Travel Safe

Conselhos para viajar com segurança Últimas notícias
Parque Natural de Tamadaba

Parque Natural de Tamadaba

Gran Canaria

Pinhais e rochas


Um conjunto de paisagens heterogêneo e de grande beleza, junto com bosques de pinheiros extraordinariamente conservados, são os destaques deste parque.

Tamadaba é um enorme maciço que agrupa os ecossistemas das falésias escarpadas como o de Aden Verde, e os penhascos e ladeiras de Guayedra. Também se observam formações rochosas curiosas devido à erosão como o bem conhecido "Dedo de Deus". Entre sua vegetação, destacam-se pinhais de grande valor ecológico, como os de Tamadaba e Tirma, excelentemente conservados e nos quais se nidificam várias espécies de aves endêmicas, como o pinzão azul de Grã Canária e o pica-pau-malhado-grande. De fato, está catalogada como Zona Especial de Proteção para as Aves. Nas zonas mais baixas, desenvolvem-se jarales, cardones e tabaibas. Na via dos barrancos, aparecem bosques de palmeiras. No Parque também se observa o excepcional cedro canário e alguns endemismos como a margaza e a malfurada.

Parque Natural de Tamadaba


Agaete, Grã Canária  (Canárias)

Espécie de área:Parque Natural Superfície:7.538,6 hectares E-mail:info@turismodecanarias.com Web:Parque Natural de Tamadaba

Grã Canária (Canárias):

Artenara.

Informações importantes

O que é preciso saber


  • Informações culturais

    Nos arredores encontram-se as povoações de Argaete, Artenara e San Nicolás de tolentino, com um rico patrimônio cultural e monumental. Entre este último destacam-se várias jazidas arqueológicas como a necrópole tumular do Maipés e excelentes amostras de arquitetura popular canária nos núcleos antigos das ditas povoações.

  • Informações meio ambientais

    O parque estrutura-se como uma sucessão de barrancos, escarpes e maciços, de grande beleza e espetacularidade. Quanto à vegetação, destacam-se os excelentes pinhais de Tirma e Tamadaba. Entre as espécies de fauna, existem várias endêmicas.

  • Informações visitas

    O acesso é livre e é realizado pela localidade de San Nicolás de Tolentino através de uma estrada em direção à Artenara, no interior da ilha.