Travel Safe

Conselhos para viajar com segurança Últimas notícias
Museu Salvador Dalí, em Figueres (Girona, Catalunha)

Figueres

Girona

Figueres, capital do município do Alt Empordà, estende-se sobre uma planície fluvial situada no interior da província de Girona.

Conhecida por ser o berço de Salvador Dalí, esta cidade de profundas raízes catalãs oferece ao visitante a possibilidade de visitar o Teatro-Museu Dalí, dedicado ao genial pintor surrealista. Uma oferta cultural que é complementada com vários museus e um calendário repleto de festas e eventos distribuídos durante o ano inteiro.

Além disso, Figueres conta com um importante patrimônio monumental no qual se destacam suas antigas muralhas medievais e o castelo de Sant Ferran, assim como muitos exemplos de arquitetura modernista e neoclássica que aparecem disseminados por todo o centro da cidade.As diversas atrações de Figueres se somam à sua privilegiada situação, que permitirá descobrir o grande potencial turístico das lindas cidades da Costa Brava.Situada no meio do caminho entre o extremo leste da Cordilheira dos Pirineus e a Costa Brava, Figueres é uma cidade repleta de atrações turísticas.Nos arredores, domina a cidade sobre uma colina o castelo de Sant Ferran, uma fortaleza que foi construída no século XVIII. Suas colossais dimensões e seus mais de três quilômetros de perímetro fazem dela uma das maiores da Europa.O centro histórico de Figueres é delimitado por vestígios da sua antiga muralha, construída na Idade Média para defender a vila. Da época medieval são conservados bonitos exemplos, como a praça da Prefeitura, remodelada em estilo neoclássico e onde fica o edifício consistorial, e os arredores da Carrer Magre, onde se situava o antigo bairro judeu.La Rambla é a principal avenida e o autêntico eixo estruturador da cidade. Esta agitada via comercial concentra os mais ambiciosos projetos arquitetônicos dos séculos XIX e XX, impulsionados majoritariamente pela pujante burguesia local daquela época. Cabe destacar a grande profusão de edifícios modernistas, como a Casa Cusí, a Casa Puig-Solere e a Casa Salleras; e de estilo neoclássico, entre os quais é preciso mencionar a Casa Bonaterra, a Casa do Cafè Progrés e a Casa Polideseia.Quanto à arquitetura religiosa, o destaque é a igreja de Sant Pere. Construído originariamente em estilo românico, o templo paroquial foi reedificado no século XIV seguindo cânones góticos. Posteriormente foram acrescentados alguns elementos, como o cruzeiro e a abside, ambos do século XVIII.Outros edifícios interessantes são a capela de Sant Sebastià, de origem medieval e remodelada no princípio do séc. XVII, e o convento dos Caputxins, um complexo edificado no século XVIII.

O Teatro-Museu Dalí

Sem dúvida, um dos fatos históricos que mais marcou a personalidade de Figueres foi o nascimento de Salvador Dalí. O Teatro-Museu Dalí, situado no antigo teatro municipal, é uma das principais atrações culturais da cidade. Projetado pelo próprio artista, o lugar conta com uma importante exposição que, através de diversas obras, permitem realizar um percurso pela trajetória do homem que foi considerado o mestre do Surrealismo. O recinto foi ampliado com a Torre Galatea, onde o genial pintor morreu.Outros dois museus completam a ampla oferta cultural de Figueres: o Museo del Juguete de Catalunya, que expõe uma interessante coleção de brinquedos de diversas épocas, e o Museo de l'Empordà, onde é possível conhecer a história e a arte da região. Tudo isso contribuirá para descobrir uma cidade com uma profunda essência catalã, como também é demonstrado por sua condição de berço da sardana, uma dança típica da Catalunha.

Arredores e culinária

A localização privilegiada de Figueres permite a realização de interessantes excursões por toda a região. No litoral aparecem pitorescos vilarejos como Colera, um povoado marítimo que conta com bonitas praias como as de Garvet e Els Morts; Llançà, com um agitado porto esportivo; Cadaqués, onde fica a Casa-Museu de Salvador Dalí; e El Port de la Selva, onde está situado o mosteiro românico de Sant Pere de Rodes. Ao sul do Cabo de Creus fica Roses, que conserva vestígios da antiga colônia grega de Rhode, e Castelló d'Empuries, onde se destaca a igreja de Santa María (séc. X).Esta parte da Costa Brava conta com importantes espaços protegidos. No golfo de Roses fica o Parque Natural de los Aiguamolls de l'Empordà, uma importante reserva ecológica e refúgio de aves aquáticas. Por sua vez, o Parque Natural do Cap de Creus é um lugar privilegiado do ponto de vista natural, e um claro exemplo da fisionomia abrupta da Costa Brava.A cozinha de Figueras combina matérias-primas procedentes do mar e da montanha. Da costa vêm os peixes, que são preparados cozidos, no forno, na grelha ou com molho. Também são típicas outras receitas como o frango ou o coelho com lagostas e a carne bovina acompanhada de verduras, cogumelos ou frutas. Para acompanhar, escolha qualquer um dos excelentes vinhos e espumantes etiquetados com a Denominação de Origem Ampurdán-Costa Brava. Cabe mencionar o popular “novell” (rosado), assim como os vinhos doces e os tintos jovens.

Não deixe escapar

O que visitar


Selecione na lista ou navegue pelo mapa para descobrir os pontos de interesse.

Não deixe escapar

O que visitar


Selecione na lista ou navegue pelo mapa para descobrir os pontos de interesse.