Travel Safe

Conselhos para viajar com segurança Últimas notícias
L

L'Espluga de Francolí

Tarragona

Em plena comarca da Conca de Barberà, a meio caminho entre as terras do interior e o litoral de Tarragona, situa-se L'Espluga de Francolí.

Rodeada por uma frondosa paisagem natural, esta localidade encontra-se profundamente ligada à produção vinícola, como demonstra uma das joias arquitetônicas de seu centro histórico, a Adega Modernista com seu Museu do Vinho.L’Espluga, situada dentro da denominada Caminho do Císter, converte-se também na antessala do Mosteiro de Poblet. Este conjunto monástico cisterciense, um dos mais importantes da Espanha, encontra-se declarado Patrimônio da Humanidade pela UNESCO desde 1991.

Regado pelas águas dos rios Milans e Francolí, L’Espluga de Francolí é uma das localidades mais turísticas do interior de Tarragona. A incrível beleza do ambiente natural que lhe rodeia e sua proximidade ao Mosteiro de Poblet permitiram dotar este município, de fundas raízes agrícolas, de uma importante infraestrutura turística relacionada com a prática de esportes ao ar livre tais como a caminhada, os roteiros em bicicleta e a cavalo, a escalada ou a espeleologia.Sua condição de lugar de veraneio remonta-se ao final do século XIX, com o desenvolvimento de Las Masías, complexo hoteleiro situado nos arredores da localidade que aproveitava as propriedades especiais dos mananciais da região.Além de seus inumeráveis atrativos naturais, L'Espluga de Francolí oferece dentro de seu traçado urbano numerosas possibilidades culturais e de lazer. Sem dúvida, uma das opções mais interessantes é visitar a Caverna Museu da Font Major. Descoberta de forma acidental em 1853, a caverna compõe-se de um conjunto de galerias subterrâneas de origem cárstica pelas quais passam as águas do rio Francolí e que abrigaram diversos assentamentos humanos ao longo da história. Parte de suas instalações acolhem uma interessante exposição sobre as diversas formas de vida de seus antigos povoadores, pertencentes ao Paleolítico Inferior, Neolítico e Idade do Bronze.A vila goza de uma intensa vida cultural, como se pode apreciar em El Casal, um histórico centro social onde se realizam os mais variados eventos artísticos, culturais e esportivos, incluindo oficinas de teatro, escola de música, festivais, certames literários, etc.O passeio pelo centro histórico nos levará também até a antiga Casa Carulla (séc. XVII), onde se situa o Museu da Vida Rural. Através de suas diferentes seções, o visitante poderá conhecer os costumes, atividades agrícolas, ofícios tradicionais e outros aspectos relacionados com o passado da localidade.Quanto à arquitetura local, esta tem duas de suas principais referências no Antigo Hospital (séc. XIV), hoje biblioteca e arquivo municipal, e a igreja de Sant Miquel ou Igreja Vieja, templo românico de transição ao gótico (séculos XII-XIV). Declarado Monumento Histórico-Artístico, possui uma torre anexa que, além de abrigar um pequeno museu, permite contemplar belas vistas da urbe.

A cidade e o vinho

Introduzido a meados do século XIX, o cultivo da videira supôs um importante impulso ao desenvolvimento econômico da região. Precisamente, uma das joias arquitetônicas de L'Espluga encontra-se estreitamente vinculada à produção vinícola: a Adega Cooperativa. Trata-se de um magnífico exemplo de adega modernista projetada no princípio do século XX por Lluís Domènech i Montaner e finalizada pelo seu filho Pere. Considerada por muitos como a “catedral do vinho”, o edifício consta de três galpões e destaca pela sobriedade e elegância de seus linhas. Suas instalações acolhem atualmente o Museu do Vinho, que permite conhecer a história e a evolução dos métodos de elaboração do vinho, através de audiovisuais e outros materiais expositivos.Em qualquer dos bares e restaurantes de l’Espluga poderão degustar os excelentes vinhos produzidos na localidade, amparados pela Denominação de Origem Conca de Barberà, na que sobressaem os brancos, apesar de que também se produzem rosados, tintos e espumosos. Estes caldos serão o complemento ideal às especialidades típicas da região. Saborosos pratos como as coques de recapte (massa fina de pão assada com cebola, espinafres e outras verduras) e carnes à brasa servidas com verduras e (molho com alho e óleo). Também não se devem esquecer as hortaliças do interior, acompanhadas com molho romesco (elaborada com pimentões vermelhos secos, tomates e amêndoas), e os saborosos embutidos de elaboração artesanal. A amêndoa é o ingrediente principal nas sobremesas, entre as que se destacam os célebres carquinyolis e as amêndoas (banhadas em calda de caramelo).

Arredores

L’Espluga de Francolí localiza-se em pleno Caminho dos Mosteiros do Císter, que nos levará a conhecer na província de Tarragona os mosteiros de Santes Creus e de Poblet, este último declarado Patrimônio da Humanidade pela UNESCO. Neste singular passeio descobriremos localidades como Prades, Montblanc, Alcover ou La Selva del Camp.Por sua parte, a Costa Daurada compreende parte da faixa costeira de Tarragona. Um litoral de águas tranquilas e pouco profundas, com excelentes praias de tom dourado. Localidades como Salou, Cambrils, Calafell, Torredembarra ou Altafulla combinam construções históricas com uma grande quantidade de ofertas de férias às margens do Mediterrâneo. As possibilidades são múltiplas: de visitar o Parque Natural do Delta do Ebro a conhecer o povoado ibérico de Moleta del Remei (em Les Cases d’Alcanar), passando pelo parque temático de Port Aventura. Neste trecho costeiro encontra-se Tarragona capital, que oferece um importante legado monumental entre extensas praias. Seu conjunto romano, Patrimônio da Humanidade, é um dos lugares de interesse desta cidade catalã.

Não deixe escapar

O que visitar


Selecione na lista ou navegue pelo mapa para descobrir os pontos de interesse.

Não deixe escapar

O que visitar


Selecione na lista ou navegue pelo mapa para descobrir os pontos de interesse.