Travel Safe

Conselhos para viajar com segurança Últimas notícias
Parque Natural dos Vulcões, em Lanzarote

Parque Natural dos Vulcões

Lanzarote

Terra de vulcões


Uma paisagem chocante, fruto da intensa e recente atividade vulcânica.

Trata-se de um terreno de origem vulcânica com estranhas e curiosas formações surgidas devido à solidificação da lava. A presença de vegetação é muito escassa, salvo nas zonas de materiais mais antigos, anteriores às últimas erupções dos séculos XVIII e XIX. Lá proliferam os liquens, existindo quase uma centena de espécies diferentes. Nas zonas mais frescas são frequentes o gerânio silvestre, os bejeques e a erva de São João. Quanto à fauna, dominam os répteis e as aves, que se adaptaram bem às excepcionais condições do parque.

Parque Natural dos Vulcões


35560  Tinajo, Lanzarote  (Canárias)

Espécie de área:Parque Natural Superfície:10,16 hectares Tel.:+34 928 840 021 (Ayto. Tinajo) Web:Parque Natural dos Vulcões

Lanzarote (Canárias):

Tinajo.

Informações importantes

O que é preciso saber


  • Informações culturais

    Nas proximidades do parque se encontram as vilas de Tias, Tinajo e Yaiza, com interessantes elementos artísticos e monumentais.

  • Informações meio ambientais

    Está situado em volta do Parque Nacional de Timanfaya, no oeste da ilha de Lanzarote. É composto por campos de lava formados durante as erupções históricas de 1730-36 e de 1824, que afloraram materiais antigos (alguns realmente espetaculares devido às suas dimensões, como Caldera Blanca). Há muitos cones vulcânicos dispersos e, além destas estruturas, se destacam outros elementos como túneis, lagos de lava e “hornitos” (acumulações de escórias soldadas na forma de torreões). Este espaço protegido foi declarado também Zona de Especial Proteção para as Aves.

  • Informações visitas

    A visita é realizada saindo do povoado de Tinajo. O acesso é livre.