Travel Safe

Conselhos para viajar com segurança Últimas notícias
Vista noturna da Catedral de Oviedo

Catedral de Oviedo

Asturias

Um símbolo do gótico espanhol.


Embora seu estilo seja principalmente gótico, a catedral de Oviedo oferece ao visitante a oportunidade de identificar diversas e claras manifestações barrocas e renascentistas.

Assenta-se sobre uma basílica construída por Fruela I em homenagem a San Salvador. Começou a ser edificada no final do século XIII e foi concluída durante a segunda metade do século XVI. A fachada é obra de Juan de Badajoz e de Pedro de Buyeres. A torre (século XV) chama a atenção por sua esbelta agulha perfurada. O templo é formado por três naves com capelas nas laterais, cruzeiro e deambulatório renascentista. Diversos motivos vegetais decoram os capitéis dos pilares de grande comprimento que sustentam o telhado da catedral. O retábulo principal, repleto de pequenos dosséis perfurados, relata a vida de Cristo com manifestações pictóricas de estilo gótico e influência flamenga. Na capela do rei Casto se encontra o Panteão Real de estilo barroco, onde estão sepultados os reis de Astúrias. O afresco da abóbada da sacristia, também barroca, é obra do pintor Martínez de Bustamante. No claustro foi instalado o Museu Diocesano, que conta com importantes elementos de arqueologia. A Câmara Santa, declarada Patrimônio da Humanidade pela UNESCO, é integrada na catedral e guarda o Tesouro Catedralesco no qual se destacam a Cruz dos Anjos, a Cruz da Vitória, a Caixa das Ágatas e a Arca Sagrada.

Catedral de Oviedo


Plaza Alfonso II El Casto, s/n.

33003  Oviedo, Astúrias  (Principado das Astúrias)

O que fazer

Planos para inspirar-se


O que fazer

Visitas próximas