Travel Safe

Conselhos para viajar com segurança Últimas notícias
Praia da Francesa, Arquipélago Chinijo na Graciosa, Lanzarote

Parque Natural do Arquipélago Chinijo

Lanzarote

Uma paisagem de outro mundo


Este parque natural se encontra na ilha de Lanzarote, nas áreas municipais de Teguise e Haría. A sua importância geológica é preciso acrescentar a biológica, com várias espécies ameaçadas e protegidas.

O Parque Natural do Arquipélago Chinijo abrange as seguintes áreas de interesse científico-cultural: Alegranza, Graciosa, Montaña Clara, Roque del Este, Roque del Oeste o del Infierno, os Riscos de Famara e o vulcão da Corona y Malpaís. A paisagem é caracterizada pela presença de notáveis edifícios vulcânicos, como La Caldera de Alegranza, com uma cratera de 1,1 km de diâmetro e altura de 289 m, e La Caldera de Montaña Clara, com 1 km de diâmetro e altura de 250 m. São numerosas as aves marinhas que têm suas colônias de criação nas ilhotas. Umas sete espécies são nidificantes, como por exemplo o calca-mar, o bobo-grande, a pardela-pequena e outras duas espécies de calca-mar. Outro grupo de aves presente são as rapaces, representadas pela águia-pesqueira, o falcão-da-rainha, o abutre-do-egito, etc. Além disso, existem 14 espécies de invertebrados terrestres endêmicas das ilhotas. A ictiofauna das ilhotas conta com 228 espécies de peixes.

Parque Natural do Arquipélago Chinijo


Teguise, Lanzarote  (Canárias)

Espécie de área:Parque Natural Superfície:47.112 hectares E-mail:atencioninformacionciudadana@cabildodelanzarote.com Tel.:+34 928 810 100 Web:Parque Natural do Arquipélago Chinijo

Lanzarote (Canárias):

Haría. Teguise.

Informações importantes

O que é preciso saber


  • Informações culturais

    Teguise, que foi capital de Lanzarote até 1852, converteu-se em um dos principais centros culturais e turísticos da ilha. Suas ruas, palácios, conventos e praças conservam o sabor de outros tempos.

  • Informações meio ambientais

    O Parque Natural do Arquipélago Chinijo se caracteriza pela avifauna existente, sendo a área mais importante das Canárias para a águia-pesqueira, o falcão-da-rainha e o falcão-tagarote, a pardela cinzenta, o painho-de-cauda-quadrada e o abutre-do-egito, entre outras.