Travel Safe

Conselhos para viajar com segurança Últimas notícias
Vista do Canyon do rio Sil

Reserva da Biosfera da Ribeira Sacra, Serras do Oribio e Courel

Galiza

Com uma superfície de 306.534 hectares, em Galiza, no limite das províncias de Lugo e Orense, você encontrará este espetacular espaço, Reserva da Biosfera. Além de pela beleza natural dos canyons que formam os rios Sil e Minho, esta região destaca por suas impressionantes cascatas, por seus mosteiros românicos e por seus singulares vinhedos dispostos em ladeiras.

Há muitas maneiras de desfrutar da Ribeira Sacra. Uma delas é caminhar por suas diferentes trilhas até chegar a algum de seus mais de 30 mirantes e contemplar uma panorâmica única dos canyons que alcançam até 500 metros de altura. Pelo caminho você descobrirá alguns dos mosteiros que se escondem entre a vegetação. De fato, um dos motivos por que a Ribeira Sacra foi declarada Reserva da Biosfera é por ser um testemunho excepcional da primeira comunidade monacal documentada do ocidente cristão.Outra das melhores formas de conhecer esta região é fazer um roteiro fluvial pelo rio Sil ou pelo rio Minho a bordo de um dos catamarãs que sulcam suas águas.Você também pode provar algum dos excelentes vinhos que ali se produzem. Foram os romanos os que começaram a trabalhar as videiras nas ladeiras dos canyons, sendo a origem do que hoje se conhece como “viticultura heroica”. Poderá visitar adegas, o Centro do Vinho em um edifício do século XVIII ou subir ao ônibus turístico Viñobus.

Reserva da Biosfera da Ribeira Sacra, Serras do Oribio e Courel


Galiza

Espécie de área:Reserva da Biosfera Superfície:306,53 hectares E-mail:turismo@ribeirasacra.org Tel.:+34 638823592 Web:Turismo Ribeira Sacra

Lugo (Galiza):

Portomarín. Taboada. Chantada. Carballedo. Ribas de Sil. Quiroga. Pobra do Brollón, A. Bóveda. Paradela. Saviñao, O. Pantón. Monforte de Lemos. Sober.

Ourense (Galiza):

Nogueira de Ramuín. Peroxa, A. Esgos. Xunqueira de Espadanedo. Montederramo. Castro Caldelas. Parada de Sil. Teixeira, A.

Informações importantes

O que é preciso saber


  • Informações culturais

    Este singular espaço natural abrange 23 municípios entre os que se encontram vilas e conjuntos históricos como Chantada, Monforte de Lemos e Portomarín. Vale a pena parar em todos eles para ir descobrindo capelas, tumbas escavadas na rocha, castelos, paços e, sobretudo, seus famosos mosteiros e igrejas românicas. De fato, a Ribeira Sacra conserva a principal concentração do românico rural na Europa.Não perca os mosteiros como o de San Pedro de Rocas, Santa Cristina de Ribas de Sil ou o de Santo Estevo, onde você também pode se hospedar, já que foi convertido em Parador de Turismo.

  • Informações meio ambientais

    O imponente canyon do rio Sil, os cumes do Geoparque Montanhas do Courel ou o abedular de Montederramo são alguns dos lugares naturais mais belos da Ribeira Sacra. Também é recomendável percorrer o roteiro pelas trilhas do canyon do rio Mao por um sistema de passarelas de madeira.Esta região é também refúgio de múltiplas espécies animais e vegetais. Você poderá encontrar desde carvalhos e castanheiros típicos do bosque atlântico até sobreiros e medronheiros, que são muito mais mediterrâneos. Quanto à fauna, destacam as grandes aves de rapina como o falcão peregrino, o milhafre preto ou a águia-real, que encontram nas ladeiras dos canyons um lugar perfeito para aninhar.

  • Informações visitas

    Você encontrará escritórios de turismo com informação sobre a região em: Monforte de Lemos, Castro Caldelas, Quiroga, Pantón, Sober, Parada de Sil, Os Peares, Nogueira de Ramuín, Carballedo, Chantada, Xunqueira de Espadanedo, Esgos, Montederramo e Portomarín.Existem empresas especializadas que organizam roteiros personalizados e no site oficial da Ribeira Sacra você pode baixar mapas e encontrar percursos recomendados e sugestões de alojamentos e restaurantes.Além disso, pode praticar outras modalidades de turismo ativo como travessias em caiaque ou roteiros em bicicleta, sobre as quais você encontrará informação no Centro BTT Ribeira Sacra.