Travel Safe

Conselhos para viajar com segurança Últimas notícias
 Marismas do Odiel, em Huelva

Reserva da Biosfera das Marismas do Odiel

Huelva

Entre o Tinto e o Odiel


Entre a foz dos rios Tinto e Odiel, na província andaluza de Huelva, estendem-se as marismas que compõem este Espaço Natural.

Devido à sua riqueza paisagística e biológica, especialmente ornitológica, foi declarada Reserva Nacional da Biosfera pela UNESCO em 1983. Mas é, além disso, Zona de Especial Proteção para as Aves (ZEPA) e trata-se de uma das zonas úmidas incluídas no Convênio RAMSAR. Esta área de marismas com mais de 7.000 hectares possui em seu interior as Reservas Naturais das Marismas de El Burro e a Isla de Enmedio. Trata-se das zonas mais bem conservadas e onde você pode contemplar a ação das marés na drenagem e criação de diferentes biotipos, como as barreiras de dunas e as marismas altas e médias. Seu valor geomorfológico e educativo é aumentado por sua riqueza biológica. A flora (juncos, canas palustres, espadanas...) varia em poucos metros e proporciona, com esta diversificação, o habitat perfeito para mais de 200 espécies diferentes. A raridade de seus indivíduos (espátulas ou águias pescadoras) e sua quantidade se deve ao fato que as Marismas do Odiel são um lugar de passagem obrigatória para as aves migratórias. Aqui elas encontram as melhores condições para anidar e se procriar. Além das aves, podem ser vistos camaleões e linces.

Reserva da Biosfera das Marismas do Odiel


Huelva  (Andaluzia)

Espécie de área:Reserva da Biosfera Superfície:18,96 hectares E-mail:cvanastasiosenra@reservatuvisita.es Tel.:+ 34 959 524 335 Tel.:+34 959 524 334 Web:Reserva da Biosfera das Marismas do Odiel

Huelva (Andaluzia):

Huelva. Aljaraque. Punta Umbría.

Informações importantes

O que é preciso saber


  • Informações culturais

    As cidades de Huelva, Moguer, Palos de la Frontera e Punta Umbría ficam muito perto, assim como o mosteiro de La Rábida. As praias onubenses da Costa da Luz também compõem um destino perfeito para completar qualquer itinerário pela região.

  • Informações meio ambientais

    Trata-se de um alagadiço litorâneo onde podem ser vistos numerosos biotipos como a marisma baixa, a média, a alta, a interior e as faixas arenosas. Cada uma destas zonas tem uma flora específica e compõem em seu conjunto o habitat ideal para mais de 200 espécies de aves. Esta importância vem tanto de sua variedade como da grande quantidade de indivíduos que agrupa em qualquer época do ano. Os flamingos são uma das colônias mais chamativas.

  • Informações visitas

    Informações sobre visita: Este espaço natural protegido pode ser acessado pelos povoados de Aljaraque, Gibraleón, Huelva e Punta Umbría. Você pode obter mais informações no Centro de Visitantes Anastasio Sierra, situado na estrada do Dique Juan Carlos I, km. 3