Travel Safe

Conselhos para viajar com segurança Últimas notícias
Homem numa lancha no interior das Cuevas del Drach (cavernas do dragão), em Maiorca.

O segredo das cavernas do Drach, em Maiorca

Mallorca

Você sabia que as cavernas do Drach escondem um grande lago no seu interior? Estas cavernas surpreendem o visitante com um lago de mais de 115 metros de comprimento, conhecido como lago Martel. Não é à toa que suas águas subterrâneas sejam classificadas entre as maiores do mundo. 

Para chegar, você deve ir diretamente ao município de Manacor, perto de Porto Cristo, um dos vilarejos de pescadores mais bonitos da região leste de Maiorca, no arquipélago das Ilhas Baleares. As cavernas do Drach são quatro belezas naturais chamadas de caverna Negra, caverna Branca, caverna de Luis Salvador e caverna dos Franceses. Todas elas são conectadas entre si e formam um dos grandes patrimônios da região.

Vista de Porto Cristo, em Maiorca

Foi em 1896 que o espeleólogo francês E. A. Martel entrou nas profundezas da caverna e observou como a chuva ia formando lentamente suas cavidades, se infiltrava através das paredes e criava, desta forma, pequenas salas cheias de lindas estalactites e estalagmites. Quando você entrar nos banhos Diana, perceberá um ambiente quente e agradável ao seu redor. Não se preocupe com o agasalho, já que a temperatura média fica em torno dos 18 °C durante o ano inteiro. Pense apenas em relaxar e aproveitar. A visita dura aproximadamente uma hora, e o passeio deleitará você com um concerto de música clássica ao vivo. Durante dez minutos, um quarteto de violoncelo, viola e dois violinos tocarão uma doce melodia para você.  Este espetáculo já era realizado em 1935. 

Vista do interior das cavernas do Drach, em Maiorca

Pouco a pouco, você descobrirá como as cavernas estão perfeitamente conservadas e iluminadas graças ao engenheiro catalão Carles Buïgas, conhecido como “o mago da luz”. Suas luzes e sombras dão às cavernas uma aura incrível e bonita, ideal para imortalizar o momento com um relaxante passeio de barco. Entre o suave balançar da embarcação, você irá descobrindo as profundezas da caverna e da água. Uma água um pouco salgada, cujo nível sobe ou baixa dependendo do vento e da lua. Além disso, conforme a cor que tiver, você poderá adivinhar a profundidade. Se a cor for verde, o fundo estará a aproximadamente três metros; se for azul, a uns oito metros; e se for branco, a apenas um metro. E não se preocupe, durante todo o trajeto você poderá tirar fotos e filmar tudo que quiser.  

Vista do interior das cavernas do Drach, em Maiorca

O ticket da entrada marcará a hora da sua visita e o tempo que você tem para contemplar o lugar. Você pode reservar seu passeio pela internet ou no local, a decisão é sua. As vagas são limitadas em cada percurso e só pode entrar quem tem ingresso. Aproveite a viagem para visitar também o centro histórico de Manacor e a igreja de Nostra Senyora dels Dolors. Refrescar-se na Cala Morlanda e suas águas turquesa. Deitar na areia branca e fina da Cala Mendia. E explore a via verde entre Manacor e Artà, um lindo trecho de aproximadamente 29 quilômetros para conhecer melhor a riqueza da fauna e flora do lugar. 

Visitantes no interior das cavernas do Drach, em Maiorca
Descubra mais sobre...