Travel Safe

Conselhos para viajar com segurança Últimas notícias
Paço de Oca. Pontevedra

Descobrindo o patrimônio desconhecido da Galícia

Galiza

Lugares com uma magia especial


A Galícia costuma ser associada com monumentos como a Catedral de Santiago de Compostela ou a Torre de Hércules, e com praias como a das Catedrais. Mas esta área do noroeste da Espanha esconde outros lugares não tão conhecidos, mas com uma magia que os torna especiais. Vamos descobrir pequenas igrejas que são joias artísticas, castros e petróglifos com séculos de antiguidade, falésias no fim do mundo... Vamos para a Galícia menos conhecida.

Fim do mundo

O Cabo Fisterra é um lugar único: um dos pontos mais ocidentais da Europa e que os descobridores do Império romano batizaram como finis terrae, isto é, o fim do mundo. Onde o sol se apagava a cada noite entre as falésias. Hoje, este lugar continua com um encanto difícil de igualar, especialmente ao experimentar um entardecer junto a seu emblemático farol, admirar a rocha conhecida como Centulo (demônio) ou passar uma noite em um charmoso hotel. Vistas de primeira para o fim do mundo.

Inconfundíveis celeiros

Estas construções de pedra ou madeira, pensadas para guardar as colheitas, são um dos grandes símbolos da Galícia. Qualquer casa que se preze contará com um. No entanto, há alguns particularmente especiais. Por exemplo, em A Merca (Ourense) você encontrará um total de 34, a maior concentração de celeiros da Galícia. E se formos até o mar, em plena ria de Pontevedra, seremos recebidos quase junto à água pelos bonitos celeiros de pedra de Combarro. Um lugar de autêntico cartão postal.

Farol Cabo Finisterre, Finisterre

Petróglifos e dólmens: milhares de anos de antiguidade

Para saber como eram os artistas do Neolítico, aconselhamos viajar para a Galícia. Seu Parque Arqueológico de Campo Lameiro tem a maior concentração de petróglifos (gravuras rupestres) da Europa. Lá presumem, por exemplo, de ter o mais formoso cervo do mundo gravado em pedra. Igualmente surpreendentes são os dólmens: construções que realizaram com grandes lousas de pedra e que incrivelmente continuam em pé. Um exemplo perfeito é o Dólmen de Dombate, conhecido como a “catedral do Neolítico galego”.

Castros, antes de Roma

Antes da chegada das legiões do império romano, os habitantes desta região viviam no alto dos montes em autênticos povoados fortificados: os castros. Passear hoje em dia pelos restos de casas com forma ovalada é uma experiência incrível que tem algo de mágico. Além disso, estão em lugares com vistas espetaculares. Alguns dos mais famosos são o de Baroña, ao lado de uma linda praia, ou o de Santa Tegra, de onde é possível ver a foz do rio Miño, entre a Espanha e Portugal. Um entardecer neste lugares é inesquecível.   

Castro Baroña, Porto do Son

Templos entre falésias

Chegar a uma pequena vila marinheira com charme, admirar incríveis falésias e descobrir que ali se encontra um templo. É a experiência que você pode viver na Galícia. Por exemplo, no templo de Santo André de Teixido, em plena Serra de Capelada e situado em uma das maiores falésias da Europa. No local poderá ver vendedoras com ramalhetes da “erva de namorar”, que dizem ser mágicos para temas amorosos. Outro lugar privilegiado: o povo de Muxía e seu Santuário de Nosa Señora da Barca. Um lugar mágico com grandes megálitos, que os vizinhos asseguram ter propriedades curativas. Muito recomendável ir aos restaurantes destas áreas para experimentar seus deliciosos frutos do mar e completar uma jornada perfeita. 

Santuário de Nosa Señora da Barca, Muxía

Seguindo o cheiro das camélias

Apesar de que estas flores chegaram à Galícia no século XVIII desde países como a China ou o Japão, hoje em dia é possível encontrar até 8.000 variedades diferentes e até existe uma Rota da Camélia. Muitas delas fazem parte dos jardins dos paços, espetaculares casas senhoriais tradicionais da Galícia. Um que pode ser visitado é o Paço de Rubianes, fundado há 600 anos e com uma adega cuja visita inclui uma degustação de exclusivos vinhos. Ainda que o paço mais impressionante seja o de Oca, apenas meia hora de carro de Santiago de Compostela. Este idílico lugar chegou a ser denominado o “Versalhes galego” pela beleza de seus jardins.

Um mosteiro convertido em Parador

Escondido entre as florestas da Ribeira Sacra está o cativante Mosteiro de Santo Estevo. Passear por seus belíssimos claustros românicos, góticos e renascentistas é encontrar a tranquilidade absoluta. E a melhor surpresa para o viajante é descobrir que pode se hospedar num lugar tão incrível. É que este mosteiro é também um Parador de Turismo com spa. O sono de qualquer pessoa que procure a beleza.

Paço de Oca, A Estrada