Travel Safe

Conselhos para viajar com segurança Últimas notícias
Alcázar de Segóvia

Castilla y León, uma viagem no tempo

Castela e Leão

Uma história através da arquitetura.


A região mais extensa da Espanha tem no seu mapa um dos melhores legados arquitetônicos de todo o país. Aqui esperam por você centenas de castelos, igrejas e palácios, além de 12 catedrais, tudo isso em uma comunidade autônoma que inclui oito lugares catalogados como Patrimônio Mundial pela Unesco.

  • Muralha de Astorga com o palácio episcopal, obra de Gaudí, atrás à esquerda junto à catedral

    O Caminho de Santiago como eixo

    Mais de 450 quilômetros de trilhas marcam o Caminho Francês. As províncias de Burgos, Palencia e León fazem parte do roteiro compostelano que passa por Castilla y León. Durante o percurso você vai ver lugares como Castrojeriz, Carrión de los Condes, Sahagún e Astorga, cujas igrejas e mosteiros floresceram ao lado do Caminho.

  • Vista da Catedral de Zamora

    As joias do românico

    A influência da Reconquista também permitiu que a arquitetura se estendesse para outras áreas.  Descubra o que aguarda você em outras províncias como Soria, a própria Palencia e Zamora, com alguns dos exemplos mais representativos do românico castelhano, como a catedral de Zamora; a igreja de San Martín de Frómista, em Palencia; a de Santa María La Antigua, na cidade de Valladolid, ou a de San Miguel, no povoado soriano de San Esteban de Gormaz.

  • Vista panorâmica externa da Catedral de León

    O gótico elevado ao céu

    O românico foi sucedido pelo estilo gótico, e as torres e campanários de igrejas e catedrais se estilizaram. Nesta busca da luminosidade, catedrais como a de León se converteram em espaços onde a luz brilha através dos vitrais, criando impressionantes exemplos coloridos.

  • Imagem panorâmica de Ávila nevada

    Uma cidade entre muros

    Resguardada por sua muralha completa com origens do século XII, Ávila representa o tradicional charme castelhano. Estreitas ruelas de pedra e pequenas igrejas são protegidas por este recinto amuralhado. Passeie por alguns dos trechos habilitados ou pelo seu perímetro para descobrir um exemplo único de construção defensiva. Ah, e não deixe de contemplar o pôr do sol da cidade, que é impressionante visto de seus 1.132 metros de altitude.

  • Detalhe da entrada da catedral de Burgos

    O orgulho do Cid

    Por si só, a Catedral de Burgos conseguiu ser declarada Patrimônio Mundial pela Unesco. Inspirada no gótico francês, se você parar diante de sua imponente fachada vai viajar imediatamente ao século XIII. Além disso, nela está enterrado o mítico Cid Campeador, uma figura lendária da história da Espanha.

  • Aqueduto de Segóvia à noite

    2.000 anos de viagem em uma única cidade

    Legado romano e lembranças medievais se encontram em Segóvia, uma cidade com mais de dois milênios de história. Passeie debaixo dos arcos do aqueduto, o principal legado da etapa romana, mas não deixe de se maravilhar com as particulares formas do Alcázar, um castelo medieval que inspirou o projeto do conhecido castelo da Disney. Outra visita obrigatória na cidade é a catedral gótica, apelidada “a bela desconhecida”.

  • Catedral de Salamanca

    Um monumento ao conhecimento

    “O que a natureza não dá, Salamanca não empresta”, embora aqui, entre a Plaza Mayor, o legado universitário –foi uma das primeiras universidades da Europa- e as duas catedrais, a capital da província vai levar você a épocas mágicas em que a pedra era a protagonista. Junto a elas, em seu centro histórico, igrejas e palácios dão as boas-vindas a viajantes de todas partes do mundo que querem conhecer melhor este templo centenário do saber.

  • Vista parcial do claustro do Mosteiro de Santo Domingo de Silos. Burgos

    Terra de mosteiros

    Diferentes ordens religiosas, como a do Císter, a dos Cartuxos e a das Clarissas puseram seu grãozinho de areia na construção de mosteiros por toda a região de Castilla y León. Nomes como Santo Domingo de Silos, em Burgos; San Pedro de Dueñas, em León; ou o convento de Santa Clara, em Palencia, que ainda está em ativo, são o testemunho da importância que o culto divino teve nesta área.

  • Torre do castelo de Peñafiel. Valladolid

    Mais de 150 castelos

    A Reconquista e o repovoamento trouxeram a necessidade de proteger as novas terras com edifícios defensivos. Construídos durante a Idade Média, são muitos os exemplos que estão distribuídos pelas nove províncias. Os de Coca e Cuéllar, em Segóvia; o de Peñafiel, em Valladolid; o de Mombeltrán, em Ávila; o de Ponferrada, em León; e o de Puebla de Sanabria, em Zamora, são alguns dos exemplos mais bem conservados de toda a comunidade.