onde você pode observar corços, quebra-ossos e águias. El Berguedà desenvolveu uma rede de 2.000 quilômetros de trilhas para caminhar e andar de bicicleta. Além disso, há vários roteiros de longo percurso que atravessam a zona, como o Camí dels Bons Homes (que segue o caminho que era utilizado pelos cátaros na Idade Média para escapar do sul da França) ou Es Cavalls del Vent (um caminho circular que conecta oito refúgios de montanha).Outras ideias originais para tirar férias excelentes são visitar o Centro Astronômico de Pedraforca (o céu de El Berguedà -no meio das montanhas e longe das grandes cidades- é particularmente límpido) ou descobrir seu incrível legado cultural e histórico. Tem interessantes museus dedicados ao seu passado de mineração, de fábricas têxteis e à migração para as colônias. Além disso, realiza festas com séculos de antiguidade como a Fia-Faia ou a Patum da cidade de Berga, declarada Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade.E não deixe de provar produtos locais como queijos e geleias. 

  • Turista tirando uma foto no vale de Nuria, nos Pirineus de Lérida (Catalunha)

    Pallars Jussà (Catalunha)

    Em plenos Pirineus da Catalunha, esta região de Lleida oferece desde planícies agrícolas até extensos bosques, altas montanhas, lagos e represas. Sua aposta no turismo sustentável se reflete em inúmeras iniciativas que você poderá aproveitar. Uma das mais especiais é o Trem dos Lagos, um passeio a bordo de um trem histórico ou panorâmico que atravessa as terras de Lleida até chegar aos emblemáticos lagos dos Pré-Pirineus. Você também pode fazer caminhando o roteiro guiado El Cinquè Llac. Trata-se de um trajeto circular com origem em La Pobla de Segur que levará você durante sete dias a conhecer maravilhosas paisagens, a apreciar a tranquilidade do meio rural e a provar a deliciosa culinária local.Mas ainda tem muito mais: você pode visitar o Geoparque Orígens (onde foram encontrados numerosos fósseis de dinossauros), o Parque Astronômico do Montsec ou subir no teleférico da Vall Fosca, a mais de 2.000 metros de altura, para iniciar um roteiro no Parque Nacional de Aigüestortes i Estany de Sant Maurici. Se você for no verão, não perca as festas do fogo do solstício, declaradas Patrimônio Imaterial.

  • Turista caminhando para o castelo de Montgrí, em Girona (Catalunha)

    Torroella de Montgrí-l'Estartit (Catalunha)

    Este destino fica na região do Baix Empordà-Costa Brava (Girona). Se você viajar até aqui, a ideia é conhecer o Parque Natural do Montgrí, les Illes Medes i el Baix Ter de forma sustentável através dos diferentes roteiros de trekking e ciclismo existentes. Existem inclusive percursos mais longos, como a Via Verde “Pirinexus”, que chega até os Pirineus, ou o roteiro que acompanha o curso do rio Ter ao longo de 200 quilômetros.Se você gosta de mergulho, vai adorar se submergir nas águas das Ilhas Medas, porque contam com uma das reservas de flora e fauna marinha mais importantes do Mediterrâneo ocidental.Também não ficam para trás o patrimônio e a agenda cultural desta região. Anote em seus planos uma visita ao famoso Castelo do Montgrí, um passeio por suas galerias de arte ou um show de algum de seus festivais, como o de Torroella ou o de Jazz L'Estartit. 

  • Praia de Trengandín, em Noja (Cantábria)

    Noja (Cantábria)

    Este município fica à beira do mar Cantábrico, entre as cidades de Santander e Bilbau. Seu compromisso com o meio ambiente é demonstrado, por exemplo, na Feira Internacional Econoja. Você sabia que 75% de sua extensão está situada dentro da Reserva Natural das Marismas de Santoña, Noja e Joyel? Você vai adorar passear e dar um mergulho em suas duas espetaculares e bem cuidadas praias de areia fina e dourada -Ris e Trengandín- que somam mais de seis quilômetros.Além disso, suas áreas alagadiças fazem de Noja um lugar de passagem para milhares de aves, que lhe proporcionarão imagens fascinantes. O recomendável para realizar esta atividade conhecer o centro de educação ambiental El Molino de las Aves.Você também pode praticar surf, descobrir seus casarões e palácios ou fazer um passeio guiado por marismas, campinas e dunas.

Descubra mais sobre...