Travel Safe

Conselhos para viajar com segurança Últimas notícias
Balneário de Archena, Múrcia

Estações e centros termais históricos e spas perfeitos para esquecer o estresse

none

Banhos árabes, estações termais com séculos de história cujas águas com propriedades curativas já eram usadas durante o Império Romano, piscinas termais dentro de cavernas naturais... Você vai achar opções incríveis para relaxar na Espanha.

A INSPIRAÇÃO NASRIDA

Você ouve o som da água ao fundo, massageando suas costas ao cair. As bolhas acariciam seu corpo e você, quase por instinto, respira fundo, fecha os olhos e suspira. É a calma que você estava procurando, o momento que você merecia e que faz você achar que está sonhando. Você abre os olhos novamente... e o sonho continua: você está em um banho árabe, boiando em agradáveis águas termais. Poderia ser em Granada, no Balneario de Graena, um dos centros termais mais antigos da Andaluzia, situado em Cortes Graena, no pé do Parque Nacional de Sierra Nevada.Perto de lá existem outros dois complexos termais com mais tradição: o Balneario de Lanjarón, que ao longo de sua história foi frequentado por personagens ilustres como Virginia Woolf, Bertrand Rusell e Federico García Lorca.Além disso, o lugar onde ficam estes centros termais oferece muitas possibilidades. Desde o charme rural de toda a região da Alpujarra até a imprescindível cidade de Granada, onde fica a Alhambra. Não deixe de contemplar um fim de tarde no mirante de San Nicolás (“o mais bonito do mundo” segundo Bill Clinton, ex-presidente dos Estados Unidos).

Balneario de Lanjarón

ÁGUAS FAMOSAS NO IMPÉRIO ROMANO

É literal. Na Espanha continuam ativas duas termas existentes na época dos imperadores Trajano e Adriano. Você sabe onde? Na Extremadura, muito perto da cidade de Mérida, que conserva um conjunto arqueológico romano único, tombado como Patrimônio Mundial pela UNESCO e do qual fazem parte as termas romanas do Balneario de Alange. Isto é, as águas de Alange serviram para relaxar a civilização romana e depois a visigoda e a árabe. Hoje, cerca de 2.000 anos depois (e embora só tenha renascido com força no século XIX), somos nós quem encontramos a calma em suas termas. Imagine como elas devem ser para que tenham sido conservadas tantos anos depois?No norte da Espanha, na região da Galícia, está situado o Balneario de Lugo. Com uma estadia na cidade você verá muros da original terma romana e outros restos remanescentes da antiga Lucus Augusti. Entre todos eles, destaca-se a muralha de Lugo, tombada como Patrimônio Mundial pela UNESCO. Perto de lá, ainda na Galícia, fica a província de Ourense, reconhecida por suas águas termais e com uma ampla oferta de interessantes centros termais, como os de Caldas de Partovia, Carballino, Arnoia, Laias e Lobios.

Estação termal Balneario de Lugo - Concello de Turismo de Lugo

NATUREZA PARA ENTRAR EM CONTATO COM VOCÊ MESMO

Desperte um pouco mais os sentidos, dedique-se tempo e escute finalmente o seu corpo. São alguns dos inúmeros benefícios para a saúde de uma visita a uma estação termal, além das propriedades terapêuticas de suas águas. E alguns balneários potencializam ainda mais esses efeitos por estarem situados em lugares naturais de grande beleza e que nos distanciam do ritmo acelerado do dia a dia. Na Espanha, a ampla maioria opta por estas localizações em contato com a natureza. Veja aqui apenas alguns dos mais históricos.Na Região de Múrcia você pode relaxar em um dos clássicos nos prêmios internacionais do setor, os Wellness Experience. É o Balneario de Archena, um centro termal situado em um lugar privilegiado da ribeira do rio Segura e do Vale do Ricote. Se você for entre a primavera e o outono, uma doce surpresa espera por você... Seu sentido do olfato vai renascer com a fragrância de seus jardins repletos de jasmins.

Centro termal Balneario de Archena, na Região de Múrcia

Aragón é uma região com numerosos centros termais especialmente bem integrados com a natureza. Por exemplo, em Alhama de Aragón fica o Balneario Termas Pallarés, que possui um lago termal natural com águas terapêuticas que se mantêm a 28ºC o ano inteiro apesar de estar ao ar livre. O Balneario de Panticosa é um oásis manancial nos Pirineus de Aragón. Enquanto isso, em Jaraba (Zaragoza), o Balneario de la Virgen é integrado em um impressionante canyon, e o Balneario Sicilia tem uma piscina termal no interior de uma caverna natural. A região é espetacular e excelente para praticar trekking ou outras atividades ao ar livre. É recomendável uma visita ao Mosteiro de Piedra, um parque com a água como protagonista, com numerosas cachoeiras, que fica bastante próximo.

Estação termal Balneario de Panticosa, Aragón

No norte da Espanha, a região da Cantábria é conhecida por sua natureza, e o centro termal Balneario de Puente Viesgo é um bom exemplo. Fica na beira do rio Pas, entre bosques e pradarias. Além disso, é bem pertinho das cavernas de Monte Castillo, declaradas Patrimônio Mundial pela UNESCO em reconhecimento à arte rupestre existente em seu interior.E na Catalunha o destaque é o Balneario de Caldes de Boí. A localização natural deste centro termal é impressionante, em pleno Parque Nacional de Aigüestortes i Estany de Sant Maurici, nos Pirineus catalães. Além disso, permite visitar as igrejas românicas de Vall de Boí, declaradas Patrimônio Mundial. Um dado curioso: você sabia que este centro termal possui o recorde de maior variedade de águas medicinais do mundo?

Quiromassagem na estação termal Balneario de Caldes - Vichy, em Caldes de Malavella, Balnearios de Cataluña

Conselhos e recomendações

Conselhos práticos

Estes são apenas alguns dos centros termais mais recomendáveis e com mais história da Espanha. Todos eles possuem águas terapêuticas e oferecem tratamentos de saúde, assim como a possibilidade de hospedagem. Existem muitos outros que também são muito recomendáveis, que você pode encontrar no site da Asociación de Balnearios de España. www.balnearios.org