Travel Safe

Conselhos para viajar com segurança
Vista panorâmica de San Sebastián de la Gomera (Ilhas Canárias)

San Sebastián de la Gomera

La Gomera

San Sebastián de La Gomera é a capital da ilha, também conhecida como “Ilha Colombina” devido ao seu vínculo histórico com a Descoberta da América. Em torno de uma baía natural cresceu esta cidade que hoje conserva muitos lugares e monumentos interessantes, como a igreja de La Asunción, o Pozo de La Aguada e a Torre del Conde.

Suas excelentes infraestruturas turísticas oferecem um amplo leque de atividades de lazer, incluindo a possibilidade de praticar vários tipos de esportes náuticos na zona portuária. Terra adentro, o trekking e as rotas de bicicleta serão as melhores opções para descobrir o abrupto relevo de La Gomera e alguns de seus tesouros naturais, como o Parque Natural de Majona e o Parque Nacional de Garajonay.

Fundada em meados do século XV por Hernán Perazao Velho”, San Sebastián de La Gomera se desenvolveu como núcleo na foz do Barranco de la Villa. Em poucas décadas, passou a ser um florescente porto comercial, vocação que permanece até a atualidade.A cidade se estende sobre uma ladeira costeira situada em frente à baía. A antiga Casa dos Peraza, situada no lugar atualmente conhecido como Pozo de la Aguada, é um dos principais lugares históricos da cidade.Outro ponto de interesse é Plaza Mayor, bem no centro, onde fica a igreja de La Asunción, que foi construída sobre uma antiga ermida. No centro da baía, a Torre do Conde ainda conserva seu aspecto original, e já nos arredores se situa a ermida de San Sebastián, um templo dedicado ao santo que dá nome a este vilarejo. Entre as visitas culturais, não se esqueça do Museu-Casa de Colombo, que dá um destaque especial para o importante papel que a ilha desempenhou na Descoberta da América.

TurismoSan Sebastián de La Gomera conta com excelentes infraestruturas turísticas. Cabe mencionar sua grande oferta de hotéis, na qual se destaca o Parador de Turismo, situado no lugar conhecido como Lomo de La Horca, que oferece uma vista maravilhosa para o oceano.No porto, o visitante poderá relembrar histórias de conquistadores, já que nele Cristóvão Colombo fez escala para aprovisionar suas caravelas antes de empreender viagem rumo ao Novo Mundo em 1492. Na atualidade, conta com algumas das melhores instalações náuticas de todo o arquipélago e oferece um amplo repertório de possibilidades de lazer, como mergulho, velejo, pesca submarina e outros esportes aquáticos.Conectado com a ilha de Tenerife através de vários trajetos marítimos diários, em suas instalações também são organizadas excursões de catamarã ao redor da ilha.Como contraponto, o abrupto relevo do interior de La Gomera oferece o cenário ideal para a prática de esportes ao ar livre, como trekking ou mountain bike.O Valle del Gran Rey oferece a possibilidade de descobrir um sistema de cultivo ancestral que se estende sobre terraços inverossímeis. Junto ao mar situa-se seu pequeno porto, dotado de hotéis e apartamentos. No sul da ilha fica o núcleo turístico da Praia de Santiago; enquanto no norte se situam Los Órganos, uma estranha formação geológica que lembra os tubos de um órgão de igreja.A riqueza natural da ilha aparece em alguns de seus espaços protegidos. Canyons e falésias aparecem ao por toda a extensão do Parque Natural de Majona, que conta com uma exuberante vegetação e espécies endêmicas. Um pequeno setor ao sudoeste faz limite com o Parque Nacional de Garajonay, um espaço natural caracterizado por seus rochedos de origem vulcânica. Declarado Patrimônio da Humanidade, neste lugar foi conservada uma importante relíquia botânica da Era Terciária: o bosque de laurissilva.CulináriaA culinária de La Gomera, caracterizada por sua simplicidade, possui algumas peculiaridades que a diferenciam do resto do arquipélago, como o potaje de berros (ensopado de agrião) e o almogrote (pasta elaborada à base de queijo de cabra). Na ilha você também poderá saborear umas típicas “papasarrugadas (batatas fervidas) ou uma “vieja” (peixe autóctone). O mel de palma é o ingrediente básico para elaborar uma grande variedade de sobremesas.Qualquer um destes pratos pode ser acompanhado com alguma das cinco Denominações de Origem de vinho produzidos na província: Abona, Tacoronte-Acentejo, Valle de Güimar, Valle de la Orotava e Ycoden-Daute-Isora.

O que fazer

Planos para inspirar-se